Imagens

11/05/2013 08h00 - Atualizado em 11/05/2013 08h00

O que muda com a migração da Adobe Creative Suite para a nuvem?

Thiago Barros
por
Para o TechTudo

O tradicional pacote de programas da Adobe, Creative Suite, foi descontinuado pela empresa nesta semana. A partir de agora, softwares como Photoshop, Illustrator e InDesign não vão mais receber novas versões anuais em CD. A CS6 foi a última. O novo foco da empresa é na nuvem, pelo serviço Creative Cloud. Com ele, todos os programas que a companhia tem em seu portfólio estarão acessíveis online, por meio de uma assinatura com valores mensais. Mas o que muda com essa migração? O TechTudo responde.

Adobe Creative Cloud oferece programas de design na nuvem (Foto: Divulgação)Adobe Creative Cloud oferece programas de design na nuvem (Foto: Divulgação)

Não vou poder mais usar meu Creative Suite?

Vai. A alteração não tem qualquer efeito nos programas já comercializados e que ainda estão nas lojas. O CS vai continuar funcionando, só não terá novas versões, como costumava haver nos últimos dez anos.

O Creative Suite vai continuar sendo vendido?

Sim. Os estoques do pacote continuarão sendo negociados. Não há qualquer projeto da Adobe, pelo menos não foi divulgado, de recolher as unidades das lojas.

Tenho algum benefício ao assinar o Creative Cloud, se comprei o Creative Suite?

Sim. Caso você possua uma licença do Creative Suite, ganha um desconto ao assinar o Creative Cloud. Usuários a partir da CS3 poderão assinar os novos serviços por US$ 29,90 (R$ 60) ao mês.

Quanto custa o Creative Cloud por mês?

São cobrados US$ 49 (R$ 100) mensais para acessar todos os programas da Adobe no serviço da nuvem lançado pela empresa.

É possível pagar somente um dos programas?

Sim. Caso você queira usar somente o Photoshop ou InDesign, pode investir nisso. Para utilizar apenas um dos softwares, a mensalidade cai para US$ 19,90 (R$ 40).

Posso pagar por um ano em vez de mensalmente?

Sim, é possível fazer este pagamento e ainda ganhar um bom desconto com isso. Basta escolher esta opção no site da Adobe.

Posso testar o serviço antes de assinar?

Sim. A Adobe oferece trinta dias gratuitos de acesso ao Creative Cloud.

Como funciona o Creative Cloud?

Apesar do nome Cloud, ele, na verdade, não funciona na nuvem. Você faz o download dos programas para seu computador. No entanto, há mais integração entre os apps, há a opção de abrir os softwares em várias máquinas pelo sistema online, além de compartilhar os arquivos na comunidade. Usá-lo é simples. Você se cadastra, baixa os programas que quiser e utiliza-os normalmente – não é preciso conexão à web para usar os softwares, apenas para fazer o download.

Os programas são muito diferentes das versões do Creative Suite?

Não. O que muda é a nomenclatura. Sai o CS e entra o CC. Além disso, há sempre, é claro, adição de novos recursos e funcionalidades para torná-los melhores, porém eles funcionam da mesma forma que os “tradicionais”.

Como me cadastro no Creative Cloud?

Basta acessar este link do site da Adobe, onde você pode escolher o tipo de assinatura e também o tipo de pagamento que você deseja.

Quais softwares estão disponíveis no Creative Cloud?

Photoshop, Illustrator, InDesign, Acrobat, Premiere Pro, After Effects, Flash Pro, Edge Animate, Muse, Lightroom, Dreamweaver e Audition.

Quantos e quais arquivos posso salvar no Creative Cloud?

Você pode salvar os arquivos quiser no disco virtual do Creative Cloud, não apenas arquivos da Adobe. O limite é de 2 GB de armazenamento gratuito, com a opção de adquirir espaço extra provavelmente sendo disponibilizada ainda neste ano. Usando tecnologias da Behance, o serviço ainda oferece uma espécie de portfólio online que pode receber interações de outros usuários, ajudando a popularizar seu trabalho.

Vale assinar o Creative Cloud?

Como diz o site CNET,  se um usuário quisesse usar por três anos a versão Design Standard CS6 do Creative Suite, que tem Photoshop, Illustrator, InDesign e Acrobat, gastaria pouco mais de US$ 1,6 mil (R$ 3,2 mil) – como todos os upgrades. O Creative Cloud, pelo mesmo período de tempo, sai por US$ 1,8 mil (R$ 3,6 mil). Porém, dá acesso ainda a Premiere Pro, After Effects, Flash Pro, Edge Animate, Muse, Lightroom, Dreamweaver, Audition e vários outros serviços.

Ainda tem dúvidas sobre os programas da Adobe? Pergunte no Fórum do TechTudo!

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Lucas Paulo
    2013-06-25T12:52:37

    o premiere pro tem sim no CC

  • Victor H.
    2013-05-13T08:38:28

    Thiago, muito boa a matéria. Mas há 2 correções a serem feitas: - Correção 1: o Creative Cloud não possui o Premiere Pro, mas sim o Adobe Prelude. - Correção 2: a nomenclatura continua como CS6. (pode ser que mude na próxima versão)