PC Gamer

Por Filipe Garrett, para o TechTudo


Montar um PC gamer requer um bom conhecimento a respeito das peças necessárias e também do que há disponível no mercado no momento. O site meupc.net promete ajudar os usuários trazendo uma lista de componentes para configurar computadores para todos os bolsos e necessidades. Por lá, é possível buscar preços e visualizar as ofertas mais em conta para processadores, placas de vídeo, memórias, SSDs ou HDs, além de monitores, gabinetes e até periféricos como teclado e mouse. Todas as peças passam por uma checagem automática, o que impede o usuário de escolher produtos incompatíveis entre si.

Substituto do CraftMyBox, o meupc.net também lista componentes em ofertas, dá dicas de manutenção e de peças, permitindo ainda salvar sua configuração ideal para acompanhar a evolução de preços e da própria disponibilidade. A seguir, explicamos como usar o meupc.net para montar seu PC gamer do zero.

Saiba como montar um PC gamer online — Foto: Divulgação

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Passo 1. Para começar o processo, visite o site em www.meupc.net e escolha “Comece a montar”;

Clique no botão para dar início ao processo de criação do seu PC — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

Passo 2. O site irá exibir uma lista de componentes que você precisa selecionar para configurar o seu PC;

É interessante que você faça o processo na ordem — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

Passo 3. Clicando em “Processador”, você é levado para uma tela que mostra opções de processadores. É possível escolher de acordo com preços, marca, famílias e também soquete – característica essencial e que vai ter impacto na placa-mãe que você poderá escolher. No exemplo, optamos pelo Ryzen 5 3600X, encontrado a R$ 1.549 pela ferramenta;

Use os filtros para separar peças que encaixam nas suas necessidades e também orçamento — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

Passo 4. Clicando sobre um dos resultados da busca, o site direciona para uma página que mostra em detalhes as especificações técnicas gerais do produto e também lista os preços que o meupc.net encontrou para aquele modelo em específico;

Site informa detalhes técnicos sobre cada componente e também lista os preços em lojas de confiança — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

Passo 5. É possível usar a página de detalhes para adicionar o item desejado ao seu PC clicando em “Adicionar à build”, ou pode obter o mesmo resultado pela página de resultados, com o botão “+”;

Ao adicionar, o produto escolhido passa a fazer parte da sua configuração — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

Passo 6. Continuando de acordo com a ordem fornecida pelo site, você deve selecionar um cooler para o processador;

Site irá considerar apenas coolers compatíveis com o processador que você escolheu anteriormente — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

Passo 7. Veja que o site define um filtro especial para listar apenas opções compatíveis por padrão: isso impede que o usuário selecione um modelo de cooler – ou placa-mãe, memória ou armazenamento – que seja incompatível com o restante da sua configuração;

Com filtro de compatibilidade aplicado, você evita acabar escolhendo componentes incompatíveis com o restante da sua configuração — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

Passo 8. Você verá um alerta se escolher algo que pode ter incompatibilidade com o restante da configuração;

Site avisa caso você escolher algo que pode ser incompatível com o restante do seu sistema — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

Passo 9. A escolha de uma fonte de energia é sempre importante, afinal, a opção por uma unidade com potência abaixo da exigida pelo sistema pode prejudicar a estabilidade do PC. O meupc.net soma as estimativas de energia requerida pelos componentes escolhidos de forma a informar um mínimo necessário para dar conta da máquina;

MeuPC.net faz estimativa de energia para indica fontes mínimas para a sua máquina — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

Segundo o site, o PC precisaria de 400 Watts para funcionar. No final das contas, escolhemos uma fonte da Corsair de 550 Watts por R$ 319, o que garante uma boa margem de manobra e permite a instalação de periféricos e conexão com uma porção de acessórios nas USB sem sustos.

Passo 10. O restante da seleção dos componentes segue sempre uma mesma estrutura. Cada tipo de produto oferece opções de filtragem que podem separar resultados por preços, marca, especificações e modelos;

Você pode encontrar HDs, SSDs SATA, NVMe e PCIe, tudo categorizado corretamente e filtrável — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

Passo 11. Ao fim do processo – não foram escolhidos fone de ouvido e nem mousepad para o computador – acabamos com um orçamento de R$ 13.664, supondo compra à vista de cada peça. Os principais responsáveis pelo custo da build foram a placa de vídeo GeForce RTX 2060 OC da Galax por R$ 4.799, monitor 1440p da BenQ por R$ 2.999, SSD NVMe 970 Evo Plus da Samsung a R$ 1.599 e o processador Ryzen 5 3600X por R$ 1.549;

Mesmo escolhendo componentes mais antigos, nosso PC não é exatamente barato — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

Passo 12. O site permite que você mande a configuração por e-mail, gere um link permanente para acessá-la para consulta direto no site, ou salve sua build para análise posterior – o que pode ser útil para acompanhar preços e checar a disponibilidade de peças em falta. Nesse último caso, você precisará de uma conta no site.

Site permite salvar a configuração para consulta posterior, mandar por e-mail ou gerar um link permanente para a lista de compras — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

5 jogos com os melhores gráficos do PS4 e Xbox One

5 jogos com os melhores gráficos do PS4 e Xbox One

Quantas ventoinhas são necessárias em um PC Gamer? Tire dúvidas no Fórum do TechTudo

*Nota de transparência: AliExpress e TechTudo mantêm uma parceria comercial. Ao clicar no link da loja, o TechTudo pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação. Os preços mencionados podem sofrer variação e a disponibilidade dos produtos está sujeita aos estoques.

Mais do TechTudo