Acessórios

29/01/2014 08h00 - Atualizado em 29/01/2014 08h00

Meus primeiros passos com o Google Glass

Convidado*
por
Para o TechTudo

Depois de tanto tempo esperando pela oportunidade de pagar uma fortuna pelo Google Glass (mais de R$ 4 mil), fui ao escritório do Google no Chelsea Market, em Nova York para trazer uma unidade 2.0 para casa. Além de possuir um hardware melhor, a novidade são os óculos escuros que vêm junto, além dos fones de ouvido como acessório.

Google Glass ganha novas armações para lentes de grau e escuras

Google Glass 2.0 traz lentes escuras e fones de ouvido como novidades (Foto: Divulgação/ Google)Google Glass 2.0 traz lentes escuras e fones de ouvido como novidades (Foto: Divulgação/ Google)


A experiência no Glass Studio do Google foi fantástica. Eles montaram um estúdio dentro do escritório, onde cada "Glass Explorer" - a pessoa que recebeu o convite para comprar uma unidade - é recebido por uma pessoa muito bem treinada pelo Google para apresentar o produto.

E tudo começa, claro, com você recebendo a caixa e abrindo-a como quem ganha um presente novo. Posso dizer que o Google caprichou aqui. Tive uma sensação superior à de abrir a caixa de um produto Apple, talvez por conta do ambiente e da exclusividade de finalmente possuir um Google Glass. A embalagem está à altura do hype do produto também.

Imagem do ambiente de testes feita com um Google Glass (Foto: Márcio Cyrillo/ TechTudo)Imagem do ambiente de testes feita com um Google Glass (Foto: Márcio Cyrillo/ TechTudo)


Ao tirar o Google Glass da caixa, ele foi logo para o meu rosto e o rapaz do Google me ajudou a ajustá-lo. Se você usa óculos, como eu, o ajuste, por cima de seus óculos, não será perfeito. É por esse motivo que o Google está para lançar uma nova versão do Google Glass que vai se acoplar à armação de óculos comuns. Como a tela projetada no seu olho direito pelo Google Glass é fácil de ler, tenho conseguido usá-lo sem meus óculos. O ajuste serve, então, para que você consiga ver perfeitamente o "holograma" que é a tela de interação com o aparelho. "Holograma" porque é assim que se parece mesmo: uma projeção de tela que se sobrepõe ao que você vê a sua frente, uma sobreposição entre realidade e tela de computador. Só vendo para saber como é.

Imagem mostra Google Glass ajustado ao usuário (Foto: Márcio Cyrillo/ TechTudo)Imagem mostra Google Glass ajustado ao usuário (Foto: Márcio Cyrillo/ TechTudo)



O funcionário do Google me passou o básico das funções do Glass, logo depois de eu instalar um app no meu celular para que pudesse conectá-lo aos óculos e instalar aplicativos no acessório. Não é possível hoje instalar um app direto no Google Glass; você tem que fazer isso do app para smartphone ou de um portal na web. É importante também o fato de que o Glass usa a conexão (quando não está conectado em Wi-Fi) e o GPS do celular. A primeira coisa de que você se toca é que, sem um teclado, algumas coisas simples, como digitar a senha de uma Wi-Fi, não podem feitas direto do Google Glass. Você tem que usar o app ou o portal como suporte.

O que você faria com o Google Glass? Opine no fórum do TechTudo!

Muito rapidamente, você entende a timeline de cards que vai montando a sua história de uso do Glass e como navegar por ela, além de iniciar aplicações usando voz ou gestos. O grande trunfo do produto é que ele não introduz nenhum paradigma de interface homem-computador muito novo, são coisas com as quais já nos acostumamos através de vários aplicativos para smartphones: toques, gestos, comandos de voz.

Caminhando na rua, dei um toque para "acordá-lo" e falei "Okay Glass, directions to ABC Kitchen", um restaurante famoso por aqui. Ele começou a me guiar pelas ruas de Nova York, uma experiência bastante interessante.

Glass me guiando pelas ruas até a chegada do endereço (Foto: Márcio Cyrillo/ TechTudo)Glass me guiando pelas ruas até a chegada ao endereço (Foto: Márcio Cyrillo/ TechTudo)


Com um gesto simples, você pode visualizar a previsão do tempo e outras coisas acontecendo perto de você. O lado esquerdo de sua timeline é o que acontece agora ou está para acontecer e, à direita, é o passado, tudo o que ocorreu ou o que você fez com o Glass.

Depois de uma semana usando o aparelho, a minha conclusão é que o Google está tão confiante de que existe espaço para este produto entre os consumidores, que está fazendo direitinho: em vez de produzir em massa e ver o que acontece, está criando primeiro um sentido de exclusividade, ao mesmo tempo em que consegue verificar os casos em que o produto realmente traz mais benefício do que o smartphone.

É bem evidente para mim que o Google Glass não vai substituir o meu celular, mas, em muitos casos, será a peça de tecnologia ideal para eu ter comigo, enquanto eu mantenho o celular no bolso, tenho as mãos livres e os olhos no horizonte. Acho que não vou me cansar de tirar fotos como estas abaixo:

Foto da paisagem tirada com o Google Glass (Foto: Márcio Cyrillo/ TechTudo)Foto da paisagem tirada com o Google Glass (Foto: Márcio Cyrillo/ TechTudo)




Imagem registrada pelo Google Glass (Foto: Márcio Cyrillo/ TechTudo)Imagem registrada pelo Google Glass (Foto: Márcio Cyrillo/ TechTudo)

Enquanto não há previsão de o Google Glass estar disponível no Brasil, não acho que vá demorar até que uma interface totalmente em português esteja disponível. Infelizmente, alguns dos produtos do Google ainda são muito focados para o mercado americano. Espero que isso mude.

* Márcio Cyrillo é diretor executivo da CI&T, baseado nos EUA

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Aroldo Júnior
    2014-03-30T00:55:29

    Preparando um consórcio pra obter um...

  • Alex Oliveira
    2014-01-29T15:04:43  

    Quantos anos tem a criança que escreveu esse artigo?

    recentes

    populares

    • Alex Oliveira
      2014-01-29T15:04:43  

      E quantos anos vc tem?

    recentes

    populares

    • Alex Oliveira
      2014-01-29T15:04:43  

      Alex Oliveira, a "criança" que escreveu este artigo orgulha-se muito de aos 42 anos ser capaz de escrever com deslumbramento frente a novas tecnologias. Muita gente consome sem pensar, sem refletir sobre os impactos. Quem sabe um dia o teu curriculo não cai na minha mesa e aí eu terei a oportunidade de explicar melhor a importância disso? ;)

  • Oscar Casagrande
    2014-02-19T15:37:30

    e só de pensar que veditaja usava um desses a 20 anos atráz =/

  • Roberto Valle
    2014-01-31T15:09:21

    Espero que não tenha versão em português o nome do produto seria "Oculos Idiota" mais bonito Google Glass. Rss

  • Willians Moura
    2014-01-29T17:18:25  

    quando custar 100 reais eu compro um

    recentes

    populares

    • Willians Moura
      2014-01-29T17:18:25  

      ai tu já quer milagre!

    recentes

    populares

    • Willians Moura
      2014-01-29T17:18:25  

      quero dizer que não compraria, mas se estiver um preço mais acessível compraria , mas farei o meu em casa rs

  • Flávio Goldemberg
    2014-01-29T17:06:38  

    Os Sayajins já usavam esta tecnologia quando invadiram a terra.

    recentes

    populares

    • Flávio Goldemberg
      2014-01-29T17:06:38  

      É verdade!

  • Pedro Martins
    2014-01-29T17:29:54  

    Se algum amigo meu, que tenha pelo menos 18 anos - chegar perto de mim com um troço desse pendurado na cara em pleno shopping, não sei qual seria minha reação...Só de imaginar dá vontade de rir...E aí...tá jóia? kkkkkkkkkkkkkk

    recentes

    populares

    • Pedro Martins
      2014-01-29T17:29:54  

      Pra quem usa óculos a ideia não parece tão absurda, principalmente se o "glass" puder ter grau...

  • Diogo Junior
    2014-01-29T15:22:45  

    Estou vendendo meu apartamento para comprar um

    recentes

    populares

    • Diogo Junior
      2014-01-29T15:22:45  

      pobretão

  • otica me
    2014-01-29T16:26:47

    Pena que aqui seja inviavel usar um. Imagina voce numa rua a pe de noite. Na primeira esquina ja era!

  • Rodrigo Perez
    2014-01-29T14:39:43

    Muito interessante, pena que virá ao Brasil custando o preço de uma Ferrari.

  • Diego Galao
    2014-01-29T14:25:40

    muito bom, vou juntar uma grana e vou comprar um!!

  • Lourival Everton
    2014-01-29T12:30:56

    não vejo a hora de ter o meu