Por Fernando Telles (colaboração) e Thássius Veloso (redação)


Não é incomum que os clientes de planos pré-pagos identifiquem cobranças indevidas envolvendo os dados móveis. Mesmo com a conexão 4G desativada no smartphone – ou seja, usando apenas o Wi-Fi –, eles alegam que o telefone continua acessando a internet e consumindo parte dos créditos. Não faltam queixas assim no Reclame Aqui, e numa delas a representante da TIM recomenda que o cliente altere “do 4G para 3G”.

O TechTudo procurou as operadoras Claro, Oi, TIM e Vivo com questionamentos sobre a cobrança indevida de franquia de dados. Nenhuma tele nos respondeu até a publicação original desta matéria. Posteriormente, a Vivo e a Oi reconheceram o comportamento, enquanto a Claro negou que ele ocorra. Leia as respostas ao fim do texto.

Consumidores relatam desconto na franquia de dados mesmo quando o 4G está desativado — Foto: Thássius Veloso / TechTudo Consumidores relatam desconto na franquia de dados mesmo quando o 4G está desativado — Foto: Thássius Veloso / TechTudo

Consumidores relatam desconto na franquia de dados mesmo quando o 4G está desativado — Foto: Thássius Veloso / TechTudo

De toda forma, em smartphones Android é possível configurar a rede móvel para a frequência 3G e contornar o problema, conforme orientou a atendente. No tutorial a seguir, confira como fazer o ajuste. Embora as dicas abaixo tenham sido testadas num Moto Z3 Play rodando o Android O, elas são válidas para a maioria dos aparelhos com o sistema.

Truque no Android permite evitar que o 4G acesse a internet quando desligado; veja a seguir — Foto: Fernando Telles/TechTudo Truque no Android permite evitar que o 4G acesse a internet quando desligado; veja a seguir — Foto: Fernando Telles/TechTudo

Truque no Android permite evitar que o 4G acesse a internet quando desligado; veja a seguir — Foto: Fernando Telles/TechTudo

Passo 1. Acesse as configurações do seu smartphone e siga para "Rede e Internet".

Primeiro, acesse as configurações de "Rede e Internet" — Foto: Reprodução/Fernando Telles Primeiro, acesse as configurações de "Rede e Internet" — Foto: Reprodução/Fernando Telles

Primeiro, acesse as configurações de "Rede e Internet" — Foto: Reprodução/Fernando Telles

Passo 2. Selecione a opção "Rede Móvel". Na tela seguinte, toque em "Avançadas.

Após seguir para "Rede Móvel" nas configurações, abra o sub-menu "Avançadas" — Foto: Reprodução/Fernando Telles Após seguir para "Rede Móvel" nas configurações, abra o sub-menu "Avançadas" — Foto: Reprodução/Fernando Telles

Após seguir para "Rede Móvel" nas configurações, abra o sub-menu "Avançadas" — Foto: Reprodução/Fernando Telles

Passo 3. Selecione "Tipo de rede preferencial" e, em seguida, marque a opção "3G" ou "WCDMA (preferencial)/GSM".

Determine o tipo de rede preferencial como o 3G — Foto: Reprodução/Fernando Telles Determine o tipo de rede preferencial como o 3G — Foto: Reprodução/Fernando Telles

Determine o tipo de rede preferencial como o 3G — Foto: Reprodução/Fernando Telles

Passo 4. A partir de agora, os dados do seu smartphone serão transmitidos somente pela rede 3G. Posteriormente, caso você queira voltar a utilizar a rede 4G, basta acessar novamente as configurações citadas e selecionar a opção "4G" ou "LTE (preferencial)/WCDMA/GSM".

A qualquer momento, é possível retornar à tela de ajustes e reativar a rede 4G — Foto: Reprodução/Fernando Telles A qualquer momento, é possível retornar à tela de ajustes e reativar a rede 4G — Foto: Reprodução/Fernando Telles

A qualquer momento, é possível retornar à tela de ajustes e reativar a rede 4G — Foto: Reprodução/Fernando Telles

Uma vez que seu smartphone estiver utilizando a rede 3G, a conexão com a internet não ocorrerá enquanto os dados móveis estiverem desligados, evitando as cobranças indevidas.

O que dizem os citados

A Claro procurou o TechTudo depois que a matéria foi ao ar. Diante dos protestos de consumidores, a operadora enviou a seguinte nota:

“A Claro informa que somente o tráfego de dados utilizado proativamente pelo cliente é cobrado ou descontado da franquia. Portanto, não há nenhuma cobrança em caso de desativação da conexão do smartphone.”

Em nota, a Oi afirma tomar medidas para que o consumidor não seja afetado pelo tráfego de dados, tido como “inerente” ao 4G. Veja:

“Este pequeno tráfego de dados involuntário, observado mesmo quando o usuário desativa a opção de dados em seu terminal celular, é uma característica inerente à tecnologia 4G. A Oi, possui mecanismos internos para tratamento deste tráfego, evitando que o cliente seja de alguma forma prejudicado.”

A Vivo reconhece que a cobrança pode ocorrer tanto em celulares Android quanto em iPhones. Confira o esclarecimento da companhia:

“A tarifação da internet diária pode acontecer em terminais 4G, ou com a função 4G habilitada. Isso ocorre devido uma especificidade da maioria dos smartphones que, mesmo após a desativação da rede móvel, não encerra o consumo em sua totalidade, mantendo uma pequena troca de trafego (bytes) de controle entre o terminal e a rede da operadora. Já no modo 3G, quando os terminais têm a opção dados móveis desabilitada, a conexão é desativada totalmente, sem tráfego de dados entre a rede e o terminal do cliente. A Vivo, desde o começo do ano, passou a descartar a cobrança dos primeiros 100 Kb/s de todos os clientes, independentemente de o aparelho ser 3G ou 4G.”

Com informações: Reclame Aqui (1, 2, 3)

Qual operadora tem o melhor 4G do Brasil ? Usuários respondem no Fórum TechTudo

Cinco tópicos que devem ser analisados na hora de comprar celular

Cinco tópicos que devem ser analisados na hora de comprar celular

Mais do TechTudo