Tablet

19/05/2011 15h15 - Atualizado em 14/07/2011 06h47

Daniel Pinho e Roger gravam música juntos usando o iPhone 4

Marcela Vaz
por
Da redação

Você notou alguma diferença na qualidade do áudio ou do vídeo na gravação do Roger do Ultraje à Rigor comparada a de Daniel Pinho? Provavelmente muito pouca. É de surpreender saber que Daniel usou na produção uma Canon 550D e o Roger, o iPhone 4. Se você ainda tinha alguma dúvida sobre qual smartphone comprar para chamar de seu, esses músicos já fizeram o "grande teste" para você.

A marca Canon é simplesmente uma das melhores e mais caras do mercado, utilizada por profissionais de fotografia. A câmera traseira do iPhone 4, que grava filmes em HD, impressionantemente alcançou um nível de qualidade quase idêntico ao da semi-profissional.

Amizade começou no Twitter e foi parar no Youtube

O músico de apenas 25 anos (também estudante de Direito) toda quarta-feira publica um novo vídeo no Youtube. Mas, dessa vez, os fãs se depararam não só com Daniel, mas também com o Roger da banda de rock Ultraje a Rigor cantando "Blackbird", de Paul McCartney.

Daniel Pinho e Roger, do Ultraje a Rigor. (Foto: Divulgação)Daniel Pinho e Roger, do Ultraje a Rigor. (Foto: Divulgação)

"Conheci o Roger pelo Twitter há algum tempo e, desde então, trocamos informações sobre música, iPhones, iPads, computadores, gravações e afins. Sempre que gravo ideias diferentes mando para um pequeno grupo de amigos, e o Roger é um dos que recebem minhas gravações de vez em quando. Sei que ele gosta dos Beatles, e como a Blackbird foi lançada no álbum The Beatles em 1968, enviei minha gravação (violão/ voz) pra ele escutar. Para minha surpresa, recebi de volta faixas de voz da Blackbird. O som era limpo e nítido. Fiquei novamente surpreso ao ler que as faixas haviam sido gravadas pelo iPhone 4 e não pelo home studio de Roger", disse Daniel.

Daniel juntou a gravação do Roger à sua e se surpreendeu com o resultado. Foi, então, que propôs a Roger que fizessem um vídeo para compartilhar com os amigos no YouTube.

Apple sai na frente

"Minha participação na qualidade foi apenas saber usar o equipamento, ou seja, escolher a luz no caso do vídeo e a distância do microfone e o ambiente no caso do áudio. O resto deve-se à Apple e à edição e mixagem do Daniel. Claro, saber cantar também ajuda", disse Roger.

Não há dúvidas de que não foi somente a superioridade do iPhone 4 que determinou a qualidade da produção. "O Roger é um artista ímpar no cenário do rock nacional. Enquanto a maioria das bandas de hoje gravam com milhões de efeitos para melhorar, afinar e corrigir a voz, o cara grava no iPhone do sofá de casa e produz resultados muito melhores", elogiou Daniel.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares