Por Paulo Alves, para o TechTudo


O Google Drive e o Google Planilhas (Sheets) oferecem modelos de planilhas de gastos que ajudam usuários a organizar e economizar dinheiro. O recurso permite dispensar o papel na hora de anotar despesas do mês e, ao contrário do Excel, não limita o conteúdo em um único arquivo. Assim como o Google Docs, a planilha online do Google é acessível pela Internet, PC ou celular, e pode ser compartilhada e editada por mais de uma pessoa ao mesmo tempo. Veja no tutorial a seguir como usar a função para administrar melhor suas finanças pessoais.

Além de planilhas: veja como criar gráficos no Microsoft Excel

Além de planilhas: veja como criar gráficos no Microsoft Excel

Passo 1. Acesse o Google Planilhas e selecione, na barra superior, um dos modelos prontos de tabelas online. Existem opções de planilhas de gastos anual e mensal. Selecione o segundo modelo.

Acesse um modelo pré-pronto de planilha de gastos do Google — Foto: Reprodução/Paulo Alves Acesse um modelo pré-pronto de planilha de gastos do Google — Foto: Reprodução/Paulo Alves

Acesse um modelo pré-pronto de planilha de gastos do Google — Foto: Reprodução/Paulo Alves

Passo 2. A planilha vem com tabelas de despesas e renda pré-prontas. Antes de começar, insira na parte superior o seu saldo bancário atual.

Comece informando sua renda atual no canto superior direito, em que se lê "saldo inicial" — Foto: Reprodução/Paulo Alves Comece informando sua renda atual no canto superior direito, em que se lê "saldo inicial" — Foto: Reprodução/Paulo Alves

Comece informando sua renda atual no canto superior direito, em que se lê "saldo inicial" — Foto: Reprodução/Paulo Alves

Passo 3. Role a página para ver, à direita, a tabela de rendimentos sob o título "Renda". Edite apenas as células marcadas em vermelho claro na imagem abaixo. Na primeira coluna, insira as fontes de renda. Na coluna “Planejado”, digite os valores que você espera receber no período.

Preencha suas fontes de renda esperadas para o mês nas linhas indicadas acima — Foto: Reprodução/Paulo Alves Preencha suas fontes de renda esperadas para o mês nas linhas indicadas acima — Foto: Reprodução/Paulo Alves

Preencha suas fontes de renda esperadas para o mês nas linhas indicadas acima — Foto: Reprodução/Paulo Alves

Passo 4. À esquerda, insira todas as despesas previstas para o mês. Inclua despesas fixas, como aluguel e parcelas a vencer, e insira possíveis valores de gastos variáveis. A ideia da planilha é fazer você comparar o gasto previsto com o real.

Insira todas as despesas mensais e inclua os gastos previstos com cada uma delas — Foto: Reprodução/Paulo Alves Insira todas as despesas mensais e inclua os gastos previstos com cada uma delas — Foto: Reprodução/Paulo Alves

Insira todas as despesas mensais e inclua os gastos previstos com cada uma delas — Foto: Reprodução/Paulo Alves

Passo 5. Ao longo do mês, complete a planilha com os valores reais. Ao contabilizar a entrada e saída de valores, a planilha passará a exibir, no topo do documento, os saldos do começo e do fim do mês.

Veja o saldo atualizado automaticamente na planilha — Foto: Reprodução/Paulo Alves Veja o saldo atualizado automaticamente na planilha — Foto: Reprodução/Paulo Alves

Veja o saldo atualizado automaticamente na planilha — Foto: Reprodução/Paulo Alves

Passo 6. Para preencher a planilha em conjunto com alguém, clique em “Compartilhar” na parte superior direita da tela e insira o e-mail da pessoa. Ela receberá um link para abrir a planilha no computador ou no celular.

Compartilhe a planilha para preenchê-la em conjunto de sua família, por exemplo — Foto: Reprodução/Paulo Alves Compartilhe a planilha para preenchê-la em conjunto de sua família, por exemplo — Foto: Reprodução/Paulo Alves

Compartilhe a planilha para preenchê-la em conjunto de sua família, por exemplo — Foto: Reprodução/Paulo Alves

Mais do TechTudo