Por Taysa Coelho , Para o TechTudo


O Facebook lançou, nesta terça-feira (10), o programa “Data Abuse Bounty”, que promete recompensar quem denunciar desenvolvedores de aplicativos pelo uso indevido de dados. Inspirado no serviço semelhante para identificação de bugs e problemas de segurança, a ideia é que a novidade ajude a identificar possíveis violações das políticas da rede social, por meio de um formulário online.

Caso uma acusação seja confirmada, o denunciante receberá uma retribuição de, no mínimo, US$ 500 (cerca de R$1.700). O valor, no entanto, pode ser bem maior que isso, variando de acordo com o impacto de cada denúncia.

Facebook: dicas para evitar que curiosos olhem suas informações

Facebook: dicas para evitar que curiosos olhem suas informações

De acordo com a rede social, é considerado abuso quando uma aplicação coleta e transfere dados dos usuários para alguém que pode vendê-los, roubá-los ou usá-los para golpes ou até influência política. Segundo Collin Greene, Líder de Segurança de Produtos da rede social, todas as denúncias serão apuradas e medidas serão tomadas o mais rápido possível, caso uma ameaça às informações pessoais seja comprovada.

“Se confirmarmos o abuso de dados, encerraremos o aplicativo ofensor e tomaremos medidas legais contra a empresa que está vendendo ou comprando os dados, se necessário", explica Greene. "Pagaremos a pessoa que denunciar o problema e também alertaremos aqueles que acreditamos que tenham sido afetados”, completa.

Aplicativos conectados ao Facebook  — Foto: Reprodução/Edivaldo Brito Aplicativos conectados ao Facebook  — Foto: Reprodução/Edivaldo Brito

Aplicativos conectados ao Facebook — Foto: Reprodução/Edivaldo Brito

Como funciona o programa

O Facebook explica que as denúncias passam por seis estágios. São eles:

  1. Identificar o app malicioso na plataforma. É importante destacar que um programa não deve ser denunciado apenas com base em especulações, mas, sim, com conhecimento real de que um desenvolvedor de aplicativo está repassando informações de forma ilícita para outra companhia.
  2. Enviar a denúncia através do formulário do programa Data Abuse Bounty.
  3. Examinar a acusação para uma investigação em potencial.
  4. Investigar, caso a delação seja considerada crível. Nessa etapa, o Facebook entrará em contato com o denunciante para obter mais informações e detalhes.
  5. Aplicar a medida apropriada. Isso pode significar a remoção do app, tomada de medidas legais ou mesmo uma audição forense no local da empresa que vende ou compra os dados. O tempo esperado para que o processo de investigação de uma denúncia seja concluído varia de três a seis meses.
  6. Recompensar o denunciante por ajudar a proteger as informações das pessoas. O valor mínimo pago será de US$ 500 e não há um limite. No entanto, para ser recompensado, pelo menos, 10 mil usuários do Facebook devem ter sido afetados pelo problema. E, caso mais de uma pessoa delata um mesmo caso, apenas o primeiro denunciante receberá o prêmio.

Como denunciar

A denúncia deve ser feita ao Facebook por meio de um formulário online, disponível somente em inglês.

Passo 1. Logado em sua conta no Facebook, acesse o formulário “Report an Instance of Data Abuse”.

Acesse o formulário do Facebook para fazer a denúncia — Foto: Reprodução/ Taysa Coelho Acesse o formulário do Facebook para fazer a denúncia — Foto: Reprodução/ Taysa Coelho

Acesse o formulário do Facebook para fazer a denúncia — Foto: Reprodução/ Taysa Coelho

Passo 2. Em “Your Name”, preencha com seu nome completo. Na caixa “Application”, informe o nome da aplicação que está usando os dados de usuários de forma indevida. Já em “Affected Users”, indique, mais ou menos, a quantidade de pessoas que devem ter sido afetadas pelo programa denunciado.

Preencha o formulário com os dados solicitados pelo Facebook — Foto: Reprodução/ Taysa Coelho Preencha o formulário com os dados solicitados pelo Facebook — Foto: Reprodução/ Taysa Coelho

Preencha o formulário com os dados solicitados pelo Facebook — Foto: Reprodução/ Taysa Coelho

Passo 3. Agora, em “Descriptions”, informe o mais detalhadamente possível o que o desenvolvedor do app denunciado está fazendo com os dados dos usuários (por exemplo, vendendo a terceiros) e quais são as suas motivações.

Informe detalhes sobre o app ao Facebook — Foto: Reprodução/ Taysa Coelho Informe detalhes sobre o app ao Facebook — Foto: Reprodução/ Taysa Coelho

Informe detalhes sobre o app ao Facebook — Foto: Reprodução/ Taysa Coelho

Passo 4. Por fim, em “Type of Data”, diga quais informações estão sendo coletadas: nome, e-mail, curtidas, imagens, etc. Conclua o processo clicando em “Submit”. Lembre-se de que, ao fazer isso, você estará concordando com os termos do programa “Data Abuse Bounty”.

Conclua o processo de envio da denúncia ao Facebook — Foto: Reprodução/ Taysa Coelho Conclua o processo de envio da denúncia ao Facebook — Foto: Reprodução/ Taysa Coelho

Conclua o processo de envio da denúncia ao Facebook — Foto: Reprodução/ Taysa Coelho

Via Facebook

MAIS DO TechTudo