27/05/2011 12h21 - Atualizado em 14/07/2011 06h45

Carregador ecologicamente correto para smartphones e gadgets é feito
de materiais recicláveis

Eduardo Moreira
por
Para o TechTudo

Consciência ecológica é a palavra de ordem para fabricantes e consumidores. Soluções pensadas para reduzir o impacto ambiental aparecem quase todos os dias. A próxima que vamos conhecer é o carregador de produtos eletrônicos i1 Eco, da empresa IDAPT, que tem como principal atrativo ser um produto feito de materiais reciclados, com alguns recursos para um menor consumo de energia.

Carregador com consciência ecológica (Foto: Divulgação)Carregador com consciência ecológica (Foto: Divulgação)

O carregador IDAPT i1 Eco combina a sua construção com materiais já utilizados por outros produtos com os padrões de consumo de energia da Energy Star. Esse conjunto ajuda na redução de consumo de recursos para a fabricação do produto, além da redução de produção de carbono durante o processo de construção nas fábricas e, até mesmo, no momento de recarga dos seus brinquedos eletrônicos.

Outro destaque é que a IDAPT teve o cuidado de reduzir o número de elementos químicos na tinta utilizada para pintar o produto. Isso é feito já pensando na possibilidade de reciclagem do carregador no futuro. Com menos elementos químicos na pintura, o produto pode ser reciclado de forma mais simples e rápida.

No quesito "economia de energia doméstica", o IDAPT i1 Eco acaba com o "efeito vampiro" na hora de recarregar a bateria dos produtos. Pois ele possui um recurso que desliga o carregador quando o mesmo não estiver em uso, além de um botão para reiniciá-lo rapidamente, caso seja necessário carregar mais algum produto. O carregador é perfeito para alimentar a bateria dos smartphones em qualquer lugar, pela sua mobilidade e praticidade.

O i1 Eco da IDAPT custa apenas US$ 24,99, e você leva o carregador com adaptadores para portas micro USB, mini USB e dispositivos Apple (iPod, iPhone, iPad).

Via: Ubergizmo
 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares