Internet

21/12/2011 11h23 - Atualizado em 21/11/2013 10h26

Novas redes sociais promovem a infidelidade na web

Guilherme Neto
por
Da Contém Conteúdo
Mulheres preferem web. (Foto: Daily Mail)Redes sociais para amante têm pico no ano de 2011

A cultura ocidental sempre incentivou a monogamia. No entanto, todo mundo sabe que tem muita gente pulando a cerca por aí. Para facilitar os casos extraconjugais, têm surgido nos últimos anos diversas redes sociais que promovem a infidelidade, já que o intuito é justamente se relacionar com gente comprometida.

Só em 2011, três redes sociais estrangeiras com essa temática ganharam uma versão brasileira: Second Love, Ohhtel e Ashley Madison. O principal diferencial desses sites está na forma de apresentar e procurar por perfis, focando em informações necessárias para a paquera e a conquista de gente comprometida. O TechTudo experimentou e apresenta aqui as vantagens e diferenças de cada um.

Second Love

Second Love (Foto: Second Love)Second Love (Foto: Second Love)

O Second Love foi a primeira rede social para homens e mulheres infiéis a desembarcar no Brasil, em maio de 2011. Para participar é preciso ter entre 25 e 75 anos. Os membros precisam desembolsar custosos R$ 139,80 mensais para usufruir do serviço, ou criar um perfil gratuito que dá apenas direito a pesquisar e ler perfis. Existem pacotes promocionais para quem adquirir vários meses de uma só vez (um semestre, por exemplo, sairia por R$ 270).

Para as mulheres, o primeiro mês é gratuito. Entre os serviços indisponíveis para quem não possuir um plano de assinatura, estão o envio de até 50 mensagens diárias, a criação de um álbum de fotos privado e a possibilidade de ver fotografias em perfis alheios. O site não deixa claro se haveria alguma outra vantagem para os pagantes, além de uma atenção especial em caso da necessidade de um suporte.

Entre os três sites analisados para essa matéria, o do Second Love com certeza é mais simples, com poucos recursos em um design ultrapassado e confuso.

Ashley Madison

Ashley Madison (Foto: Ashley Madison)Ashley Madison (Foto: Ashley Madison)

O Ashley Madison é sem dúvidas a melhor rede social para quem quer ter um caso extraconjugal. O site de relacionamentos se originou nos Estados Unidos no ano de 2001, ou seja, anos antes de grandes redes sociais como Facebook, Myspace ou o Orkut. Diferente dos concorrente, possui um aplicativo oficial disponível para iPhone/iPad e Android. No Brasil, a rede social estreou em agosto de 2011. De acordo com a Ashley Madison, já existem 150 mil membros cadastrados no país.

Assim como no Ohhtel (mencionado logo abaixo), o serviço é inteiramente gratuito para mulheres, enquanto homens precisam adquirir créditos para enviar e receber mensagens, trocar fotos privadas ou bater um papo em salas de chat, além de aparecer primeiro nos resultados de pesquisa. Você precisará de um cartão internacional para comprar e pagar em dólares: para adquirir 100 créditos, você desembolsa US$ 69. O pacote de 500 créditos sai por US$ 205 e o de 1000, US$ 340.

Os usuários gratuitos podem enviar e receber fotos (que não sejam privadas), adicionar usuários à sua lista de favoritos, responder a qualquer assinante e fazer pesquisas. Outra função, aberta a todos os usuários, é a "piscadinha", opção de flerte que lembra as "cutucadas" do Facebook.

Há algumas desvantagens no uso do Ashley Madison. Por exemplo, para deletar o seu perfil e todos os seus rastros da rede é preciso pagar US$ 19. Quem preferir, pode apenas esconder seu perfil da busca da rede, sem desembolsar nada.

Será que encontramos spam na rede?

Uma característica nos chamou a atenção. Minutos depois de criar um perfil para testar a rede para essa matéria, dois perfis femininos com nomes provocantes, que preferimos não repetir aqui, entraram em contato. Em um deles, foi utilizado o serviço "Mensagem a Cobrar", que exige o pagamento de alguns créditos para poder ser lido (o que não foi feito).

O detalhe é que isso aconteceu sem que o perfil sequer apresentasse fotos ou outras informações mais específicas, como idade e características físicas exigidas para a criação da conta. Esse fato levantou a hipótese de estar ocorrendo spam ou estelionato no Ashley Madison. No pior dos casos, estaria isso ocorrendo para incentivar a compra de créditos?

Em resposta ao TechTudo, a assessoria da imprensa do Ashley Madison negou que haja qualquer irregularidade. Segundo a empresa, contas novas aparecem no topo das pesquisas feitas por outras pessoas da mesma região e que, por isso, novos usuários tendem a ser vistos e receber mensagens quatro vezes mais que as contas já existentes há algum tempo.
Para o caso de haver alguma desconfiança quanto ao verdadeiro dono ou uso do perfil, o site oferece mecanismos de denúncias que devem ser utilizados para que as providências necessárias possam ser tomadas.

Ohhtel

Ohhtel (Foto: Ohhtel)Ohhtel (Foto: Ohhtel)

Criado originalmente nos Estados Unidos em 2009, o Ohhtel foi a segunda rede social desse segmento a inaugurar uma versão brasileira, em julho desse ano. Segundo a empresa, em outubro, o número de usuários cadastrados ultrapassou a marca de 316 mil.

O site é gratuito para mulheres, enquanto homens precisam comprar créditos para enviar e receber mensagens, participar de chats e enviar presentes virtuais. Dá para adquirir 1000 créditos por R$ 60, 5000 por R$ 120 ou 10.000 por R$ 240. Os maridos e namorados que não pagarem apenas poderão pesquisar e ler perfis.

O Ohhtel afirma que existe uma proporção de sete homens para cada três mulheres inscritas. Mas não desanimem, machões, pois apenas aqueles que compram créditos podem trocar mensagens com a ala feminina. E, para cada três mulheres inscritas na rede, há apenas um homem desse tipo.

Falhas...

Durante o teste, o Ohhtel apresentou diversas falhas. A principal delas: a rede não aceita homossexuais. Quer dizer, se você se cadastrar com um perfil masculino, só poderá procurar mulheres e vice-versa.

Outro ponto negativo é a confusão em relação à restrição de idade. O cadastro está aberto para pessoas entre 18 e 81 anos. Apesar disso, estranhamente, só é possível procurar pessoas com até 60 anos (ainda que na imagem acima, retirada da capa do portal, a idade máxima seja 65). Essa é, na verdade, uma entre as várias informações desencontradas e erros de design encontrados no site. Por exemplo, se você se arrepender e quiser deletar o seu perfil, não conseguirá. Ainda que o Ohhtel ofereça esse serviço, ele simplesmente não funciona.

Fora isso, há textos com erros de português, alguns mantidos em espanhol e outras partes sem qualquer sentido. O texto da seção de Perguntas (FAQ) do site é muito semelhante ao visto no concorrente Ashley Madison, ocorrendo aparentemente apenas uma troca de palavras em diversos trechos supostamente copiados. É difícil afirmar com certeza quem copiou quem, mas os fatos parecem estar a favor do Ashley Madison, que possui um site muito mais apresentável.

Já no Ohhtel não é difícil encontrar inconsistências. Na seção de Perguntas, por exemplo, a rede social parece sugerir que assinantes possam usar linguagem vulgar ou realizar atividades ilegais, quando na verdade isso parece ser um típico erro de "copiar e colar" no lugar errado. A falha fica mais evidente quando comentam sobre a inclusão de CEP no perfil, função não encontrada nesse serviço, mas disponível no Ashley Madison.

Sobre essa polêmica, o Ashley Madison se defendeu chamando o site concorrente de "imitador" e afirmando que não se preocupa muito com o que outros sites concorrentes fazem. O TechTudo entrou em contato com o Ohhtel para comentar o caso, mas até o fechamento da matéria não obteve resposta.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Paulo Tavares
    2011-12-22T16:51:28

    Maneiro! Esses sites tem mais que existir mesmo. E vcs que estão reclamando, vão cuidar das suas vidas. Mulheres, vão pilotar um fogão!

  • Sara A.
    2011-12-22T18:45:49

    eu concordo com vc...mas se for pra ficar com alguém infiél, melhor ficar sozinha......conheço várias mulheres que estão sozinhas e não são infelizes...aproveitam a vida viajando etc... colocar a felicidade baseado só em ter um homem não é verdade, as vezes não temos o que queremos e nem por isso seremos infelizes. Só vale a pena ter alguém se esse alguém te respeita, mas de acordo com o mercado, parece que a infidelidade está ganhando e se um dia isso virar moda, vai chegar uma hora que as mulheres vão se cansar de serem passadas pra trás e ai acontecer aquilo que disse mais pra baixo...

