Pessoas

11/10/2011 12h24 - Atualizado em 01/09/2016 15h31

Existe um herdeiro a altura de Steve Jobs?

Jacídio Júnior
por
Da Contém Conteúdo

A morte de Steve Jobs gera um vácuo de poder na cadeia criativa tecnológica para os próximos anos. O questionamento se torna mais amplo do que sua substituição. Em uma visão mais ampla deveríamos estar nos perguntando quem atualmente tem a capacidade de impactar o mercado com tamanha perspicácia e inteligência como ele? De forma mais direta, a pergunta a ser respondida é:

Quem será o herdeiro da cadeira de gênio tecnológico nos próximos anos?

Tim Cook, ex-chefe de operações, assume a Apple após saída de Steve Jobs. (Foto: Divulgação)Tim Cook (Foto: Divulgação)

Poderia ser Tim Cook, que entrou no lugar de Jobs após seu pedido para deixar o cargo na Apple? Poderia. No entanto, Cook vem de uma formação específica e aparenta ter uma veia mais técnica do que criadora. Formado em Engenharia Industrial pela Universidade de Auburn, trabalhou por 12 anos na IBM e posteriormente, um curto período, na Compaq até ser contratado por Jobs para assumir o cargo de Vice-Presidente Sênior de operações na internet.

Algumas análises mais recentes referentes as ações de Cook o consideram alguém que toma conta da visão geral das operações da empresa, deixando espaço para que sua equipe brilhe. Não parece ser um centralizador como Jobs. Pode ser o início de uma nova cultura de trabalho dentro da “fábrica da maçã”.

Mas, até o momento, não é possível enxergar em suas atitudes algo que possa surpreender o consumidor e o mercado de forma tão direta quanto seu antecessor no cargo. Cook pode até ter algo mais para mostrar, mas por enquanto é somente o substituto de um gênio.

Sergey Brin e Larry Page. (Foto: Divulgação)Sergey Brin e Larry Page. (Foto: Divulgação)

Outros postulantes a herdeiros do legado tecnológico e de criação de Jobs são Larry Page e Sergey Brin, os criadores do Google. Ambos encontraram-se nos corredores da universidade de Stanford devido à pesquisa de Page, para seu Ph.D, versar sobre as propriedades matemáticas da rede.

Durante os encontros para a composição da tese a dupla criou um dos sites mais visitados do planeta. Brin e Page talvez não estejam tão inseridos na criação de hardware quanto Jobs, apesar das investidas do Google nas mais diversas áreas tecnológicas e do acirramento da disputa pelo mercado de smartphones com Apple.

Porém, a dupla consegue enxergar à frente de seu tempo e disponibilizar ideias capazes de mudar o uso de tecnologias na vida das pessoas. Page e Brin acabam por se enquadrar em uma das principais sacadas de Jobs, “criar algo que não existia, mas que as pessoas precisavam”.

A dupla tem seu espaço garantido no mundo tecnológico como criadores e visionários, mas agora, que o mercado das ideias ficou menos competitivo, é necessário ver como irão se comportar na hora de entregar novos produtos e serviços aos consumidores e se serão capazes de surpreender as pessoas de forma tão direta quanto Jobs.

Mark Zuckerberg, do Facebook (Foto: Divulgação)Mark Zuckerberg, do Facebook (Foto: Divulgação)

Por último surge Mark Zuckerberg, o mais novo da lista tanto em idade – com 27 anos – quanto em exposição na mídia tecnológica. Zuckerberg é a pessoa da tecnologia que conseguiu, nos últimos anos, congelar as atenções de grande parte dos admiradores e criadores de tendências dessa área, por meio da rede social Facebook.

O que Zuckerberg conseguiu com o Facebook, pode ser considerado um marco na atual conjuntura da Internet, desbancar o Google do top de páginas mais acessadas e junto a isso quebrar recordes referentes ao número de pessoas utilizando sua plataforma, quantidade de uploads e tráfego de arquivos por meio da sua ferramenta social. É alguém com potencial a ser desbravado.

Muitos já disseram que Zuckerberg é um gênio, um prodígio, mas com certeza ainda é cedo para que um veredicto possa ser dado de forma conclusiva, já que para ser um gênio ou algo mais do que um bilionário da rede, grande parte do que é feito por alguém ou por sua equipe precisa ser inovador, gerar tendência e, acima de tudo, impactar o cotidiano de forma geral.

É óbvio que, a procura por um herdeiro de Jobs só está começando e, talvez, nunca tenha fim.

Em suma, Steve Jobs foi alguém que gerou tendência, criou mercados e determinou necessidades que não existiam. Estava atento a todos os detalhes dos projetos desenvolvidos por sua companhia e dava atenção à simplicidade de uso desses equipamentos criando uma experiência diferente tanto para quem já estava acostumado com tecnologia quanto para quem estava comprando o seu primeiro equipamento.

Hoje existem vários CEOs, empreendedores, criadores entre outros homens e mulheres do segmento tecnológico que têm alguns dos traços marcantes de Jobs, mas será difícil encontrar alguém que possa unir todas as características de um gênio ou guru – como alguns o chamavam – de uma forma tão completa como ele conseguiu. 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Jose Junior
    2011-10-11T15:22:04

    Volta Wozniak......

  • Laudicéia Pietsch
    2011-10-11T14:35:26

    Claro que vão aparecer inúmeros candidatos, mas duvido que apareça um que chegue perto da genialidade de Steve Jobs. Ele tinha carisma, algo que vinda de dentro, do coração, não era apenas técnico, era amor pelo que fazia.

  • Paulo Rodrigues
    2011-10-11T14:21:35

    Acho que essa pessoa ainda será apresentada ao mundo.

  • Orlando Souto
    2011-10-11T13:44:15

    Bill Gates...kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Orlando Souto
    2011-10-11T13:43:22

    Bill Gates....kkkkkkkkk

  • Anthony Simões
    2011-10-11T17:20:25

    Steve era um inovador, quem o substituir já não estará inovando.. Ninguém é igual e com certeza será difícil de alguém chegar próximo a ele.. Como ele mesmo disse, a morte é o processo de remoção do velho para dar lugar ao novo, o que vem pela frente.. que venham profissionais tão bons quanto ou melhores q Steve.. precisamos disso

  • Jose Pereira
    2011-10-11T17:16:05

    talvez sem nem destaque mais com grande capacidade seja eu afinal so quase steve sou professor de informatica e tive apenas algumas cursos quem sabe um pouco um investimentos num sou o substtuto dele o grande genio

  • Waldson Thiago
    2011-10-11T15:53:42

    Se algum desses tivesse a genialidade do Steve ja teria se destacado de outra forma ou produto, pois a eles oportunidades não faltam, se querem um nome.. Geohot.. o Hacker do PS3 esse sim sabe assimilar genialidades com tecnologia, Steve tinha uma maneira unica de fazer o simples virar uma necessidade tecnológica, esse é o grande X da questão, o que ele apresentou para o mundo foram "simplicidades que facilitam a vida de uma forma unica criativa e senacional.".. Será que alguém vai substituir. Pelé, cantor Roberto Carlos ou Frank Sinatra, produtos são substituiveis, nomes na história não.!

  • Brenow Sanches
    2011-10-11T15:50:49

    Steve "Owning" Ninguem substitui. Só se me colocarem no lugar, aee eu digo que ja é alguem a altura. hehhehehehehehe

  • Claudio Rocha
    2011-10-11T15:01:33

    Concordo com a comentarista abaixo. No caso da Apple, o dito popular "ninguém é insubstituível" não vai ser fácil ser aplicado e bota anos nisso.

  • Jonas Campos
    2011-10-13T09:39:20

    hahahahahahahahhaahahahahhahahahaha

  • Romario Oliveira
    2011-10-12T09:05:46

    Larry Page e Sergey Brin pra mim são mais importantes que Jobs

  • Ronaldo Oliveira
    2011-10-11T18:04:59

    Vamos ver... acho que eu substituiria ele tranquilo...

  • Priscila Silva
    2011-10-11T17:43:55

    zé pereira, seus alunos estao mal de professor hem?

  • Rafael Monteiro
    2011-10-11T17:09:36

    Cheguei a escrever um artigo no meu blog pessoal sobre o assunto. Steve Jobs e Akio Morita, antigo presidente da Sony, vieram de uma geração diferente, que prestavam atenção no que o cliente estava tentando fazer com o produto. É um tipo de pensamento que não existe hoje em dia

  • Cleber Carvalho
    2011-10-12T10:05:30

    Mark Zuckerberg , é um novo gênio. Conhecimento de tudo ninguém tem, porem não se pode desprezar uma mente geniosa como a dele , pra mim ele é o que esta mais habito pra ocupar esse cargo

  • Felipe
    2011-10-12T09:06:20

    Matérias feitas por estagiários dá nisso. Se alguém de lá lê-se isso aqui iria no mínimo rir.

  • João Goulart
    2011-10-12T05:33:55

    "Suas contribuições não fizeram mudar uma época." Como se as realizações do Google não tivessem mudado o mundo... Brin e Page são muito mais importantes que Jobs.

  • BRUNO CHEDEAK
    2011-10-12T02:27:59

    caramba, comparar steve jobs com mark Z. é sacanagem né?! vou fingir que não li isso.

  • Emanuel Freire
    2011-10-12T01:22:29

    Neymar

  • Hering Souza
    2011-10-12T01:21:56

    Parece até piada esta matéria, nenhum deles chega perto de Jobs, são donos de grandes negócios, mas nada mais do que isto. Suas contribuições não fizeram mudar uma época.

  • Fabio Dantas
    2011-10-11T21:54:49

    poderia ser auele brasileiro que inventou um braço robótico controado por uma macaca que tal ?

  • Sérgio Figueiredo
    2011-10-11T23:40:40

    A Apple terá que mudar, não pode deixar de mudar. É preciso não se fazer confusão entre invenção e inovação, e Steve Jobs não era inventor, mas um grande inovador. A pergunta deve ser: "Quem saberá incutir na Apple o estímulo inovador necessário para que ela continue a ser, a cada dia, uma nova e melhor empresa?"

  • Eriorlando Alves
    2011-10-11T19:59:06

    Kkkkkkkkk Ronaldo Oliveira. Alguém que acha isso não substituiria nem a lacraia kkkkk

  • Leandro Araujo
    2011-10-11T19:27:38

    Eu acho que nenhum deles e capaz de chegar em um ponto de criacao tao grande com foi a de Jobs mas com certeza tanto a google com o facebook sao grandes criacoes merecem seus meritos...