Celular

14/10/2012 10h35 - Atualizado em 15/10/2012 14h40

Nove a cada dez brasileiros têm ou querem ter um smartphone

Thiago Barros
por
Para o TechTudo

O uso de smartphones no Brasil não para de crescer. De acordo com pesquisa divulgada pelo Ibope em agosto, cerca de 13% dos brasileiros já possuem os chamados “telefones inteligentes”. Outro estudo, realizado pela Accenture e divulgado na última quarta-feira (10), apontou que 78% dos consumidores do país desejam um gadget deste tipo. Ou seja, no Brasil, quem não tem um smartphone, quer comprar.

Smartphones são cada vez mais comuns no Brasil (Foto: Reprodução)Smartphones são cada vez mais comuns no Brasil (Foto: Reprodução)

Fazendo uma soma rápida dos percentuais, pode-se dizer que 91% dos brasileiros já fez ou está fazendo planos de adquirir um celular da nova geração. Seja ele um iPhone, um Galaxy ou um modelo mais modesto e de preço em conta, os smartphones podem ser considerados objetos de desejo dos cidadãos do país. Muito mais do que em qualquer outro lugar do mundo, de acordo com a pesquisa da Accenture.

O estudo revela que a média dos usuários que querem comprar um telefone inteligente, no mundo, é 40%. Ou seja, quase metade do percentual do Brasil. Tudo isso confirma outra estimativa realizada pela firma de consultoria IDC. Segundo eles, estes gadgets inteligentes vão compor mais de um quarto dos celulares vendidos no Brasil neste ano e, em 2015, pouco mais da metade.

“A tendência é que os smartphones ganhem cada vez mais espaço no mercado. De modo geral os fabricantes têm aumentado o portfólio de modelos focando mais esse tipo de dispositivo. Com o crescimento do mercado de smartphones há uma queda de preços e diferentes tipos de usuários têm a possibilidade de adquirir um telefone inteligente”, explica o analista de mercado da IDC Brasil, Bruno Freitas.

Entre os principais atrativos dos smartphones, independente de fabricante ou sistema operacional, estão a facilidade de acessar redes sociais e e-mails, navegação na web, serviços de GPS, compra de aplicativos e games, além de câmeras fotográficas e filmadoras de qualidade. Tudo isso em somente um aparelho. Hoje, o celular faz muito mais do que ligar e receber, e o brasileiro tem noção disso.

Facilidades estimulam o consumo

Alta concorrência, sistemas de baixo custo, Lei do Bem, parcelamento facilitado, valores mais baratos atrelados a planos de operadoras… Todos estes fatores facilitam a compra de um novo celular e, assim, estimulam o consumo dos smartphones entre o povo brasileiro. Em todo o mundo, os telefones inteligentes já são uma realidade. Aqui, é um sonho cada vez mais próximo de sair apenas do imaginário.

Uso de smartphones só cresce no Brasil (Foto: Reprodução)Uso de smartphones só cresce no Brasil (Foto:
Reprodução)

Muitas empresas já perceberam o potencial do mercado brasileiro e investem cada vez mais em fazer com que seus aparelhos cheguem ao país de maneira rápida. Os preços dos produtos no Brasil ainda são maiores do que os cobrados no exterior, é verdade, mas aos poucos isso vem mudando. A inclusão dos smartphones na Lei do Bem, que prevê diminuição drástica dos impostos de exportação, é um passo crucial para isso. Os valores telefones podem ter queda de até 25% nos próximos meses.

“O PIS/Cofins recolhido na hora da venda por varejo, se não existir, pode diminuir 9,25% do preço dos aparelhos. E as empresas entrantes, aquelas que não estão no Brasil ainda, vão ganhar o benefício do IPI, que pode ser reduzido até 15%. As que estão aqui já têm esse benefício”, explica o Ministro das Comunicações, Paulo Bernardo.

S3 sai por cerca de R$ 2 mil desbloqueado (Foto: Reprodução)Galaxy S3 sai por cerca de R$ 2 mil desbloqueado (Foto: Reprodução)

Os aparelhos mais avançados, quando desbloqueados, ainda custam caro no Brasil. Um Galaxy S3, por exemplo, não sai por menos de R$ 1,5 mil. No entanto, é possível adquirir smartphones com uma configuração razoável por valores que vão de R$ 800 a R$ 1 mil. Isso sem falar na opção de aquisição dos produtos junto à operadora de telefonia de sua preferência, garantindo, certamente, um valor bem menor.

Qual smartphone de configurações medianas é melhor: Xperia U, Lumia 710 ou Galaxy Ace? Opine no fórum!

Com a popularização dos smartphones, quem também cresce é a Internet 3G. De acordo com uma consultoria da Teleco, baseada em dados da Anatel, foram 60,1 milhões de acessos à Internet móvel no Brasil no mês de julho. Um aumento de 46% em relação ao início do ano. A redução média de 7,8% no preço dos aparelhos móveis ajuda a entender esse número mais facilmente.

Fim de ano: época de comprar mais

iPhone 5 deve chegar ao Brasil em breve (Foto: Divulgação)iPhone 5 deve chegar ao Brasil em breve (Foto: Divulgação)

Agora no fim de ano, com a chegada do Natal, a tendência é de que novos modelos de smartphones sejam lançados no Brasil – como o próprio iPhone 5, já homologado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), mas ainda não comercializado pelas lojas do país. Com as Festas, diversas promoções e mais opções para facilitar a compra também vão aparecer no mercado.

Por isso, se você faz parte dos 78% dos brasileiros que desejam um telefone inteligente, ou se já tem um e pretende trocar, aproveite. Com este crescente investimento no ramo, quem tem a ganhar é o consumidor: são mais opções de aparelhos, preços em conta, além de pagamento facilitado em boa parte das lojas e operadoras.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Marcos Souza
    2012-10-16T07:29:20

    rapaz o Brasil é muito grande para se fazer um pesquisa em determinado espaço é o Brasil

  • Everton Barbosa
    2012-10-15T17:19:14

    Nove a cada dez brasileiros têm ou querem ter um smartphone.... kkkkkkkkkkkkk AAAAAVÁ!