Internet

Por Clara Barreto, para o TechTudo


O site do Governo Federal disponibiliza um Simulador de aplicação no Tesouro Direto, que ajuda investidores iniciantes a escolher o melhor título para investir. É um tipo de investimento de renda fixa, ou seja, o lucro final do investidor é determinado a partir do momento da compra, seja por um valor prefixado ou com base em algum índice (como o Índice de Preços ao Consumidor, o IPCA). Sendo assim, já que não haverá perda de dinheiro, é considerado de baixo risco e muito escolhido por quem está começando a investir.

O Tesouro Direto é um programa do Governo Federal de compra e venda de títulos públicos para pessoas físicas que tem como objetivo conseguir recursos para financiar a dívida pública. Ao comprar esses títulos, a pessoa está "emprestando" dinheiro para o governo brasileiro. Em troca, receberá, no futuro, o valor aplicado mais os juros. Veja a seguir como simular o investimento.

Tutorial ensina como simular aplicação no Tesouro Direto por site do governo — Foto: Divulgação/Tesouro Direto

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Passo 1. Acesse o site do Tesouro Nacional (tesouro.fazenda.gov.br) e selecione a opção "Tesouro Direto", na área de acesso rápido;

O Governo Federal disponibiliza um simulador de aplicações no Tesouro Direto — Foto: Reprodução/Clara Barreto

Passo 2. Assinale "Primeira vez no Tesouro Direto? Comece aqui";

O site do Tesouro Direto possui várias informações sobre os possíveis investimentos — Foto: Reprodução/Clara Barreto

Passo 3. Escolha a opção "Simulador financeiro";

O simulador financeiro disponibiliza os títulos atuais e qual rendimento um possível investidor terá ao vencimento — Foto: Reprodução/Clara Barreto

Passo 4. Selecione a opção "Quero simular uma aplicação", na barra inferior da janela;

Para usar o simulador basta acessar o link dentro do site do Tesouro Direto — Foto: Reprodução/Clara Barreto

Passo 5. Aparecerá a lista de títulos disponíveis para investir em uma tabela que marca se eles são prefixados ou pós-fixados e se o recebimento vai acontecer apenas no vencimento ou por meio de juros semestrais. Escolha a opção que melhor se enquadra a você;

Os títulos disponíveis no simulador são os mesmos que estão disponíveis para investimento imediato — Foto: Reprodução/Clara Barreto

Passo 6. Assinale "Simular", no final da página;

Após a escolha do título é possível simular seu investimento — Foto: Reprodução/Clara Barreto

Passo 7. Neste momento você tem duas opções: dizer o quanto pretende investir ou o quanto pretende resgatar no ano de vencimento. Neste caso, vamos colocar o quanto vamos investir;

Existem duas formas de simular uma aplicação: dizendo o quanto quer investir ou o quanto pretende receber — Foto: Reprodução/Clara Barreto

Passo 8. O investimento pode ser feito com uma aplicação única ou uma aplicação mensal até a data do vencimento. No caso de uma aplicação única, basta preencher a primeira parte; em caso de uma aplicação mensal, é só preencher as duas lacunas. Em seguida, selecione "Calcular";

O investimento poderá ser feito a partir de uma única aplicação, aportes mensais ou ambos — Foto: Reprodução/Clara Barreto

Passo 9. O resultado inicial da simulação aparece em gráficos: o primeiro mostrando o quanto de dinheiro você receberá até o ano de vencimento do título, e o segundo comparando se você fizesse a mesma aplicação em uma poupança. Para mais detalhes, selecione "Simulação detalhada";

O resultado aparece logo em seguida, comparando com a mesma aplicação em uma poupança — Foto: Reprodução/Clara Barreto

Passo 10. Na simulação detalhada, além dos valores investidos, resgatados e a comparação com a poupança, também haverá as informações de custos de administração e de quanto o imposto de renda incidirá sobre o rendimento, dando, ao final, o total líquido que você receberá.

A simulação detalhada mostra também os custos do investimento, mostrando o recebimento bruto e o líquido — Foto: Reprodução/Clara Barreto

Simulando por quanto pretende ganhar

Passo 1. Caso deseje simular a partir de quanto você pretende resgatar no vencimento, no passo 7 selecione a opção "Informe quanto você quer resgatar no futuro";

O segundo tipo de simulação é por quanto você deseja resgatar no vencimento — Foto: Reprodução/Clara Barreto

Passo 2. Digite o valor que pretende receber e selecione "Avançar";

Para simular seu resgate, basta incluir o valor que deseja — Foto: Reprodução/Clara Barreto

Passo 3. Escolha se pretende fazer uma aplicação única ou aportes mensais (depósitos todo mês);

Ainda neste caso é possível simular uma aplicação única ou aportes mensais — Foto: Reprodução/Clara Barreto

Passo 4. Se desejar fazer uma única aplicação, o resultado sairá logo em seguida. Se escolheu aportes mensais, preencha qual será o valor inicial (seu primeiro depósito) e selecione "Calcular";

Mesmo aplicando mensalmente, é necessário dizer o quanto pretende aplicar na primeira vez — Foto: Reprodução/Clara Barreto

Passo 5. Para ter as informações de forma mais clara, pressione "Simulação detalhada";

O resultado também é mostrado em gráficos — Foto: Reprodução/Clara Barreto

Passo 6. Por fim, o quanto você deverá pagar mensalmente aparecerá na segunda coluna.

A simulação detalhada mostra o quanto será necessário investir mensalmente se a primeira aplicação for do valor inserido na simulação — Foto: Reprodução/Clara Barreto

Investimento no mercado financeiro? Tire dúvidas no Fórum do TechTudo.

Mais do TechTudo