Jogos de RPG

Por Rafael Martins, para o TechTudo


GrandChase, ou Grand Chase Mobile, é um RPG disponível para download em celulares Android e iPhone (iOS) no estilo gacha. Jogos desse gênero pedem que os players adquiram personagens diferentes para avançar nas fases. É possível escolher entre mais de 100 opções para formar o seu time. Para completar, o game conta com cinco tipos de heróis, de acordo com sua função em batalha, e três classes, ou raridades, que definem seu potencial máximo. Veja, a seguir, dicas para montar um time balanceado para os modos de missão e PvP.

GrandChase é um RPG no estilo gacha — Foto: Reprodução/Twitter Grand Chase Brasil GrandChase é um RPG no estilo gacha — Foto: Reprodução/Twitter Grand Chase Brasil

GrandChase é um RPG no estilo gacha — Foto: Reprodução/Twitter Grand Chase Brasil

Classes e raridades

A primeira coisa a fazer para formar o melhor grupo possível é se concentrar nos heróis de maior raridade. Conseguir personagens de classes S e SR (as duas melhores) não é tão fácil, mas eles têm os melhores atributos, buffs e habilidades. Portanto busque ter os melhores heróis disponíveis em sua equipe, deixando os tipos — Guerreiro, Atirador, Guardião, Sacerdote e Mago — em segundo plano até contar com diversas opções para cada posição.

A classe de um personagem (A, S e SR) é o mesmo que a raridade e, portanto, define o seu nível de poder, em grande medida. Com isso, a partir de certo ponto do jogo, os heróis A servirão apenas para serem vendidos e obter recursos ou para serem fundidos e, assim, conseguir outros mais fortes.

Heróis SR, como Jin, são muito mais fortes que os demais e tem as melhores habilidades — Foto: Reprodução/Rafael Martins Heróis SR, como Jin, são muito mais fortes que os demais e tem as melhores habilidades — Foto: Reprodução/Rafael Martins

Heróis SR, como Jin, são muito mais fortes que os demais e tem as melhores habilidades — Foto: Reprodução/Rafael Martins

Já os de classe S serão a principal opção da maioria dos jogadores por muito tempo e podem ser adquiridos por meio de missões, recompensas e eventos. Apenas decida o quanto antes quais você usará, porque serão necessárias várias cópias para aprimorá-los. Como os heróis de maior raridade, os SR não são obtidos facilmente, então saiba quais usar caso tenha a chance de escolher um desses aliados — por exemplo, ao usar um Tíquete de Invocação de Herói Selecionável.

Tipos de heróis

Quando já tiver heróis de classe S ou SR de vários tipos, é a hora de montar um time que será eficaz de acordo com os seus papéis. Cada um dos cinco tipos desempenha uma função no grupo:

Guerreiro: tem como principal função causar dano físico, na maioria das vezes com ataques corpo a corpo. Como os outros dois tipos causadores de dano são de longa distância, pode-se usar um Guerreiro para variar, mas não é necessário.

Atirador: causadores de dano físico, mas à distância. É uma boa ideia ter pelo menos um atirador para usar habilidades poderosas sem sofrer dano.

Guardião: seu papel é ficar na frente e absorver dano, enquanto protegem os outros heróis. Geralmente são os últimos a serem derrotados, então é uma boa opção priorizar seus upgrades logo após os de seu principal causador de dano.

Sacerdote: pode aumentar muito a sobrevivência do grupo, o que faz deste um tipo de grande utilidade. Pode ser aprimorado por último, depois dos outros heróis, mas isso não quer dizer que é menos importante.

Mago: causador de dano mágico à distância. Como em todos os casos, a preferência pessoal e a sorte nas invocações vão definir se o foco será em atiradores ou magos.

Uma recomendação válida para qualquer RPG é sempre ter um personagem capaz de curar no grupo. Mas alguns jogadores preferem abrir mão de Sacerdotes em GrandChase, já que é possível usar habilidades de grupo para cumprir essa função. Além disso, curadores não costumam causar muito dano e tiram a vaga de outros aliados que poderiam ser mais eficazes para derrotar inimigos.

A tela que antecede as batalhas permite checar a formação do grupo — Foto: Reprodução/Rafael Martins A tela que antecede as batalhas permite checar a formação do grupo — Foto: Reprodução/Rafael Martins

A tela que antecede as batalhas permite checar a formação do grupo — Foto: Reprodução/Rafael Martins

Apesar disso, a formação mais recomendada — especialmente para iniciantes e aqueles que ainda não têm heróis S e SR suficientes — é composta por um Guardião (para defesa), um Sacerdote (para curar) e dois outros causadores de dano (Guerreiros ou Atiradores, mas também Magos). Veja a seguir alguns exemplos de formação.

Exemplos de formações eficazes

  • Poseidon (Guardiã), Olivia (Guerreira), Charon (Atirador), Sage (Sacerdote).

Esse é um time de início/meio de jogo, formado por alguns dos heróis de classe S mais úteis. Pode ser usado assim por um bom tempo e melhorado conforme personagens SR ficarem disponíveis.

  • Jin (Guardião), Lass (Guerreiro), Rey (Maga), Amy (Sacerdote).

Essa formação é tida como uma das melhores — se não a melhor — possíveis no jogo, contando apenas com heróis SR e capaz de enfrentar praticamente qualquer inimigo e modos de jogo.

  • Poseidon (Guardiã), Lass (Guerreiro), Ras El (Maga), Mari (Maga).

Formação sem um personagem Sacerdote, que faz uso das habilidades de grupo para curar o dano recebido, além de usar apenas Magas para ataques à distância. Time misto contando com dois heróis S (Poseidon e Ras El) e dois SR (Lass e Mari).

Quer comprar consoles, jogos e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Mais do TechTudo