  • Daniel Fernandes
    2011-12-22T17:40:08

    Oi Sara.A tudo bem? Concordo com o Antonio e te explico o porque...Em relação a mulher independente, isso é fato mais isso não é tudo, as pessoas precisam amar, você observa que existe mulheres que gostam de homens cachorros( aqueles que traem), e elas continuam com eles, mesmo sabendo disto, e muita burrice né, mais existe amor nessa história também( dela com ele). Ao serem auto-suficiente vocês conseguem realizaçoes, prazeres, mais não feliz totalmente, pois precisam ser amadas, assim como o homem. Agora em relação da valorização eu concordo, mulher têm que se valoriza mesmo.

  • Cleomeire Paulino
    2011-12-22T17:21:13

    Babaquice...

  • Sandra Carmo
    2011-12-22T17:08:53

    Sara .A ..Concordo mto com vc , Quando as proprias mulheres se derem mas valor , seguro vai diminuir as infidelidades ....

  • Sara A.
    2011-12-22T15:28:52

    Ana, quando as mulheres pararem de disputar entre si e começarem a se respeitar e se valorizar...unidas ....esse tipo de coisa não acontecerá mais....nem se o homem quiser...o homem é fiél a outro homem mesmo se este não é seu amigo....as mulheres são inimigas até quando se tem um laço....(esse pensamento tem que mudar)

  • Ana Baco
    2011-12-22T15:16:29

    fico feliz em ler comentarios que repudiam esse tipo de coisa, porque as vezes tenho impressao que o mundo está perdido. Há ainda as pessoas que valorizam o amor, a fidelidade, a cumplicidade, respeito e isso é o que importa. Semelhantes se atraem e há pessoas com valores no mundo

  • Thais Lima
    2011-12-22T14:40:45

    Quando um homem for achado deitado com mulher que tenha marido, então ambos morrerão, o homem que se deitou com a mulher, e a mulher; assim tirarás o mal de Israel. (Deuteronômio 22:22) Eu, porém, vos digo que qualquer que repudiar sua mulher, a não ser por causa de prostituição, faz que ela cometa adultério, e qualquer que casar com a repudiada comete adultério. (Mateus 5:32)

  • Flor Lis
    2011-12-22T14:21:30

    A moral, o casamento, o respeito, tudo tudo está se perdendo nesta sociedade em que vivemos. Poligamia na cultura em que vivemos é crime. A traição é falta de respeito. Se quer ser polígamo então vá para um local que pratique tal comportamento pq assim estará sendo honesto, pois a mulher ou o homem sabe que o parceiro ou parceira tem outro. Assim, ninguém sai enganado. Respeito e transparência acima de tudo, seja na sociedade monogâmica ou poligâmica. Somos diretamente responsáveis pelo sofrimento que causamos nos outros, e mais pra frente, pagaremos pelos nosso erros e inconsequências.

  • Roberto Soares
    2011-12-22T14:55:59

    Pra me um homem que pega uma mulher em sites de relacionamentos muitas vezes mentirosos ele não tem capacidade nenhuma de arrumar aqui fora e fica se escondendo atrás de um computador dando uma de ótario é por isso que as próprias mulheres fazem o mesmo com esses BESTAS só que fora e não em rede de relacionamentos elas se mostram mais poderosas.

  • Sara A.
    2011-12-22T12:48:59

    Antonio Silva, substitui se esse homem não te respeita, não é fiél....mulher consegue viver sem sexo e consegue dar prazer a si propria da mesma forma que vcs conseguem....só que muitas ainda não descobriram isso e quando descobrirem, tendo a vida financeira estável, e saber ter prazer, se o homem não tiver qualidades para completar e fazer uma família, pra que ter um homem? isso só trará sofrimento...vale a pena ter alguém se esse alguém te completar e não te destruir ou destruir a sua família e a educação dos seus filhos....a infidelidade é a coisa mais burra que o ser humano pode fazer.

  • Igor Marcatho
    2011-12-22T09:49:03

    O site Ohhtel é uma fraude. Fui assinante e pude comprovar o que estou afirmando. Diversos perfis chamativos entravam em contato comigo e quando respondia tinha que utilizar os créditos. Acontece que as conversas raríssimas vezes (em torno de 2%) davam continuidade e quando você se dá conta seus créditos acabaram. Portanto, trata-se de uma armadilha com perfis contendo fotos interessantes. Certamente o site é composto por estelionatários e os curiosos (no meu caso) são vítimas fáceis. Em suma, a pessoa entra de curioso e sai como otário.

