Jogos casuais

11/02/2012 15h46 - Atualizado em 28/08/2013 16h16

Criador do Angry Birds faz palestra motivacional na Campus Party

Aline Jesus
por
Para o TechTudo

A palestra de Julien Fourgeaud, fundador do Angry Birds, era uma das principais e mais esperadas atrações da Campus Party 2012. E ela correspondeu às expectativas. É verdade que ele subiu ao Palco Principal para falar de tudo, menos tecnologia, mas abordou a vida de maneira geral e arrancou aplausos dos presentes em uma conversa motivacional.

Julien FourgeaudJulien Fourgeaud (Foto: Divulgação/Campus Party)

Fourgeaud afirmou não querer promover nenhuma marca nem desejar ensinar alguém a virar empreendedor e se dar bem na vida. Humilde e bem humorado, ele abordou questões como a importância da amizade, responsabilidade, hierarquia e o papel das pessoas em sua comunidade.

Os conselhos que o empreendedor deu aos campuseiros foram simples e pode ser resumidos em apenas uma palavra: aproveitar. Ele pediu que seus fãs curtam cada momento especial da vida. Seja viajando, experimentando coisas novas ou celebrando seu sucesso. Além disso, afirmou que ações falam mais alto que palavras e deu um simples conselho à platéia de campuseiros.

Fracasse, tantas vezes quantas puder, pois o fracasso é a melhor lição"
Julien Fourgeaud, criador do Angry Birds

Vestindo várias camisas, uma por cima da outra, por conta de uma ação via Twitter chamada #stage4all, o criador dos passarinhos mais famosos do mundo quis dividir o momento com todos os que fazem parte da Campus Party. Ao tirar cada camisa, ele explicava a sua origem e contava momentos importantes em sua vida.

Emocionado, tranquilo  e despojado, Fourgeaud fugiu do script. Não falou muito do Angry Birds, tecnologia e inovações para o futuro. Mas suas palavras podem ser consideradas bem mais valiosas do que qualquer dica de programação ou computação.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares