Internet

14/08/2012 12h48 - Atualizado em 14/08/2012 15h53

App.net é uma rede social sem propaganda; entenda a ideia

Verônica Vasque
por
Para o TechTudo

“Uma rede social em tempo real e sem anúncios”, diz a mensagem na página da App.net. Embora lembre o Twitter, a rede trata-se de um projeto alternativo de plataforma – custeada pelos próprios usuários e independente de financiamento publicitário. O projeto foi criado a partir de uma campanha ousada de crowdfunding, que ambicionava arrecadar mais de US$ 500 mil (R$1.000) até hoje (14) para se tornar realidade. A arrecadação, no entanto, conseguiu ultrapassar o valor estipulado dois dias antes do prazo.

Página mostra um vídeo com um dos dealizadores do projeto App.net (Foto: Reprodução)Página mostra um vídeo com um dos idealizadores do projeto App.net (Foto: Reprodução)

O slogan da rede é “criar um serviço que coloca o usuário em primeiro lugar”. A mensagem exposta na página da plataforma resume a ideia: “Acreditamos que os serviços sociais que são financiados por publicidade não estão de acordo com os interesses dos usuários”.

Na App.net, o usuário é quem garante que o sistema funcione. Ao contrário da maioria dos sites de relacionamentos, que oferece serviços gratuitos, mas depende da publicidade para se manter. O funcionamento é simples: um gráfico, em tempo real, mostra as atualizações das redes sociais dos integrantes, algo semelhante ao Twitter.

De acordo com o principal idealizador da App.net, Dalton Caldwell, o objetivo por trás do projeto é empreender um exemplo de rede social diferente das existentes atualmente. Segundo ele, serviços financiados por anúncios ou que funcionam por meio de qualquer razão comercial não oferecem a melhor experiência de uso aos internautas.

"Estamos construindo um serviço social em tempo real para o qual os usuários e os desenvolvedores vêm em primeiro lugar, e não publicitários. Nossa equipe passou os últimos nove anos criando serviços sociais, plataformas de desenvolvimento, aplicativos móveis entre outras coisas”, ressaltou Dalton.

Para a App.net passar de um projeto bem-sucedido e se tornar uma rede social, mais de 10 mil pessoas contribuíram financeiramente. As doações, que garantem um ano de uso, variam de acordo com os privilégios que os usuários terão no site.

Por exemplo, os internautas que doaram US$ 50 (R$ 100) terão direito a uma assinatura básica, enquanto quem contribuiu com US$ 1.000 (R$ 2.000), o valor mais alto a ser oferecido, poderá ter acesso a ferramentas de desenvolvimento, bem como suporte telefônico. O objetivo era acumular US$ 500 mil (R$ 1.000) em doações. Até o momento, as arrecadações já passam de US$ 730 mil (R$ 1.500).

Via CNET

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares