Video game

05/05/2011 14h46 - Atualizado em 14/07/2011 06h50

Depois do sucesso no Facebook, FarmVille inspira experimento de colheita na vida real

Dorly Neto
por
Para o TechTudo

O FarmVille é um dos maiores sucessos no tocante aos jogos sociais. Milhões de usuários montam suas fazendas, compram sementes para plantá-las e cuidam de todo o processo de plantio. O jogo é gratuito, mas a Zynga, empresa responsável por sua produção, que lucra através da publicidade e da venda de pequenos serviços para otimizar o jogo. Outras variações já surgiram, como o CityVille que, em vez de controlar o campo, é uma cidade.

Fazenda inspirada em Farmville (Foto: Flickr/Lee Cannon)Fazenda inspirada em Farmville (Foto: Flickr/Lee Cannon)

Agora, foi criado o My Farm Experiment, que nada tem a ver com a empresa Zynga. Consiste em você controlar uma fazenda real em Wimpole Estate, uma propriedade da Nacional Trust, uma instituição de caricade britânica. Cerca de 10.000 ajudarão a fazer a fazenda funcionar, segundo o gerente Richard Morris. Porém, para fazer isso, não há um pacote gratuito, custando cerca de 50 dólares para se tornar um fazendeiro virtual-real. Toda a grana é revertida para a Nacional Trust.

A primeira votação sobre as diretrizes da fazenda com os fazendeiros virtuais acontecerá no dia 26 de maio. Depois, mensalmente, haverá votações com esse empreendedores para determinar os rumos que a fazenda deverá tomar, como o tipo de colheita, quantidade de gado e qual o impacto ambiental do que é feito.

Os membros terão uma página social para conversarem entre si e chegarem em acordos, aumentando os laços dos fazendeiros virtuais e incentivando o diálogo e a união entre eles, para que as decisões sejam mais harmônicas. No vídeo abaixo, Richard Morris disseca o programa, explicando passo-a-passo sobre o funcionamento:


Via: Mashable

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares