Celular

27/07/2012 17h47 - Atualizado em 27/07/2012 17h47

Entenda o porquê do nono dígito nos celulares de São Paulo

Thássius Veloso
por
Do Tecnoblog

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) explicou, em coletiva de imprensa nesta sexta-feira (27), os motivos que levaram à adoção do nono dígito para números telefônicos de celular no DDD 11, a partir deste domingo (29). De acordo com a agência, há combinações numéricas para somente cerca de sete meses de telefonia celular antes que os números se esgotem por completo.

Nono dígito para celulares começa a valer a partir deste fim de semana (Foto: Ilustração)Nono dígito para celulares começa a valer a partir
deste fim de semana (Foto: Ilustração)

Números celulares de DDD 11, que abrange a cidade de São Paulo e outros 63 municípios, receberão o dígito 9 na frente a partir da próxima semana. A Anatel calcula que as séries designadas para celular (ou seja, números iniciados com 9, 8, 7 e 6) comportam por volta de 44 milhões de combinações. Desse total, 42 milhões haviam sido distribuídos para as operadoras, de modo que somente 2 milhões permaneceriam para os próximos sete meses.

Com a mudança, o DDD 11 passa a comportar até 90 milhões de combinações de telefones celulares. A agência acredita que a demanda deve aumentar principalmente para terminais eletrônicos, como modems e televisores inteligentes (as smart-TVs).

Haverá período de duplo convívio em que tanto o número de oito como o de nove dígitos será endereçado normalmente ao dono do aparelho. A partir de 8 de agosto inicia-se o período de interceptação, na qual o usuário que telefona para um número de celular receberá a mensagem avisando que é preciso adicionar o dígito 9 na frente. Fica facultado às operadoras reproduzir a mensagem e em seguida redirecionar a chamada para o novo número.

Os prazos da interceptação são os seguintes:
· 8 a 17 de agosto – Chamadas de longa distância originadas no estado de São Paulo (DDDs 12 a 19);
· 8 a 27 de agosto – Chamadas de longa distância originadas fora do estado de São Paulo;
· 8 de agosto a 16 de outubro – Chamadas locais (sem necessidade de adicionar prestadora).

A Anatel esclarece que divulgou prazos "máximos e ideais”. Eles poderão ser corrigidos caso o consumidor não responda da maneira esperada para a adição do nono dígito. Também de acordo com a agência, a mudança no domingo não terá sincronismo – cada operadora pode iniciar o período de duplo convívio no momento em que quiser.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Heitor Polidoro
    2012-07-31T10:52:46

    Fico imaginando o custo que vai ser para alterar todas, TODAS, as validações de telefone em softwares, sites etc. em tão pouco tempo. Era tão complicado assim colocar o DDD 10?