Câmera

16/01/2013 14h44 - Atualizado em 16/01/2013 14h46

Entenda como funcionam os filtros polarizadores para fotografia

Adriano Hamaguchi
por
Para o TechTudo

Entenda como funciona o filtro polarizador e confira como ele pode ajudar a deixar suas fotos ainda melhores. Com este acessório é possível reduzir drasticamente reflexos, realçar cores e aumentar o contraste entre o céu e as nuvens.

Imagem de corredeira à esquerda, e de um farol à direita, evidenciando os resultados da utilização de filtro polarizador (Foto: Reprodução/LEE Filters)fp_titulo_03Imagem de corredeira à esquerda, e de um farol à direita, evidenciando os resultados da utilização de filtro polarizador (Foto: Reprodução/LEE Filters)

O filtro polarizador utilizado em câmeras DSRL e demais câmeras digitais é o Filtro Polarizador Circular (“CPL – Circular Polarizer Lens Filter”). Este filtro é composto por dois anéis, sendo que o anel externo desliza sobre o interno. O encaixe do filtro na lente da câmera é do tipo “rosca”.

Detalhes do filtro polarizador circular (Foto: Adriano Hamaguchi)Detalhes do filtro polarizador circular (Foto: Adriano Hamaguchi)

Para cada ângulo que você girar a parte móvel, você terá resultados diferentes.

Comparativo de imagens de um lago e árvores ao fundo fotografados com filtro polarizador em diferentes ângulos (Foto: Reprodução/Olivia Speranza)Comparativo de imagens de um lago e árvores ao fundo fotografados com filtro polarizador em diferentes ângulos (Foto: Reprodução/Olivia Speranza)

Há também filtros em formato de lâminas, conhecido por “formato Cokin”. Seu adaptador também permite que o filtro seja rotacionado para obter diferentes ângulos.

Esquema dos componentes do filtro polarizador Cokin à esquerda e perspectiva traseira da câmera à direita (Foto: Reprodução/Cokin)Esquema dos componentes do filtro polarizador Cokin à esquerda e perspectiva traseira da câmera à direita (Foto: Reprodução/Cokin)

Reduzindo reflexos

A função mais conhecida do filtro polarizador é eliminar ou atenuar efetivamente reflexos de superfícies não metálicas, como água e vidro.

Fotografia de corredeira sem o filtro polarizador à esquerda e com o filtro à direita (Foto: Reprodução/LEE Filters)Fotografia de corredeira sem o filtro polarizador à esquerda e com o filtro à direita (Foto: Reprodução/LEE Filters)

Você deve estar imaginando se o tratamento da imagem em programas como o Photoshop ou Lightroom pode simular os resultados do filtro polarizador. A resposta é simples, “não”.

Isto porque o reflexo oculta partes da imagem, e não há como manipular uma informação que o sensor não registrou. Observe no exemplo abaixo que foi possível captar o fundo do lago somente com o filtro polarizador.

Comparação de duas fotografias sem o filtro polarizador, à esquerda, e com este filtro, à direita (Foto: Alex Wise)Comparação de duas fotografias sem o filtro polarizador, à esquerda, e com este filtro, à direita (Foto: Alex Wise)

Realçando cores

Outra vantagem do filtro polarizador é captar cores mais vivas. Quando a luz do ambiente é excessiva e torna tudo muito “branco”, é possível filtrar os raios de luz sobressalentes com o ângulo desejado e registrar a tonalidade real das cores da cena.

Duas imagens de construção e jardim fotografados com filtro polarizador em diferentes ângulos (Foto: Reprodução/Olivia Speranza)Duas imagens de construção e jardim fotografados com filtro polarizador em diferentes ângulos (Foto: Reprodução/Olivia Speranza)

Com a angulação correta, podemos filtrar os raios de luz de direções indesejadas sem prejudicar a iluminação e a exposição da cena.

Esquema mostra a captação dos raios de luz provindo de todas as direções, à esquerda, e os raios filtrados à direita (Foto: Adriano Hamaguchi)Esquema mostra a captação dos raios de luz provindo de todas as direções, à esquerda, e os raios filtrados à direita (Foto: Adriano Hamaguchi)

Fotógrafos de paisagem utilizam este filtro com muita frequência, uma vez que as cores do céu ficam mais vivas, com mais contraste e profundidade.

Farol com céu azul ao fundo com nuvens, fotografado sem filtro polarizador à esquerda, e com o filtro à direita (Foto: Reprodução/LEE Filters)Farol com céu azul ao fundo com nuvens, fotografado sem filtro polarizador à esquerda, e com o filtro à direita (Foto: Reprodução/LEE Filters)

Existe filtro polarizador para minha câmera?

Os filtros são fabricados de acordo com os diâmetros mais comuns de lentes. Caso a sua lente tenha a rosca de tamanho fora dos padrões, utilize anéis adaptadores. Encaixe filtros com maior diâmetro com os adaptadores “step-up”, e com os “step-down”, filtros com menor diâmetro.

Imagem dos anéis adaptadores "step-down" à esquerda e o anéis "step-up" à direita (Foto: Reprodução)Imagem dos anéis adaptadores "step-down" à esquerda e o anéis "step-up" à direita (Foto: Reprodução)

As lentes de câmeras DSLR (lentes intercambiáveis) possuem rosca de encaixe com diâmetros compatíveis com a maioria dos filtros disponíveis no mercado. Basta escolher o filtro com o diâmetro de sua lente ou utilizar um anel adaptador. Para as câmeras digitais intermediárias, você encontrará facilmente adaptadores e filtros.

Já para os modelos de câmeras digitais compactas mais antigas, com algum esforço você encontrará tubos e anéis adaptadores que permitirão o uso de filtros de menor diâmetro, como os de 37 mm.

Imagem de câmera compacta e tudo adaptador para filtros à esquerda, e adaptador universal acoplado em câmera sobre tripé à direita (Foto: Reprodução)Imagem de câmera compacta e tudo adaptador para filtros à esquerda, e adaptador universal acoplado em câmera sobre tripé à direita (Foto: Reprodução)

Câmeras ultracompactas (aquelas que cabem no bolso) e celulares necessitam de assessórios específicos. O iPhone já conta com um clipe de suporte e filtro polarizador, comercializados pela Gizmon. Veja a redução do reflexo no vidro no comparativo abaixo.

iPhone com clipe e filtro polarizador à esquerda, e comparativo entre fotografias de uma vitrine sem o filtro, no meio, e com o filtro à direita (Foto: Reprodução/Gizmon)iPhone com clipe e filtro polarizador à esquerda, e comparativo entre fotografias de uma vitrine sem o filtro, no meio, e com o filtro à direita (Foto: Reprodução/Gizmon)

Fotógrafos profissionais geralmente possuem acessórios próprios para a marca de suas lentes. E para quem possui mais de um tipo de lente, o recomendado é adquirir filtros alta qualidade e adaptadores para utilizar o mesmo filtro em lentes diferentes, em vez de adquirir um mesmo tipo de filtro para cada lente.

Limitações

Comparar o filtro polarizador circular com “óculos escuros” não seria totalmente correto. Isto porque nem todo tipo de luz é filtrado, como os reflexos de superfícies metálicas, por exemplo. Se você busca um filtro que reduz a quantidade de luz que chega ao sensor de maneira uniforme, o recomendado é o filtro de densidade neutra.

Fique atento ao manuseio do filtro para não sujá-lo. Assim como as lentes, sua superfície é facilmente danificada. Antes de encaixar o filtro em sua câmera, verifique se não há poeira entre a lente e o filtro. Os filtros já são vendidos com estojos protetores, então sempre que possível, leve-os com você.

Ao utilizar adaptadores “step-down”, provavelmente ocorrerá o efeito indesejado conhecido como “vinhetagem”, em que as bordas da fotografia são obstruídas pelas bordas do filtro.

Filtro de densidade neutra com rio ao fundo à esquerda, filtro polarizador apoiado em estojo no meio, e exemplo do efeito "vinhetagem" à direita (Foto: Reprodução)Filtro de densidade neutra com rio ao fundo à esquerda, filtro polarizador apoiado em estojo no meio, e exemplo do efeito "vinhetagem" à direita (Foto: Reprodução)

Vale a pena o investimento?

Sim, principalmente se você gosta de fotografias outdoor: paisagem, praias, montanhas e natureza. É possível encontrar filtros polarizadores circular de diversas marcas e preços. Fique atento ao tamanho do filtro, e caso necessário, adquira os adaptadores.

Fotografia de uma praia com mata ao fundo sem o filtro polarizador, à esquerda, e com o filtro à direita (Foto: Tom Marshall)Fotografia de uma praia com mata ao fundo sem o filtro polarizador, à esquerda, e com o filtro à direita (Foto: Tom Marshall)

Independente da utilização ou não de filtros, o amante da fotografia que deseja obter resultados cada vez melhores precisa testar e experimentar. Com a prática e o estudo de seu equipamento você irá aprimorar cada vez mais seus cliques.

Confira a matéria do TechTudo com dicas para fotografias de cachoeiras, onde o uso do filtro polarizador é uma boa pedida.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Roberto Souza
    2014-02-13T13:13:58

    Tem muito fotógrafo "profissional" (compra uma T3i com lente stock e se diz prof.) que não sabe utilizar e nem reconhece a importância do filtro CPL, praticamente obrigatório para qualquer fotógrafo do mais iniciante possível, assim como o filtro UV que não foi abordado no artigo. É um filtro barato (R$ 50,00) e que melhora muito a imagem e as possibilidades de criação.

  • Joelson Ferreira
    2013-01-17T09:11:56

    Essa matéria é ´para aqueles que acham que dá pra fazer tudo no photoshop, muito explicativa..parabens...uso filtro polarizador a anos..e é essencial para qualquer equipamento básico de fotografia...Diminue a quantidade de luz que entra...e é preciso compensar..mas o efeito obtido é muito bom