Celulares

Por Thiago Rocha, para o TechTudo


A maioria dos celulares da Xiaomi trazem um leitor biométrico embutido. O recurso é útil para aumentar a segurança do dispositivo e evitar que pessoas não autorizadas acessem o seu smartphone. Os telefones da fabricante chinesa permitem cadastrar até cinco digitais diferentes, que também podem ser utilizadas para autorizar compras e bloquear aplicativos, como o WhatsApp e o Facebook.

Apesar de ser uma função relativamente simples de ser realizada, o procedimento pode confundir os usuários inexperientes ou que nunca tiveram um celular da marca. Para te ajudar, o TechTudo preparou um tutorial ensinando como usar o recurso de biometria corretamente. O passo a passo foi realizado no Redmi Note 4, mas é o mesmo para outros modelos da companhia.

Veja como cadastrar impressões digitais no smartphone da Xiaomi — Foto: Isabela Cabral/TechTudo

Passo 1. Abra as configurações do seu celular e role a página até a seção "SISTEMA & DISPOSITIVO". Toque na opção "Bloqueio de tela & senhas".

Acesse a função indicada para cadastrar as digitais — Foto: Reprodução/Thiago Rocha

Passo 2. Toque em "Gerenciar impressões digitais" e, em seguida, vá até "Adicionar imp. digital".

Entre na seção de gerenciamento de digitais do celular Xiaomi — Foto: Reprodução/Thiago Rocha

Passo 3. Encoste o dedo repetidamente e em diferentes posições no leitor biométrico do seu smartphone Xiaomi. À medida que você for tocando no sensor, o símbolo de uma digital será preenchido na tela. Repita o gesto até que a impressão digital esteja cadastrada.

Toque no sensor do celular Xiaomi para cadastrar a sua digital — Foto: Reprodução/Thiago Rocha

Passo 4. Para finalizar, digite um nome para a digital que você acabou de registrar e toque no botão "Concluído". Uma dica interessante para organizar as impressões digitais é utilizar o nome do próprio dedo. Por exemplo, se você cadastrou o dedo indicador da mão direita, use algo em torno de "Indicador Direito" ou "Indicador Esquerdo" para a outra mão.

Insira um nome para organizar as digitais — Foto: Reprodução/Thiago Rocha

Mais do TechTudo