TV

22/12/2011 15h10 - Atualizado em 22/12/2011 15h10

O que é HDTV?

Thiago Barros
por
Para o TechTudo

HDTV, é a abreviação de "high definition television", que quer dizer, televisão de alta definição em inglês. Mas há mais significados por trás deste conceito. E, é claro, na hora de comprar um televisor da nova geração é preciso ter bastante cuidado para escolher a melhor opção disponível no mercado.

tv samsung (Foto: Divulgação)HDTV Samsung (Foto: Divulgação)

Mas como fazer isso? As perguntas, de fato, são muitas. É melhor comprar uma TV de LED ou de Plasma? Como garantir que a qualidade da imagem, de fato, irá melhorar consideravelmente? Qual é a resolução ideal para uma televisão? O que deve ser levado em consideração na hora de fechar negócio?

Calma, a equipe do TechTudo preparou um guia que pode ajudar neste momento tão importante que é a escolha do aparelho de televisão que vai estar na sua sala ou quarto nos próximos anos.

O que é HDTV?

O conceito de televisão digital nasce na resolução das imagens exibidas. A grande mudança da HDTV em relação ao sistema analógico de transmissão é justamente esse. A quantidade de linhas ou pixels utilizados na tela é mais do que duas vezes maior se for comparado um aparelho Full HD com um tradicional.

A HDTV, que nasceu nos anos 90 nos Estados Unidos em um consórcio que envolveu MIT, AT&T, Philips e outros grandes representantes da indústria da tecnologia, tem diversas vertentes. A principal delas é exatamente a Full HD, que permite que um aparelho aproveite ao máximo a qualidade digital do sinal televisivo.

Resolução

O primeiro passo na hora de adquirir uma TV nova é se certificar de que não está comprando, como diz o ditado popular, gato por lebre. Há muitas lojas que classificam televisores como HD, sendo que eles não têm sequer a resolução mínima especificada para serem avaliados como aparelhos de alta definição (1280×720 pixels). É muito comum encontrar TVs com resolução máxima de 1024×768 pixels que são vendidas como HDTV.

Ou seja, sua imagem será sim melhor do que as tradicionais, mas ainda não vai ter a qualidade de alta definição. Além disso, há a variação das linhas verticais que compõem a imagem exibida na tela. Isso é o que garante a maior qualidade de imagem na tela. Nas televisões comuns, são 480 linhas. No HD, há dois modelos: (HD 720) ou o (FullHD 1080).

Em todos estes formatos, há duas maneiras de organizar as linhas ou pixels na tela: elas podem ser interpoladas (i) ou progressivas (p). Por isso há a diferença entre uma TV que é 1080p e outra que é 1080i. A melhor qualidade é sempre com a exibição progressiva do conteúdo. Sendo assim, a maior resolução possível no momento, (1080p) 1920×1080.

As que ficam entre o mínimo, de 1280×720 pixels e 1280×1024 têm 720 linhas. Abaixo disso, todas as televisões não são HD, mas sim ED, um modelo mais econômico que fica entre a alta definição e a televisão tradicional, com 480 linhas, mas organizadas progressivamente, o chamado 480p.

Plasma x LCD

Uma dúvida bem comum entre os consumidores é sobre qual é a diferença entre uma TV de Plasma e uma de LCD. Basicamente, as de Plasma normalmente têm resoluções um pouco menores. O mais comum em uma televisão de plasma é ter resolução de 720p com 1366×768 pixels, enquanto nas LCD os modelos com 1080p são uma realidade mais presente.

As TV's de LCD são mais leves e finas, enquanto as de Plasma levam vantagem no caso das telas maiores do que 42 polegadas, por distribuírem melhor as cores e ainda saírem mais em conta. Tudo isso, no entanto, para o HDTV, só vai interessar caso elas venham com conversor embutido ou se você for assinante de uma televisão a cabo com o plano HD.

Conversor Digital

De nada adianta comprar uma televisão que reproduz imagens em alta definição se você não tem um conversor digital ou se ela não possui um embutido. O que acontece é que as televisões tradicionais só conseguem ler imagens no formato MPEG2, o que resulta em um sinal mais simplificado. O sinal HD é em formato MPEG4, necessitando de uma tecnologia mais potente para ser reconhecido.

Somente o conversor HD combinado com uma televisão Full HD garante que a imagem de sua tela seja totalmente de alta definição. Por isso, na hora de comprar um aparelho de televisão novo, confira se ele possui conversor embutido ou se é necessário adquirir um separadamente.

Além disso, é bom lembrar que um plano simples de uma operadora de TV a cabo não garante que sua imagem será transmitida em alta definição. O decoder tradicional destas empresas normalmente não é um conversor HD, a não ser que você assine um dos planos com canais HD oferecidos pela companhia.

O mesmo acontece com um DVD, por exemplo. Caso a mídia utilizada para gravá-lo seja a tradicional, com compressão de arquivos, a imagem não será boa em uma televisão mesmo que ela seja Full HD. Por isso, existe o Blu-Ray. Um formato do DVD em HD.

Cabo HDMI

Cabo de vídeo HDMI (Foto: EletroShop)Cabo de vídeo HDMI (Foto: EletroShop)

Sempre é preciso conectar estes acessórios com cabos HDMI na sua televisão. Sejam eles blu-ray players, videogames ou decoders de TV a cabo, eles só terão suas imagens exibidas com a qualidade máxima no caso de serem conectados à televisão por meio desta entrada.

O HDMI (High-Definition Multimidia Interface, ou Interface Multimídia de Alta Definifição) permite que não somente a imagem, como também o áudio sejam transmitidos com qualidade digital em sua televisão. Mais compacto e de fácil encaixe, ele se difere das outras conexões não só pela qualidade como também pela praticidade.

Smart TV's vão pegar?

Samsung SmartTV (Foto: Divulgação)Samsung SmartTV (Foto: Divulgação)

As Smart TV's são novos televisores que aceitam instalação de aplicativos e trazem conectores para acesso à Internet, ou por modo cabeado ou com adaptador Wi-Fi. Como acontece com seu smartphone, elas são voltadas para uso de "aplicativos", com acesso ao YouTube, vídeos on-demand, e outros serviços como NetFlix, Skype, Facebook, Twitter e navegação na web.

 

O que vem de novo por aí?

Televisores com telas OLED

OLED, concorrente direto do LCD, foi criado pela Kodak na década de 80. Essa tecnologia possuem pixels que são capazes de emitir sua própria luz, o que dispensa a iluminação de fundo presente no LCD. Com isso, os painéis OLED são mais finos, consomem menos energia, possuem cores mais vivas e reais, e apresentam maior fluidez em cenas com movimento. Todavia, o maior problema do OLED está no custo para se produzir painéis maiores.

Super HD ou simplesmente: 4K

A tecnologia 4K será o futuro das HDTV's. Quando você compra uma TV Full HD, ela trabalha com uma definição de 1080p, o que significa 1k. Os cinemas digitais atuais trabalham com a definição de 2k. Esta nova tecnologia trabalha com 4k, deste modo, ele consegue gerar 8,8 milhões de pixels, o que representa 4 vezes a capacidade de um projetor 2k normal.

No YouTube, já dá para encontrar um playlist de vídeos com tecnologia 4k.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares