Armazenamento

Por Filipe Garrett, para o TechTudo


É muito comum que HDs apresentem problema após muito tempo de uso ou depois de algum acidente que envolva impactos. Alguns sintomas podem indicar que o disco rígido não está funcionando devidamente, como ruídos estranhos ou, em alguns casos, o computador não estar reconhecendo o componente.

Essas situações são comuns em notebooks, que, por serem portáteis, estão mais sujeitos a tombos e outras batidas. HDs externos também podem passar pelo menos problema, já que tendem a sofrer ainda mais estresse. Confira a seguir o que pode estar acontecendo com a peça de armazenamento, quais os riscos, e o que pode ser feito para tentar recuperar o componente.

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

HDs são sensíveis a impactos e há casos em que a melhor solução é buscar auxílio de profissionais — Foto: Filipe Garrett/TechTudo HDs são sensíveis a impactos e há casos em que a melhor solução é buscar auxílio de profissionais — Foto: Filipe Garrett/TechTudo

HDs são sensíveis a impactos e há casos em que a melhor solução é buscar auxílio de profissionais — Foto: Filipe Garrett/TechTudo

Atenção com seus arquivos

HDs são dispositivos sensíveis. Portanto tombos e outros tipos de impacto podem desalinhar o delicado conjunto de motores e mecanismos internos que fazem com que os discos girem milhares de vezes por minuto. Se os problemas começaram depois de um acidente do tipo, pode ser uma boa ideia evitar acessar e insistir com o disco rígido, já que, quanto mais você tentar usar, mais esses mecanismos com problema vão tentar girar em falso. Isso pode arranhar a superfície dos discos e, assim, agravar a situação.

Nesses casos em que você tem uma boa margem de certeza que o disco começou a dar problema depois de uma queda, pode ser mais interessante recorrer a técnicos especializados que, com laboratórios e instrumentos apropriados, podem recuperar seus dados.

Usando diagnóstico do sistema

É possível que seu laptop conte com ferramentas de diagnóstico de hardware, que podem ser acessadas antes mesmo de carregar o sistema operacional. Em caso positivo, é possível acionar o recurso para executar testes que vasculham todo o sistema em busca de erros e defeitos nos componentes individuais.

No passo a passo a seguir, mostramos como usar a ferramenta em um notebook da Dell. Em produtos de outras marcas, a sugestão é consultar manuais e páginas de suporte de cada fabricante para descobrir se seu computador possui ferramentas do tipo.

Computadores da Dell têm ferramenta de diagnóstico de hardware — Foto: Filipe Garret/TechTudo Computadores da Dell têm ferramenta de diagnóstico de hardware — Foto: Filipe Garret/TechTudo

Computadores da Dell têm ferramenta de diagnóstico de hardware — Foto: Filipe Garret/TechTudo

Passo 1. Ligue o computador e pressione imediatamente a tecla F12. Escolha a opção “Diagnostics”;

Ferramenta vai testar sozinha o notebook e detectará erros no disco — Foto: Filipe Garret/TechTudo Ferramenta vai testar sozinha o notebook e detectará erros no disco — Foto: Filipe Garret/TechTudo

Ferramenta vai testar sozinha o notebook e detectará erros no disco — Foto: Filipe Garret/TechTudo

Passo 2. A ferramenta executará sozinha uma bateria de testes em todo o computador;

Depois dos testes, você pode checar os relatórios de cada componente em busca de algum problema — Foto: Filipe Garret/TechTudo Depois dos testes, você pode checar os relatórios de cada componente em busca de algum problema — Foto: Filipe Garret/TechTudo

Depois dos testes, você pode checar os relatórios de cada componente em busca de algum problema — Foto: Filipe Garret/TechTudo

Passo 3. Você pode consultar os relatórios ao fim do processo para descobrir se algum problema foi detectado.

Acessando via pen drive com Linux

Você também pode tentar acessar o seu sistema por meio de um pen drive de instalação de qualquer distribuição Linux. Isso permite que você rode o sistema operacional sem precisar do HD, permitindo acessar e visualizar o conteúdo do disco por meio do Linux. Nós escolhemos o Ubuntu, mas você pode fazer a mesma coisa com outras distros.

Passo 1. Ligue o computador com o pen drive numa porta USB e dê boot por ele. Escolha a opção “Testar o Ubuntu sem instalar” (você também pode encontrar o texto em inglês: “Try Ubuntu without installing”);

Escolha a opção que permite rodar o Linux sem instalar — Foto: Filipe Garret/TechTudo Escolha a opção que permite rodar o Linux sem instalar — Foto: Filipe Garret/TechTudo

Escolha a opção que permite rodar o Linux sem instalar — Foto: Filipe Garret/TechTudo

Passo 2. Em seguida, você estará usando o Linux direto do seu pen drive. Clique no menu “Atividades”;

Menu "Atividades"' dá acesso à apps do Ubuntu — Foto: Reprodução/Filipe Garrett Menu "Atividades"' dá acesso à apps do Ubuntu — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

Menu "Atividades"' dá acesso à apps do Ubuntu — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

Passo 3. Digite “discos” para encontrar o app Discos, do Ubuntu;

Abra o aplicativo Discos para verificar o status dos HDs — Foto: Reprodução/Filipe Garrett Abra o aplicativo Discos para verificar o status dos HDs — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

Abra o aplicativo Discos para verificar o status dos HDs — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

Passo 4. Esse aplicativo permite uma visão geral de todas as unidades conectadas ao seu computador – inclusive o pen drive que você está usando. Se seu disco rígido estiver sendo reconhecido, ele aparecerá no Discos;

Discos irá detectar todos os HDs no seu sistema. Veja que o app consegue até mesmo visualizar as partições de cada unidade — Foto: Reprodução/Filipe Garrett Discos irá detectar todos os HDs no seu sistema. Veja que o app consegue até mesmo visualizar as partições de cada unidade — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

Discos irá detectar todos os HDs no seu sistema. Veja que o app consegue até mesmo visualizar as partições de cada unidade — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

Passo 5. Se o seu disco foi reconhecido no Linux, você pode tentar acessá-lo pelo explorador de arquivos do sistema;

Abra o gerenciador de arquivos, que equivale ao Explorer do Windows — Foto: Reprodução/Filipe Garrett Abra o gerenciador de arquivos, que equivale ao Explorer do Windows — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

Abra o gerenciador de arquivos, que equivale ao Explorer do Windows — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

Passo 6. Escolha “Outros Locais” para tentar acessar o HD;

Escolha "Outros Locais" para ter acesso aos discos — Foto: Reprodução/Filipe Garrett Escolha "Outros Locais" para ter acesso aos discos — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

Escolha "Outros Locais" para ter acesso aos discos — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

Passo 7. Assim como na visualização no Discos, o gerenciador de arquivos permitirá que você tenha acesso aos HDs do sistema. Tente acessar o disco que você deseja. Se der certo, você pode aproveitar para fazer bakcup dos seus dados. Caso não tenha conseguido, há grandes chances de seu HD estar com problemas sérios, e a melhor solução é recorrer a profissionais.

Se o disco aparecer, você pode tentar abri-lo no Linux para fazer backup dos seus dados — Foto: Reprodução/Filipe Garrett Se o disco aparecer, você pode tentar abri-lo no Linux para fazer backup dos seus dados — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

Se o disco aparecer, você pode tentar abri-lo no Linux para fazer backup dos seus dados — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

E se o problema for com HD externo?

Essa solução vai servir tanto para HDs externos quanto para discos internos, desde que você consiga rodar o Windows. A ideia aqui é rodar um app específico de diagnóstico de disco. Dois programas gratuitos são recomendados para a tarefa: o Seagate SeaTools, que vai funcionar mesmo se seu disco for de outra marca, e o HD Tune. Nesse passo a passo escolhemos o HD Tune.

Passo 1. Instale e abra o app. Selecione o disco que deseja testar;

Escolha qual HD pretende checar, caso seu PC tenha mais de uma unidade — Foto: Reprodução/Filipe Garrett Escolha qual HD pretende checar, caso seu PC tenha mais de uma unidade — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

Escolha qual HD pretende checar, caso seu PC tenha mais de uma unidade — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

Passo 2. Na aba "Health" você pode encontrar uma análise da saúde do dispositivo. O HD Tune Pro monitora o disco em tempo real. Se o aplicativo encontrar algum problema, será possível ver avisos de erro nessa tela. Aqui, em geral, os erros indicam um problema bastante grave;

"Health status: ok" sinaliza que o disco está em boas condições — Foto: Reprodução/Filipe Garrett "Health status: ok" sinaliza que o disco está em boas condições — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

"Health status: ok" sinaliza que o disco está em boas condições — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

Passo 3. Dependendo dos resultados, você pode usar a aba “Error Scan” para executar uma varredura que irá procurar erros no disco.

Clique em "Start" para começar a busca por erros — Foto: Reprodução/Filipe Garrett Clique em "Start" para começar a busca por erros — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

Clique em "Start" para começar a busca por erros — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

Erros encontrados no terceiro passo, com o “Error Scan”, podem ser corrigidos pelo HD Tune Pro e outras ferramentas disponíveis no mercado. Entretanto, problemas detectados em “Health” são mais difíceis de reparar e podem exigir a intervenção de especialistas.

HD externo não reconhece no PC: como resolver? Tire suas dúvidas no Fórum do TechTudo

Mais do TechTudo