Wearables

Por Paulo Alves, para o TechTudo


A Mi Band 4 é uma pulseira fitness da Xiaomi que é conhecida pelo custo-benefício. Com lançamento no Brasil em outubro de 2019, ela traz como um dos pontos positivos a resistência à água, recurso que já era oferecido na Mi Band 3. No entanto, muitos usuários podem se perguntar até onde vai a possibilidade de mergulhar o produto em líquidos.

A indústria abandonou a terminologia “à prova d’água” na comunicação de novos produtos que apresentam algum tipo de amparo contra líquidos. Em vez disso, celulares e outros eletrônicos com esta características adotam o termo “resistente”. Não há mudança na prática, mas o consumidor deve ficar atento às especificações, já que os níveis de proteção mudam a depender do dispositivo.

Mi Band 4: entenda como funciona a resistência à água da pulseira da Xiaomi — Foto: Paulo Alves/TechTudo

No caso da Mi Band 4, a Xiaomi usa uma medida de resistência diferente dos smartphones. Enquanto telefones adotam diferentes níveis de certificação, como IP67 e IP68, a pulseira chinesa adota o ATM.

Trata-se de uma unidade de medida de pressão que usa como ponto de referência a coluna d’água. Segundo a fabricante, a Mi Band 4 tem resistência de 5 ATM assegurada pela norma GB/T 30106-2013. Na prática, significa que o aparelho pode ser mergulhado com segurança a uma profundidade de, no máximo, 50 metros.

Mi Band 4 tem resistência de 5 ATM — Foto: Paulo Alves/TechTudo

A empresa não detalha o tempo limite em que a pulseira consegue suportar imersão. No entanto, garante que a especificação é suficiente para monitorar natação, atividade cujos movimentos exercem forte pressão da água sobre o dispositivo. Além disso, usar a pulseira no banho também não deve ser problema.

Além de nadar, a Mi Band 4 pode ser utilizada para monitorar o usuário ao fazer usar a esteira, correr ao ar livre, caminhar, levantar peso e andar de bicicleta. A pulseira conta ainda contabiliza passos e distância, além de informar perda estimada de calorias após uma sessão de exercícios. O dispositivo também utiliza sensores para medir batimentos cardíacos e a qualidade do sono.

Veja também: curiosidades sobre a Xiaomi

A Mi Band 4 é comercializada atualmente por R$ 429,99 na loja oficial. A Xiaomi já vende no Brasil também a Mi Band 5 por R$ 569,99. A nova geração anunciada no país em julho de 2020 mantém a resistência de 5 ATM, traz tela maior, sistema de carregamento melhorado e capacidade de monitorar mais exercícios.

O modelo de terceira geração não é mais vendido no país pelo canal oficial da gigante chinesa, que inclui produtos homologados distribuídos pela DL Eletrônicos.

Com informações de Xiaomi

Mais do TechTudo