TV

11/02/2011 19h02 - Atualizado em 14/07/2011 07h03

Telão de 200 polegadas exibe imagens 3D sem precisar de óculos

Bruno do Amaral
por
Para o TechTudo

Agora não tem mais desculpa para ignorar a moda 3D. Além da expectativa de chegada do videogame portátil Nintendo 3DS, a fabricante japonesa Natonal Institute of Information and Communications Technology (NiCT) resolveu tornar as coisas um pouco maiores, com a apresentação de um protótipo de uma tela de 200 polegadas capaz de exibir imagens em terceira dimensão sem a necessidade de óculos especiais.

Telão 3D de 200 polegadas (Foto: Divulgação)Telão 3D de 200 polegadas (Foto: Divulgação)

Mas não pense que é fácil disponibilizar o efeito 3D em uma tela de 5 metros, pois a NiCT precisou resolver problemas comuns na hora de expandir tanto a imagem, como a redução da resolução aparente, ruído entre as imagens e a falta de naturalidade da profundidade caso o usuário mude de posição.

A solução encontrada foi eliminar o ruído no efeito parallax causada pela uniformidade de cor e brilho entre imagens com fontes de luzes LED ajustáveis, além de um filme difusor especial e lentes condensadas capazes de melhorar a qualidade do vídeo projetado. Traduzindo: a NiCT conseguiu driblar o incômodo efeito granulado na expansão da tela, melhorando a qualidade da imagem sem abrir mão do efeito de profundidade sem óculos.

Por enquanto, a tela de 5 metros consegue mostrar cenas em 3D em até pouco mais de 50 camadas, mas a meta é de alcançar 200, melhorando ainda mais o alcance do ângulo de visão. A empresa pretende ainda criar um display capaz de exibir “não apenas gráficos computadorizados, mas também cenas reais, com pessoas e cenários”. O telão deverá ser disponibilizado para eventos e uso comercial, então não espere poder colocar isso na sala de sua casa – por enquanto.

Via: Technabob

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares