Produtividade

Por Paulo Alves, para o TechTudo


O PROCV é um comando no Excel que pode não funcionar corretamente por precisar da combinação de vários argumentos. O recurso é útil para consultar valores em uma tabela sem precisar buscar manualmente. Com ele, é possível, por exemplo, criar um botão para consultar o preço de um produto cadastrado em uma planilha de estoque.

No entanto, a função precisa ser preenchida adequadamente para não retornar falhas. Dependendo de como se digita na célula, é possível obter códigos de erro como “#N/D”, “#REF!” e “#VALOR!”. Veja, a seguir, como corrigir os principais problemas com a função no editor de planilhas da Microsoft.

Veja como resolver os principais erros do comando PROCV no Excel — Foto: Paulo Alves/TechTudo

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Erro #N/D com argumento “Verdadeiro”

O erro “#N/D” ocorre geralmente quando o intervalo está digitado errado no comando, sem coincidir com o valor buscado. Para evitar o problema, é preciso adicionar como primeira coluna da matriz a mesma que contém o valor buscado.

Veja também: Como excluir todas as linhas em branco no Excel de uma vez

Como excluir todas as linhas em branco no Excel de uma vez

Como excluir todas as linhas em branco no Excel de uma vez

Ao buscar o preço de um produto em uma planilha de estoque, por exemplo, o comando deve trazer como primeira coluna do intervalo aquela que traz os nomes dos produtos. É importante considerar a coluna original, e não necessariamente a da célula do botão de consulta de preços. O formato resultaria no seguinte: =PROCV(“célula de consulta do produto”;“coluna original do produto”:“coluna final da matriz”; “ordem da coluna a ser pesquisada”; 1)

Neste exemplo, o resultado seria: =PROCV(G6;C:E;3;1)

Primeira coluna do intervalo deve conter a célula consultada pelo comando PROCV no Excel — Foto: Reprodução/Paulo Alves

Erro #N/D com argumento “Falso”

Quando o usuário usa o argumento “Falso” (0) no PROCV, o erro “#N/D”, na verdade, não é um erro. A mensagem significa apenas que a pesquisa não encontrou o valor exato procurado. Para considerar valores aproximados, vale lembrar, é preciso usar o argumento “Verdadeiro” (ou 1) Nesse caso, o formato ficaria: =PROCV(“célula de consulta do produto”;“coluna original do produto”:“coluna final da matriz”; “ordem da coluna a ser pesquisada”; 0)

No exemplo a seguir, portanto, o comando ficaria: =PROCV(G6;C:E;3;0)

Erro #N/D é normal quando PROCV traz Falso ou 0 — Foto: Reprodução/Paulo Alves

Erro #REF!

O erro “#REF!” é simples de resolver, pois, indica apenas um engano na hora de digitar o número de referência da coluna. Esse número é o penúltimo argumento do comando e indica a ordem da coluna dentro da matriz que deve ser levada em conta na hora da busca.

Para considerar apenas a terceira coluna em uma matriz de cinco colunas, por exemplo, é preciso digitar “3” no argumento. Se, por engano, o usuário digitar um valor maior de colunas, como 6 ou 7 nesse caso, o Excel retorna com o erro “#REF!”. Para corrigir, basta, portanto, alterar o número para o valor correto, dentro da quantidade de colunas marcadas na matriz.

Erro #REF! tem a ver com o número de coluna digitado errado — Foto: Reprodução/Paulo Alves

Erro #VALOR!

O erro “#VALOR!” pode surgir em duas situações. Uma delas ocorre quando a célula buscada, digitada por primeiro no argumento, tem mais de 255 caracteres. Como a causa costuma ser apenas um erro de digitação, basta ir até a célula e corrigir o valor.

Outra situação envolve novamente o número de referência de colunas. Ao digitar o comando PROCV, o número que indica a ordem da coluna na matriz deve, obviamente, ser maior que zero. Quando o usuário digita “0” sem querer, a célula mostra a mensagem “#VALOR!”

Erro #VALOR! pode aparecer quando há um zero no número que indica a coluna a ser pesquisada — Foto: Reprodução/Paulo Alves

Erro #NOME?

O Excel emite o erro “#NOME?” para o comando PROCV quando o usuário usa um nome como referência para busca, mas esquece de colocá-lo entre aspas. O problema pode ser resolvido facilmente adicionando as aspas antes e depois do nome. Além disso, é possível selecionar a célula onde o nome se encontra para evitar possíveis erros de digitação.

Erro #NOME? surge quando faltaram aspas no termo usado como referência do PROCV — Foto: Reprodução/Paulo Alves

Erro #DESPEJAR!

O Excel mostra o código de erro “#DESPEJAR!” quando o usuário usa uma coluna inteira como referência para o argumento. O PROCV permite fazer isso, mas requer usar um arroba na frente para evitar problemas, como no formato: =PROCV(@A:A; A:C; 2; 0)

Erro #DESPEJAR! aparece quando não há @ no PROCV que usa uma coluna inteira — Foto: Reprodução/Paulo Alves

Valor errado

O PROCV pode também retornar um valor totalmente errado. Não se trata de um código de erro, mas de um comportamento atípico por conta de um erro na formatação da matriz. Isso ocorre quando o usuário usa o comando “Verdadeiro” (ou 1) para encontrar valores aproximados, mas esquece de organizar os itens da primeira coluna. Para a busca aproximada funcionar, a primeira coluna deve sempre estar em ordem alfabética ou numerada.

PROCV com resultado errado pode ser resolvido colocando primeira coluna em ordem alfabética — Foto: Reprodução/Paulo Alves

Via Microsoft

Qual é o melhor editor de documentos? Descubra no Fórum do TechTudo

Mais do TechTudo