02/12/2010 12h01 - Atualizado em 14/07/2011 07h10

Tablet ou netbook: quem ganha essa briga?

Eduardo Moreira
por
Para o TechTudo

O mundo se faz de ciclos. De tempos em tempos, uma tendência nova aparece, predomina por um período, até que aparece alguma outra coisa para fazer frente ao que era até então a grande novidade. No mundo da tecnologia, essa regra se faz ainda mais forte, e com uma frequência de novidades cada vez maior.

No caso deste texto em especial, o que me vem à mente é, em 2007, a “última Coca-Cola do deserto” em termos de mobilidade era o netbook (e olha que, na época, se falava do ASUS Eee PC, que tinha configurações mais do que básicas) e, hoje, o produto que os usuários de tecnologia mais desejam é o tablet PC. Ou seja, em menos de 4 anos, temos uma mudança. Mas, será que esta mudança é boa para todo mundo? Será que serão todos os tipos de usuários trocarão os seus netbooks para digitar nas telas? Vamos tentar descobrir isso.

Tablet vs netbookTablet vs netbook (Foto: Reprodução)

Antes de qualquer coisa, é fundamental aqui ressaltar que são dois produtos com diferenças importantes: os netbooks, em teoria, possuem configurações de hardware superiores do que encontrados nos tablets, em todos os seus itens mais básicos: processador, quantidade de memória RAM e armazenamento. Portanto, naturalmente, as possibilidades de uso de um netbook são maiores.

Em contrapartida, em virtude do seu tamanho reduzido, as atividades realizadas em um netbook e de um tablet PC são muito parecidas, o que torna estas diferenças de hardware pouco relevantes na hora de um uso geral do produto. As diferenças começam a se acentuar quando vemos os detalhes do uso cotidiano, que cada usuário vai ter que identificar com a prática do uso.

A questão do teclado

Para a maioria dos usuários, é muito mais cômodo digitar textos mais longos em um netbook do que em uma tela de um tablet (mesmo com as teclas do netbook serem aproximadamente a metade do tamanho das teclas de um notebook). Tudo bem, muitos usuários de tablets vão argumentar que é possível adquirir um teclado Bluetooth para utilizar com o tablet, mas o que a maioria dos usuários dos netbooks buscou ao comprar o produto é a praticidade, levando o menor volume de produtos possível na mochila.

Além disso, muitos usuários escolhem os netbooks porque precisam ter as mesmas funcionalidades do seu computador do escritório na sua pasta executiva, podendo trabalhar da mesma forma em aeroportos e praças de alimentação. Ou seja, para quem precisa de produtividade e mobilidade, ainda vai, por algum tempo, optar pelos netbooks (estudantes, blogueiros, executivos, jornalistas, etc).

Peso e autonomia de bateria

Por outro lado, os tablets são mais leves do que os netbooks, possuem uma autonomia de bateria maior, são mais elegantes e mais próximos à outra tendência tecnológica: os smartphones com telas sensíveis ao toque. A nova geração de usuários de tecnologia já está habituada a digitar em uma tela que não tem nem a metade de tamanho dos tablets mais populares, o que torna o uso mais simplificado. Além disso, a interface de um tablet PC é mais familiar e ajustada para o produto com esta proposta, oferecendo uma experiência de uso mais agradável. Mas o grande diferencial dos tablets é a sua capacidade de entretenimento multimídia.

Experiência multimídia

É inegável que a experiência de se ver vídeos e filmes numa tela de um tablet é muito mais prazerosa e confortável do que ficar diante da tela do netbook (ou notebook) durante horas, sentado em uma cadeira. Ler livros eletrônicos se torna uma atividade muito mais prática, uma vez que os tablets já contam com aplicativos específicos para aquisição dos livros pelo próprio aparelho, e os jogos também podem oferecer uma maior diversão aos usuários.

Resumindo: se você busca um gadget que ofereça uma boa visualização de páginas na internet, que permita que você veja vídeos e filmes de forma bem confortável, e que te permita ler seus livros de forma prática, o tablet PC é recomendado para você.

Por fim, pelo menos por enquanto, ainda temos um cenário onde há uma divisão de tipos de usuário para os dois produtos. Porém, os números já mostram que o mercado dos netbooks começa a se retrair lentamente no seu volume de vendas.

Acredito que, com o tempo, e com as mentes criativas dos desenvolvedores, soluções serão criadas para que os tablets conquistem os consumidores que hoje preferem os netbooks. Mas, por mais algum tempo, essa divisão ainda vai existir. Cabe sempre ao usuário escolher a melhor relação custo/benefício, mediante as suas necessidades.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares