Internet

09/08/2013 11h00 - Atualizado em 09/08/2013 11h16

Instagram de Avião

André Fran
por
Para o TechTudo

Um estudo do SimplyFlying se propôs analisar a presença de mais de 150 companhias aéreas no Instagram. Bom, primeiro temos que partir do princípio de que o Instagram é uma rede social para celulares. Isso já implica no que no que (deveria ser) uma influência primordial no tipo de conteúdo postado. Segundo que, como o próprio nome da ferramenta diz, o caráter “INSTAntaneo” é parte fundamental da brincadeira. A união desses dois aspectos sugerem, e se comprova em regra, que a maioria das fotos postadas revelem um retrato de um momento especial espontâneo ou de algo inusitado por algum motivo. Claro, a violação dessas diretrizes não configura ofensa penal ou sequer expulsão da mídia social em questão. São só regras de bom senso e que garantem a graça da experiência. Mas, como toda regra (especialmente na Internet) muitas vezes a diversão está justamente em quebra-las. Ou, ao menos, explorar seus limites atingindo um nível de criatividade (compartilhamento? viral?) que gere impacto de alguma forma o usuário/ consumidor/ cliente final.

Por se tratar, nesse caso, de uma conta de Instagram corporativa, a oportunidade de conseguir um olhar sobre os bastidores é o que tem atraído mais Likes e Comentários. Fora do mundo real de anúncios de TV, Outdoors, Propagandas em Revistas… a internet e as mídias sociais possibilitam um meio de comunicação mais próximo do usuário (afinal, o celular está praticamente colado a todos os momentos do cotidiano moderno). Uma linguagem mais íntima permite que se estabeleça uma relação mais pessoal com a marca, o que todo profissional de marketing deseja em última instância.

Uniforme de suas comissárias da Qantas antes da divulgação oficial na imprensa. (Foto: Reprodução) (Foto: REPRODUÇÃO)Uniforme de suas comissárias da Qantas antes da divulgação oficial na imprensa. (Foto: Reprodução)

O fato de se tratar de uma rede social com o foco principal em imagens foi perfeito para as companhias aéreas antenadas com as últimas tendências de marketing online, que decidiram marcar presença maciça no “Insta”. Como os destinos sempre foram o ativo principal do marketing dessas empresas, nada mais perfeito do que explorar lindas fotos de  paisagens, monumentos, arquitetura, cultura… o que pudesse atrair e impressionar o olhar do usuário navegando entre fotos de pratos de comida ou gatinhos domésticos.

Uma das empresas que soube utilizar de maneira criativa o seu Instagram foi a brasileira Gol, que convocou seus seguidores a enviarem fotos em alguns de seus destinos para serem publicadas no perfil oficial da empresa.

 Fotos enviadas por seguidores da companhia aérea brasileira Gol. (Foto: Reprodução) Fotos enviadas por seguidores da companhia aérea brasileira Gol. (Foto: Reprodução)

A questão da publicidade é vista com certa reserva no público moderno, acostumado a ser bombardeado, invadido e massacrado com centenas de videos, imagens, campanhas dos mais variados estilos e nos mais variados formatos. O consumidor já desenvolveu organicamente uma espécie de mecanismo para evitar ações de marketing. Sobretudo na internet, onde a opção de evitar um anúncio invasivo esta a distância de um clique. Por isso, algumas companhias preferiram fazer sua presença nas redes sociais, algo mais pessoal.  Quem parece ter entendido bem o caráter das mídias sociais e, especificamente, do Instagram, foi a Finnair. A companhia aérea não criou uma conta institucional na ferramenta, optando por criar duas: a de um de seus pilotos e a de uma comissária de bordo. Ambos postam registros de suas viagens, destinos, aeronaves… tudo de forma bem mais natural e “verdadeira”.

Piloto, comissária e seus Instagrams “corporativos” no Instagram. (Foto: Reprodução)Piloto, comissária e seus Instagrams “corporativos” no Instagram. (Foto: Reprodução)

A evolução na presença das companhias aéreas no marketing digital é uma realidade que veio para ficar. O mais interessante é perceber que nesse espaço mais democrático, as estratégias mais criativas podem bater facilmente os investimentos financeiros maiores. É ficar ligado e se deliciar com esses registros de viagem. Por que não?

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Liedson Cruz
    2013-10-23T17:57:08

    Ache muito interessante, em algum momento postar fotos da viajem.O problema é a privacidade e também quando vamos para lugares desconhecidos.Os meliantes podem se aproveitar disso!