Jogos de aventura

Por Felipe Vinha, para o TechTudo


Harry Potter: Wizards Unite é um jogo mobile com download grátis para Android e iPhone (iOS) que usa o GPS do celular e recursos de realidade aumentada na gameplay. O título foi produzido pela Niantic, a mesma desenvolvedora de Pokémon GO, e tem jogabilidade bastante parecida com o jogo dos monstrinhos de bolso. O objetivo é caminhar pelo mapa do jogo enquanto batalha contra criaturas das trevas usando magias. Confira, a seguir, os primeiros passos para jogar Harry Potter: Wizards Unite e dicas para mandar bem no começo do game.

Harry Potter: Wizards Unite já está disponível para baixar no Brasil — Foto: Divulgação/Niantic

O que é para fazer no jogo?

Em Pokémon GO o jogador deve capturar monstrinhos pelo mapa para colecioná-los. Já em Harry Potter: Wizards Unite a missão é outra: o player deve capturar Magis, que são criaturas, itens ou elementos mágicos que fugiram e estão fora de controle no “Mundo Trouxa”, ou seja, inseridos no mundo real, próximo das pessoas que não usam magia.

A missão do jogador em Harry Potter: Wizards Unite é capturar os Magis e trazê-los para Hogwarts. Para isso é preciso usar magias na tela do celular, que são conjuradas a partir de movimentos com dedos para cada feitiço. Para capturar um Magi basta tocar em uma das medalhas coloridas que aparecem aleatoriamente pelo mapa.

As medalhas são Magis para serem capturas em Harry Potter: Wizards Unite — Foto: Reprodução/Arte Felipe Vinha

Controles básicos

Assim como em Pokémon GO, o "controle" mais básico de Harry Potter: Wizards Unite é simplesmente andar por aí. O personagem no mapa se movimenta de acordo com a posição do jogador no mundo real, acompanhando a movimentação por meio do GPS.

Além de navegar pelos menus a partir da tela sensível ao toque, os únicos controles que o jogador tem que dominar em Harry Potter: Wizards Unite são os gestos usados para lançar magias, que variam de acordo com o Obstructo. Pode ser um círculo, uma letra “M”, um raio – os movimentos surgem no momento em que o desafio é acessado no mapa.

Controles variam em Harry Potter: Wizards Unite — Foto: Reprodução/Arte Felipe Vinha

Energia

Todas as capturas de Magis em Harry Potter: Wizards Unite exigem gasto de energia, ao contrário de Pokémon GO, que usa Pokébolas. O jogador começa o game com 75 de energia, e a quantidade gasta depende de cada Magi que enfrentar.

As energias podem ser recuperadas em estalagens – ícones no mapa que lembram casas – e também estufas – ícones no mapa que são estufas de vidro. Se o player preferir, também pode gastar dinheiro real e comprar energias na loja online do game, chamada de “Beco Diagonal”.

Energia vendida no Beco Diagonal de Harry Potter: Wizards Unite — Foto: Reprodução/Arte Felipe Vinha

Fortalezas

Enquanto Pokémon GO tem Reides em Ginásios, Harry Potter conta com as Fortalezas, representadas no mapa por gigantescos prédios. É nelas que o jogador luta contra poderosos bruxos do mal e Comensais da Morte. A batalha pode ser realizada sozinha e os inimigos são sempre controlados pelo computador. Além disso, Fortalezas rendem muitos pontos de experiência e outras recompensas, de acordo com sua performance na batalha.

As batalhas funcionam de maneira similar às capturas: faça comandos na tela para atacar ou se defender. Também é possível invadir fortalezas com amigos, mas todos precisam estar no mesmo lugar. Contudo, Fortalezas são elementos que mais gastam energia do jogo – nos primeiros níveis são, pelo menos, 30 pontos.

Dentro de uma fortaleza em Harry Potter: Wizards Unite — Foto: Reprodução/Arte Felipe Vinha

Profissões

A partir do nível seis o jogador de Harry Potter: Wizards Unite precisa escolher sua profissão. Elas são referências a personagens que já existem na série, e cada uma tem sua própria função dentro do mundo bruxo. Os nomes das profissões são Auror (que caça e luta contra inimigos), Magizoologista (que estuda animais) e Professor (que desenvolve novas técnicas e magias).

As profissões dão acesso a uma árvore de habilidades dentro do perfil do jogador que libera novas possibilidades dentro dos combates. Uma vez que a profissão for definida, não pode ser trocada.

As profissões como opções em Harry Potter: Wizards Unite — Foto: Reprodução/Arte Felipe Vinha

Conquistas

As Conquistas são elementos importantes do jogo, já que rendem não apenas experiência para subir de nível, como também itens e energias, que permitem continuar jogando. Tente sempre cumprir as conquistas diárias, tendo em vista que elas mudam sempre.

Conquistas e tarefas pontuam em Harry Potter: Wizards Unite — Foto: Reprodução/Arte Felipe Vinha

Perfil do jogador

Apesar de não ter nenhum tipo de influência na jogabilidade, um dos diferenciais do game é o perfil do jogador. Ao contrário de Pokémon GO, em Harry Potter: Wizards Unite o player pode preencher quase tudo, inclusive colocar uma foto própria, com direito a filtro para se trajar como um bruxo.

O perfil tem nome, foto, varinha mágica, profissão, nível, missões realizadas e a Casa do jogador – que pode ser Sonserina, Grifinória, Lufa Lufa ou Corvinal. Apesar de tudo, a casa pode ser mudada ao longo do game, mas não é recomendado, pois é possível perder o progresso em algumas missões.

O Id do Ministério é o Perfil de jogador em Harry Potter: Wizards Unite — Foto: Reprodução/Arte Felipe Vinha

Mais do TechTudo