Sistemas Operacionais

24/05/2011 19h33 - Atualizado em 14/07/2011 06h46

i3D traz a terceira dimensão ao iOS sem necessidade de óculos especiais

Bruno do Amaral
por
Para o TechTudo

A chave para o efeito 3D é causar a sensação de profundidade de objetos na tela, seja com óculos ou com displays especiais como do Nintendo 3DS. Mas há outra forma de simular o efeito sem a necessidade de acessórios: mudando a perspectiva em tempo real. É o que fez o Grupo de Pesquisas de Engenharia da Interação entre Homem-Computador (EHCI, na sigla em inglês) no aplicativo i3D, para aparelhos iOS.

Aplicativo i3D (Foto: Divulgação)Aplicativo i3D (Foto: Divulgação)

O programa utiliza uma tecnologia chamada de “perspectiva casada com a cabeça” (HCP, em inglês), que nada mais é do que uma espécie de reconhecimento facial que rastreia o movimento da cabeça para determinar exatamente onde o usuário está olhando. Isso acontece para poder colocar os objetos geométricos na tela na perspectiva que teriam se estivéssemos analisando as formas de algo real.

Exatamente por conta dessa necessidade de capturar o rosto do usuário ao mesmo tempo em que mostra os gráficos é que o i3D só possui compatibilidade com o iPhone 4, iPod Touch de quarta geração e iPad 2 – ou seja, os únicos modelos da Apple com câmera frontal.


O resultado é, como o grupo de pesquisa chama e pode ser visto no vídeo acima, uma “tela 3D monocular” que cria a ilusão de se olhar para dentro de uma caixa. O app em si não tem grandes serventias a não ser mostrar para os outros o quanto é um truque legal, mas é gratuito e vale uma conferida. Mas é bom lembrar que nem é tanta novidade: trata-se de um efeito muito semelhante ao demonstrado pelo Google durante o evento I/O, na apresentação da atualização Ice Cream Sandwich do Android, no começo do mês.

Via: Engadget

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares