02/08/2012 11h22 - Atualizado em 02/08/2012 11h22

Online, sem passar dos limites

Ticiana Porto
por
Para o TechTudo

É raro encontrar quem não esteja no Twitter, Facebook, Instagram, Pinterest… Em algum desses lugares você vai estar, provavelmente. Ainda que não tenha deixado de encontrar os velhos e novos amigos, muito da nossa rede de relacionamentos de hoje se deve à vida social online.

Quanto a isso, nada de novo, uma vez que já estamos suficientemente aderidos à Internet e até alienados do tempo que passamos online. Ainda mais porque existe a hora em que uma incrível zona de conforto se constitui e passamos a exibir, espiar, fantasiar… Mas será que não estamos passando dos limites?

IMG_0285Quando a interação em aplicativos como o Instagram passa dos limites? (Foto: Ticiana Porto)

Comentários em looping - Já fez o seu comentário, mas você é provocado a responder o comentário do outro. Isso não seria um problema, uma conversa se estabelece assim. No entanto, isso não é uma conversa, apenas uma postagem, na rede social. Portanto, responda mas não faça disso uma conversa infinita.

Intimidade forçada - Mal conheceu a pessoa - se conheceu - e logo já está curtindo e comentando qualquer coisa que a pessoa posta. Calma, uma amizade não se faz assim.

Patrulha da Rede - Você sabe onde a pessoa está, o que ela está fazendo, com quem e quando. Cuidado, você está praticamente monitorando essa pessoa.

Revista de fofocas - Você não só sabe hora, local e com quem a pessoa está, mas isso vira assunto de conversa. Atenção, sua vida pode está girando em torno da vida dos outros.

Enxurrada de postagens - Você está transformando a rede social no seu diário íntimo e no álbum de viagens. É melhor maneirar, isso interessa a você mas não a todo mundo.

Tagueando sem parar - Será que a pessoa marcada naquela foto vai gostar disso? Etiqueta é algo que colocamos em objetos, mercadorias, arquivos. Assim, antes de marcar o nome da pessoa, pergunte.

Copiar sem creditar - Você gostou daquela imagem e resolve postá-la na sua página, mas esquece de um detalhe: dar os devidos créditos. Isso é deselegante e você ainda está se passando por outra pessoa. Nenhum problema se quiser copiar, mas não deixe de citar o autor dessa imagem.

photoUso do "@" seguido do nome para fotos no Instagram (Foto: Reprodução/Ticiana Porto)

Na mesa não - E aquele bom e velho hábito de tirar o celular da mesa? Se a ostentação já era um problema, agora existe a mania de estar conectado até altas horas. Se você esqueceu disso, lembre-se e tente conversar sem ansiedade e sem o celular do lado.

Veja mais fotos no Instagram @ticianaporto

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Turi Souza
    2012-08-02T17:46:30

    Muito bom o artigo. É muito importante ir com calma nas Redes Sociais para não se exceder. Daqui a um tempo vão ter que criar um curso de "Como se portar nas Redes Sociais". Um abraço!