Internet

10/10/2011 12h08 - Atualizado em 10/10/2011 12h08

Sinal de alerta para bicicletas se recarrega via luz solar

Eduardo Moreira
por
Para o TechTudo
Acczilla Solar Energy Bicycle Tail Light (Foto: Divulgação)Acczilla Solar Energy Bicycle (Foto: Divulgação)

Mais uma proposta de item de segurança que utiliza a luz solar está disponível no mercado, mas dessa vez, é uma proposta feita para os ciclistas. O Acczilla Solar Energy Bicycle Tail Light pode ser instalado na bicicleta, permitindo que você recarregue a bateria do dispositivo enquanto faz o seu passeio durante o dia.

O produto funciona como um sinal luminoso de alerta eletrônico, que normalmente é instalado abaixo do banco do ciclista, atuando como alerta visual para os demais motoristas, motociclistas e pedestres que estão no trânsito.

Diferente dos modelos tradicionais, que dependem dos faróis dos carros para ser funcional, o produto da Acczilla funciona de forma independente, contando com uma bateria interna que se recarrega enquanto você pedala pelas ruas da cidade durante o dia.

O funcionamento do produto é bem simples. Você instala o produto e sai para o seu passeio diário. O produto utiliza a luz solar para recarregar a bateria e duas horas de ação da luz solar na sua jornada ciclística são o suficientes para que o produto funcione com sua lâmpada constantemente ligada por 4 horas, ou no modo “flash” (com a luz em modo pisca-alerta) por 8 horas.

Outro detalhe a ser observado é que o fabricante alega que o Acczilla Solar Energy Bicycle Tail Light é à prova d’água, ou seja, também pode ser usado sem maiores problemas se você enfrentar uma chuva durante a sua jornada ciclística.

Porém, alguns compradores do dispositivo alegam que o produto apresentou problemas em situações de alta umidade. Logo, se você pensa em comprar um deles, fique atento. O Acczilla Solar Energy Bicycle Tail Light está disponível para compra na Amazon, e custa US$ 8,95.

Via: 7 Gadgets

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares