Por Filipe Garrett, para o TechTudo


Usuários do Linux em notebooks que oferecem placas de vídeo dedicada da Nvidia costumam encontrar baixa autonomia de bateria e grande geração de calor pelo computador. O motivo disso é que, em geral, o sistema operacional usa a placa Geforce por padrão o tempo todo, aumentando a dissipação de calor e o consumo, algo que acaba esgotando a bateria rapidamente.

Entretanto, é possível corrigir esse comportamento por meio de simples configurações no controlador do driver de placa de vídeo da Nvidia, forçando o Linux a usar a GPU da Intel, que é mais econômica e mais que suficiente para a maioria das aplicações. A seguir, você vai aprender a como fazer essa transição.

Aprenda como forçar o Linux a usar uma GPU Intel em notebooks com placa da Nvidia — Foto: Divulgação/Dell Aprenda como forçar o Linux a usar uma GPU Intel em notebooks com placa da Nvidia — Foto: Divulgação/Dell

Aprenda como forçar o Linux a usar uma GPU Intel em notebooks com placa da Nvidia — Foto: Divulgação/Dell

O tutorial a seguir foi realizado num computador Dell Inspiron 7560 com GPUs Geforce 940MX e Intel HD Graphics 930. A distribuição Linux utilizada foi o Elementary OS (derivado do Ubuntu). Entretanto, o mesmo passo a passo deve funcionar em qualquer notebook com GPU da Nvidia e Linux.

Passo 1. Localize o Nvidia X Server Settings entre as suas aplicações. Esse aplicativo faz parte do driver da Nvidia para Linux e se ele estiver ausente é sinal de que você ainda não tem o driver instalado;

Encontre o aplicativo de controle do driver da Nvidia — Foto: Reprodução/Filipe Garrett Encontre o aplicativo de controle do driver da Nvidia — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

Encontre o aplicativo de controle do driver da Nvidia — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

Passo 2. O driver deverá exibir uma janela similar à exibida acima. Não se assuste se o seu driver apresentar informações diferentes. Elas podem variar de acordo com a distribuição Linux usada;

O driver da sua placa de vídeo deverá exibir uma janela semelhante — Foto: Reprodução/Filipe Garrett O driver da sua placa de vídeo deverá exibir uma janela semelhante — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

O driver da sua placa de vídeo deverá exibir uma janela semelhante — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

Passo 3. Localize o campo referente à sua GPU Nvidia que você deseja desligar: GPU 0 – (GeForce 940MX), no caso do computador usado no tutorial.

Um dos sinais de que sua placa de vídeo está efetivamente em operação é a presença dela como "GPU 0" — Foto: Reprodução/Filipe Garrett Um dos sinais de que sua placa de vídeo está efetivamente em operação é a presença dela como "GPU 0" — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

Um dos sinais de que sua placa de vídeo está efetivamente em operação é a presença dela como "GPU 0" — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

Dica: Nesse campo, selecione “PowerMizer” apenas para confirmar que a GPU da Nvidia está efetivamente sendo usada pelo sistema. Note que o driver informa em tempo real o regime de operação da placa, caso ela esteja trabalhando.

Aqui é possível conferir dados da GPU em ação. Em "Thermal Settings", você até pode verificar a temperatura da placa no instante — Foto: Reprodução/Filipe Garrett Aqui é possível conferir dados da GPU em ação. Em "Thermal Settings", você até pode verificar a temperatura da placa no instante — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

Aqui é possível conferir dados da GPU em ação. Em "Thermal Settings", você até pode verificar a temperatura da placa no instante — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

Passo 4. Para desligar a placa GeForce, clique em “PRIME Profiles”;

"Prime" é o nome da tecnologia que permite alternar a GPU da Nvidia com uma da Intel — Foto: Reprodução/Filipe Garrett "Prime" é o nome da tecnologia que permite alternar a GPU da Nvidia com uma da Intel — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

"Prime" é o nome da tecnologia que permite alternar a GPU da Nvidia com uma da Intel — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

Passo 5. À direita, você poderá optar, selecionando a GPU da Intel. Escolha “Intel (Power Saving Mode). O sistema pedirá que você confirme a alteração com a sua senha;

Para alterar de placa de vídeo, você precisará inserir sua senha de administrador — Foto: Reprodução/Filipe Garrett Para alterar de placa de vídeo, você precisará inserir sua senha de administrador — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

Para alterar de placa de vídeo, você precisará inserir sua senha de administrador — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

Passo 6. Com a alteração confirmada, o driver vai pedir para que você saia e entre na sua conta novamente;

O aviso pede que você logue novamente na sua conta (uma reinicialização também funciona) — Foto: Reprodução/Filipe Garrett O aviso pede que você logue novamente na sua conta (uma reinicialização também funciona) — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

O aviso pede que você logue novamente na sua conta (uma reinicialização também funciona) — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

Passo 7. Faça log out e login da sua conta de usuário;

Reinicie o computador, ou faça novamente login na sua conta de usuário — Foto: Reprodução/Filipe Garrett Reinicie o computador, ou faça novamente login na sua conta de usuário — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

Reinicie o computador, ou faça novamente login na sua conta de usuário — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

Passo 8. Quando voltar ao sistema, você pode confirmar se a alteração deu certo abrindo novamente o Nvidia X Server Settings. Note que todas as demais informações exibidas anteriormente pelo driver desapareceram: a GPU da Nvidia está desligada e seu computador está usando a placa de vídeo da Intel.

Abra novamente o aplicativo da Nvidia e verifique se a GPU da Intel está ativada — Foto: Reprodução/Filipe Garrett Abra novamente o aplicativo da Nvidia e verifique se a GPU da Intel está ativada — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

Abra novamente o aplicativo da Nvidia e verifique se a GPU da Intel está ativada — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

A partir daí, você já deverá notar menor geração de calor e maior autonomia da bateria.

MAIS DO TechTudo