Wearables

Por Paulo Alves, para o TechTudo


O monitoramento de sono está entre as principais funções da pulseira fitness Mi Band 4, da Xiaomi. Lançada oficialmente no Brasil em outubro, a smartband usa o acelerômetro para analisar os movimentos do usuário, detectar o tempo gasto em cada nível de sono e também estimar a quantidade e qualidade de horas dormidas. O recurso entra em ação automaticamente quando o dispositivo está no pulso por conta de um sensor de proximidade sensível à pele. Veja, nas linhas a seguir, como aproveitar o recurso e analisar o sono por meio dos dados obtidos no wearable.

Aprenda a usar a ferramenta de monitoramento de sono da Mi Band 4 — Foto: Paulo Alves/TechTudo Aprenda a usar a ferramenta de monitoramento de sono da Mi Band 4 — Foto: Paulo Alves/TechTudo

Aprenda a usar a ferramenta de monitoramento de sono da Mi Band 4 — Foto: Paulo Alves/TechTudo

Passo 1. Baixe o aplicativo Mi Fit no Android ou iPhone (iOS) e realize a configuração inicial da pulseira. Feito isso, o dispositivo já poderá começar a monitorar o sono, mas é importante fazer um ajuste extra antes de dormir pela primeira vez com a Mi Band 4 no pulso. Na tela inicial do app, toque em “Perfil” e depois em “Pulseira de atividade Mi Smart Band 4”.

Acesse as configurações da Mi Band 4 no app Mi Fit — Foto: Reprodução/Paulo Alves Acesse as configurações da Mi Band 4 no app Mi Fit — Foto: Reprodução/Paulo Alves

Acesse as configurações da Mi Band 4 no app Mi Fit — Foto: Reprodução/Paulo Alves

Passo 2. Role a tela e toque em “Levantar pulso para ver informações”, função que faz com que a tela da Mi Band acenda ao fazer o movimento de ver as horas. Caso deseje manter a função ativa, certifique-se de que ela só será habilitada nas horas do dia em que você não estiver dormindo para evitar luzes incômodas durante a noite.

Ative o acendimento automático da tela apenas durante o dia — Foto: Reprodução/Paulo Alves Ative o acendimento automático da tela apenas durante o dia — Foto: Reprodução/Paulo Alves

Ative o acendimento automático da tela apenas durante o dia — Foto: Reprodução/Paulo Alves

Passo 3. Outro ajuste importante disponível na mesma lista de opções é o Modo Noturno, que reduz o brilho da tela no horário programado. Configure o horário de sono para que, caso a tela acenda, o brilho seja o mais baixo possível para não incomodar.

Deixe o brilho da tela reduzido durante a noite — Foto: Reprodução/Paulo Alves Deixe o brilho da tela reduzido durante a noite — Foto: Reprodução/Paulo Alves

Deixe o brilho da tela reduzido durante a noite — Foto: Reprodução/Paulo Alves

Depois basta colocar a pulseira antes de dormir para obter os dados do sono. O celular não precisa estar ligado, já que as informações podem ser sincronizadas pela manhã.

Como checar dados de sono

Passo 1. Ligue o Bluetooth do celular e abra o Mi Fit para sincronizar os dados. As horas dormidas deverão aparecer logo no primeiro item do resumo. Toque para acessar um gráfico que mostra os períodos da noite em que teve sono leve, profundo ou que esteve acordado. Os estágios são baseados nos movimentos do corpo, então é possível que haja um período marcado como “acordado”. A nota que aparece no topo é baseada na análise de qualidade do sono.

Veja a análise de qualidade do sono no app Mi Fit — Foto: Reprodução/Paulo Alves Veja a análise de qualidade do sono no app Mi Fit — Foto: Reprodução/Paulo Alves

Veja a análise de qualidade do sono no app Mi Fit — Foto: Reprodução/Paulo Alves

Passo 2. Abaixo, o relatório mostra um comparativo em relação às noites passadas e dois gráficos que levam em conta as médias obtidas por outras pessoas. As informações ajudam a saber se uma baixa qualidade de sono está ligada ao horário em que foi dormir ou a quantidade de horas dormidas. Toque em “Histórico” para rever registros passados.

Compare o sono com noites passadas e com outros usuários — Foto: Reprodução/Paulo Alves Compare o sono com noites passadas e com outros usuários — Foto: Reprodução/Paulo Alves

Compare o sono com noites passadas e com outros usuários — Foto: Reprodução/Paulo Alves

Passo 3. Visualize dia por dia a quantidade de horas dormidas e as respectivas análises de sono leve e profundo. Use os botões no rodapé para mudar a visualização entre dia, semana e mês. Por fim, toque no botão no topo para compartilhar o seu resultado mais recente. Toque na seta para salvar na galeria e enviar via WhatsApp.

Veja o histórico de registro de sono e compartilhe um resumo com amigos — Foto: Reprodução/Paulo Alves Veja o histórico de registro de sono e compartilhe um resumo com amigos — Foto: Reprodução/Paulo Alves

Veja o histórico de registro de sono e compartilhe um resumo com amigos — Foto: Reprodução/Paulo Alves

Mais do TechTudo