Placas

Por Filipe Garrett, para o TechTudo


O auxílio no combate ao novo coronavírus pode partir de qualquer usuário. A iniciativa Folding@Home permite fazer uma doação de parte do processamento de qualquer computador. O projeto reúne os esforços de diversos PCs espalhados pelo mundo em um projeto de computação distribuída, destinando frações de cálculos para cada máquina conectada.

Dessa forma, cientistas responsáveis por buscar uma vacina contra o vírus ou remédios para tratar a Covid-19 ganham tempo e capacidade para realizar contas, reconstruir formas em desenhos 3D, entre outros trabalhos. Confira a seguir como fazer para doar parte do processamento do seu computador às pesquisas relacionadas ao novo coronavírus.

Home office: veja ferramentas para trabalhar em casa no coronavírus

Home office: veja ferramentas para trabalhar em casa no coronavírus

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

No momento, a grande preocupação em torno do vírus tem motivado a adesão de milhões de pessoas ao projeto. O Folding@Home já concentra poderio de processamento na casa dos 470 petaflops, equivalente a duas vezes a capacidade do Summit, supercomputador mais poderoso do planeta na atualidade.

Como funciona

O Folding@Home é um projeto em operação desde 2000. O nome “folding” vem do termo “protein folding”, ou enovelamento de proteínas, na versão em português. Essas proteínas, como as que formam o vírus, passam pelo processo para assumir uma forma tridimensional específica, permitindo que desempenhem suas funções. Descobrir como se dão esses processos é essencial para entender o comportamento do novo coronavírus.

Usuários podem destinar processamento ocioso do computador para ajudar os cientistas — Foto: Ana Letícia Loubak/TechTudo

Ao participar do Folding@Home, seu computador receberá alguns fragmentos do grande esforço computacional para calcular como o vírus da Covid-19 se comporta. Esses resultados podem ajudar os cientistas a criarem estratégias e medicamentos antivirais capazes de bloquear a ação do vírus no organismo.

Como participar

Não há requisitos mínimos de hardware para participar do projeto, mas computadores com placas gráficas dedicadas acabam tendo muito mais performance disponível dada a grande capacidade das placas de AMD e Nvidia em processamento paralelo. Outra consideração que você precisa fazer é que as tarefas são intensas e podem fazer seu computador perder performance. Mas, em contrapartida, você pode interromper o app e deixa-lo em operação apenas quando o PC não está em uso.

Passo 1. Você precisa fazer download do aplicativo que irá rodar no seu computador. Para isso, dirija-se ao site "https://foldingathome.org/start-folding/", sem as aspas. Há versões para Windows, Linux e macOS;

Faça o download do aplicativo e instale-o no seu computador — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

Passo 2. Instale o app normalmente. Ao fim do processo, uma página web será exibida: você pode fazer ajustes simples e acompanhar sua pontuação no projeto a partir dela;

Interface simplificada roda direto no navegador e permite ajustes simples — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

Passo 3. Para abrir o aplicativo em si, encontre o FAHControl no seu computador;

Inicie o FAHControl — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

Passo 4. Clique no botão “Configure”, na sequência na aba “Advanced” e certifique-se de que o item “Any” está selecionado em “Cause preference”. Note que há outras doenças em pesquisa pelo projeto, mas, se você quiser contribuir para estudos relacionados ao coronavírus a recomendação é selecionar “any”. Com a seleção realizada, clique no botão “Save”;

Selecione "Any" para participar das pesquisas em torno do coronavírus — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

Passo 5. Não é preciso criar uma conta ou usar um nome, mas, se quiser, é possível inserir na aba “Identity”. O que você colocar no campo “Name” será exibido nos rankings do Folding@Home com a sua pontuação. Em “Team Number” é possível que grupos de pessoas criem times, que organizam as classificações entre os membros. Entretanto, tudo isso é opcional e você pode deixar tudo como estar, se desejar contribuir de forma anônima;

Você pode usar um nome e mesmo participar de uma equipe — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

Passo 6. Na tela inicial, você configura o comportamento do software. Em “Fold” você inicia o processo de cálculo, desde que seu computador já tenha feito download de uma tarefa: se o “status” estiver em “Ready”, você já pode começar a contribuir;

Você pode iniciar o processamento assim que a tarefa estiver em "Ready" — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

Passo 7. Em “Folding power”, você define a intensidade de processamento destinada ao Folding@Home. Em “Low”, seu computador não irá perder tanta performance e as tarefas ficarão concentradas no processador. Em “Medium”, notebooks com placa de vídeo dedicada acionam a GPU para encarar tarefas mais exigentes e em “Full” seu computador ficará praticamente 100% dedicado ao projeto;

Use o slider para definir quanto processamento você pode dispensar para o Folding@Home — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

Passo 8. Na caixa “Selected Work Unit” você acompanha dados em tempo real sobre a tarefa que seu comutador está realizando, como tempo estimado para conclui-la;

Você pode acompanhar a progressão das atividades que seu computador realiza — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

Passo 9. Se quiser, você pode pausar e interromper as tarefas selecionando-as individualmente e clicando nos botões de controle;

Você pode controlar as tarefas pelos botões — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

Qual placa de vídeo devo escolher? Tire suas dúvidas no Fórum do TechTudo

Mais do TechTudo