  • Célio Júnior
    2011-12-22T06:56:38

    Brasli é o país das traíras. Essas redes sociais fazem sucesso aqui.

  • Marcelo Marinho
    2012-03-08T12:31:01

    deixemos de ser hipocrisia se os homens traem as mulheres tambem sempre arumam uma desculpa ou tavam carentes, queriam atenção , um monte de baboseira pra não admitir que o ser humano nunca esta satisfeito se o mundo fosse de ouro as pessoas se matariam po um punhado de barro

  • Dhiego Cárdenas
    2011-12-21T15:09:36

    Adoro esse tipo de site! Acho que a galera esta com dor de "cutuvelo"... ninguém é de ninguém... a galera ao invés de se preocupar tanto com infidelidade e com os meios de ganhar dinheiro de sites de relacionamento, deveriam se preocupar em aprender a escrever, para que possa mandar uma mensagem que os leitores, pudessem entender o que está tendo ser transmitido... e bom saber que micro empresários do Brasil teriam a conduta de não aceitar um candidato que tive-se um perfil em uma rede dessas...aliás... o que o dono da empresa estaria fazendo com um "perfio" num site desses??

  • Tlopez
    2011-12-21T14:51:11

    As pessoas infelizmente não conseguem ver o que podem ter de consequências após o adultério, falta a visão do discernimento pra muitos. Que falta faz o Espírito Santo em muitas pessoas, o que acontece é que o lugar onde você é criado a idéia que as pessoas passam pra você, muitas vezes os próprios familiares é que a cabeça tem que está aberta para o mundo. Um absurdo esses sites. O MUNDO ESTÁ PERDIDO.

  • Graci Rodrigues
    2011-12-21T14:20:29

    COMO PODE EXISTIR SITES DESTE TIPO..PROCURAR A JESUS, OU IR A IGREJA NINGUEM QUER, MAIS QDO SE FALA EM PROMISCUIDADE É IMPRESSIONANTE COMO O INTERESSE É MAIOR. FALTA DE RESPEITO TOTAL COMO SER HUMANO..

  • Waldecileles Junior
    2011-12-21T14:00:52

    que coisinha mais sem necessidade ne???vamos criar um que ajude quen quer preservar um casamento mais solido e parar de gerar pessoas assim tao desocupadinhas ...sera que da??

  • Waldecileles Junior
    2011-12-21T13:55:50

    ja pensarao que bacana se tivesse criado um para os casos de pessoas que sao casadas ha muitos anos e sao fieis??? creio que sao em muito maior numero que este outro ... ainda vou ver um desses ... sou brasileiro nunca desisto

  • Adialto Aberlado
    2011-12-21T13:52:19

    Se eu tenho uma empresa e uma pessoa procurar emprego e eu descobrir que ela tem um perfio nessas imundicies, mando para o raio que o parta.

  • Fernanda Oliveira
    2011-12-21T13:45:32

    esqueceram de falar do outro site, o Ohhtel =S

  • Willian Melo
    2011-12-21T13:32:45

    Onde Esta Falando sobre a Ohhtel ?

  • Expedito Junior
    2011-12-21T13:29:59

    sites assim não deveriam existir,instigar a infidelidade? o mundo ta é acabando mesmo.

  • Leonardo Araujo
    2011-12-22T07:28:50

    O casamento, a fidelidade, o amor, a honestidade, os valores, a família e tudo que sempre acreditamos, e tudo que avós acreditavam, e tudo que sempre sonhamos. Na verdade todas essas coisas não acabaram, é por que tem gente que gosta de se sentir como lixo, ser usado, não se amar, e acha isso bacana, moderno, atual, mas na verdade não passam de pessoas mortas por dentro, vazias e que não se importam com nada nem consigo mesmo. Pior coisa que tem é quando um sem alma faz uma traição. As vezes na ignoscência fazemos tais coisas, mas quando temos a mente firmada, é repulsivo trair e vice versa

  • Rafael Lazzari
    2011-12-22T07:25:21

    seria um incentivo a traição? Cada vez mais isso parece estar sendo incentivado, em filmes, novelas então todas dão bons exemplos disso..