Por Felipe Vinha, para o TechTudo


Ni no Kuni 2: Revenant Kingdom é um RPG com lançamento para PS4 e PC (download via Steam) que te coloca no controle de Evan, um rei deposto de seu trono. Você deve ajudá-lo a reconstruir sua corte, recrutando aliados para lidar com ameaças ao longo do caminho. O título foi lançado pela Bandai Namco e é uma experiência repleta de surpresas. Ainda que os combates sejam relativamente fáceis, Ni no Kuni 2: Revenant Kingdom pode ser mais divertido ao seguir dicas básicas para mandar bem. Saiba como:

Não se prenda a um golpe só

Revenant Kingdom tem um sistema de combate diferente do primeiro game: aqui você luta em tempo real, controlando apenas um personagem que desfere golpes ao pressionar de botões. Não é com o que os fãs estavam acostumados, mas há algo tentador na jogabilidade: o costume com um golpe só.

Não caia na facilidade de ter um golpe só em Ni no Kuni 2: Revenant Kingdom — Foto: Reprodução/Felipe Vinha Não caia na facilidade de ter um golpe só em Ni no Kuni 2: Revenant Kingdom — Foto: Reprodução/Felipe Vinha

Não caia na facilidade de ter um golpe só em Ni no Kuni 2: Revenant Kingdom — Foto: Reprodução/Felipe Vinha

Não siga por este caminho. Tente variar bastante, até por conta dos inimigos, que se adaptam às suas investidas. Pressione os três botões principais de ataque ao longo dos combates, para variar e aumentar também o dano.

Nos combates, prefira ataques de área

Alguns personagens em Ni no Kuni 2 possuem ataques que alcançam toda uma área, principalmente magias. Entretanto, também há golpes físicos com esta característica, que são ativados com os botões secundários.

Prefira ataques de área em Ni no Kuni 2: Revenant Kingdom — Foto: Reprodução/Felipe Vinha Prefira ataques de área em Ni no Kuni 2: Revenant Kingdom — Foto: Reprodução/Felipe Vinha

Prefira ataques de área em Ni no Kuni 2: Revenant Kingdom — Foto: Reprodução/Felipe Vinha

Em um combate normal, sempre que um grupo numeroso de inimigos vier para cima, contra-ataque com golpes de área. Desta forma você não apenas freia a investida, mas também aplica bastante dano com um ataque só.

Contra chefões, esquive

Os combates em Ni no Kuni 2: Revenant Kingdom não são tão difíceis, mesmo contra chefões. Ainda assim, a principal dica contra inimigos mais poderosos vem de outros jogos similares: esquive sempre.

Esquive em Ni no Kuni 2: Revenant Kingdom — Foto: Reprodução/Felipe Vinha Esquive em Ni no Kuni 2: Revenant Kingdom — Foto: Reprodução/Felipe Vinha

Esquive em Ni no Kuni 2: Revenant Kingdom — Foto: Reprodução/Felipe Vinha

Esqueça a defesa ou qualquer outra medida para evitar golpes. Esquivar é a melhor resposta. Pressione o botão na hora certa para fazer com que o inimigo “gaste” seu golpe e tenha um tempo para se recompor. Assim você consegue atacar com garantia de acerto.

Explore bem os cenários e pegue tudo

Revenant Kingdom tem um sistema interessante de itens que parecem inúteis, mas que servem para forjar ou melhorar armas e outros benefícios mais adiante. Sempre que houver algo brilhando no cenário, não deixe de pegar!

Explore o cenário para conseguir itens em Ni no Kuni 2: Revenant Kingdom — Foto: Reprodução/Felipe Vinha Explore o cenário para conseguir itens em Ni no Kuni 2: Revenant Kingdom — Foto: Reprodução/Felipe Vinha

Explore o cenário para conseguir itens em Ni no Kuni 2: Revenant Kingdom — Foto: Reprodução/Felipe Vinha

A dica vale tanto para áreas internas, quanto externas – aqueles no “mapa mundi”. Não ignore os pontos brilhosos ao longo da aventura. Mesmo que os itens retornem, colete tudo de novo. Perde-se um pouco mais de tempo, mas vale a pena.

O jogo é fácil, não requer “grind”

O chamado “grind” em RPGs é o termo que define quando o jogador faz lutas diversas com o objetivo de subir de nível, sem que o processo ocorra de forma natural. Em Ni no Kuni 2: Revenant Kingdom você não precisa se preocupar com isso.

A progressão é naturam em Ni no Kuni 2: Revenant Kingdom — Foto: Reprodução/Felipe Vinha A progressão é naturam em Ni no Kuni 2: Revenant Kingdom — Foto: Reprodução/Felipe Vinha

A progressão é naturam em Ni no Kuni 2: Revenant Kingdom — Foto: Reprodução/Felipe Vinha

A dificuldade geral em Ni no Kuni 2 é baixa, por isso, a progressão de nível dos heróis e dos acompanhantes é natural e não é necessário ficar rodando o mapa ou cenários atrás de inimigos. Lute apenas com quem aparecer em seu caminho e você não terá problemas.

Foque em um grupo único

Ni no Kuni 2: Revenant Kingdom te permite recrutar e usar até seis personagens para seu grupo, ao longo da aventura. Porém, o jogo só permite usar três ao mesmo tempo, seja nos combates ou na exploração.

Foque em evoluir três personagens em Ni no Kuni 2: Revenant Kingdom — Foto: Reprodução/Felipe Vinha Foque em evoluir três personagens em Ni no Kuni 2: Revenant Kingdom — Foto: Reprodução/Felipe Vinha

Foque em evoluir três personagens em Ni no Kuni 2: Revenant Kingdom — Foto: Reprodução/Felipe Vinha

Tente focar em um grupo bem fixo, de preferência com Evan e Roland, que são personagens mais interessantes de evoluir. Por mais que possa parecer “abandono”, não se preocupe. Ni no Kuni 2: Revenant Kingdom não te pune por isso. Pelo contrário, a progressão fica muito melhor com o foco mais fixo.

Seu reino precisa de atenção

Revenant Kingdom tem um interessante sistema de construção de reinado, que sempre vai lhe render benefícios. Não ignore, de forma alguma, seu reino durante a história, ainda que, em alguns momentos, seja obrigatório verificar a evolução.

Dê atenção ao seu reino em Ni no Kuni 2: Revenant Kingdom — Foto: Reprodução/Felipe Vinha Dê atenção ao seu reino em Ni no Kuni 2: Revenant Kingdom — Foto: Reprodução/Felipe Vinha

Dê atenção ao seu reino em Ni no Kuni 2: Revenant Kingdom — Foto: Reprodução/Felipe Vinha

Volte sempre para verificar novos cidadãos, designar tarefas, lidar com eventuais problemas, enfim, muitas possibilidades sobre o que o jogo pode oferecer – se você souber sempre verificar as novidades na hora certa.

Deixe que o jogo te equipe

Ni no Kuni 2: Revenant Kingdom tem uma incrível vantagem que permite que o jogo te equipe com itens superiores no menu principal. Para quem não tem muita paciência em averiguar quais são as melhores espadas ou armaduras para cada personagem, por exemplo, a função é uma “mão na roda” e vai te poupar muito tempo.

Ni no Kuni 2: Revenant Kingdom tem um sistema que escolhe a melhor arma para seus personagens — Foto: Reprodução/Felipe Vinha Ni no Kuni 2: Revenant Kingdom tem um sistema que escolhe a melhor arma para seus personagens — Foto: Reprodução/Felipe Vinha

Ni no Kuni 2: Revenant Kingdom tem um sistema que escolhe a melhor arma para seus personagens — Foto: Reprodução/Felipe Vinha

O mais interessante é que a opção de “equipamento automático” funciona muito bem. Ele realmente pega o que está disponível de melhor para cada herói em seu grupo e associa ao pressionar de um botão. Facilita e agiliza a jogabilidade.

Quais os melhores jogos para Android? Comente no fórum do TechTudo!

MAIS DO TechTudo