Celular
Publicidade

Por Danilo Paulo de Oliveira, para o TechTudo

Divulgação/Samsung

NFC é o nome da tecnologia para enviar e receber informações entre dispositivos que estejam próximos. Ela se tornou popular ao permitir o pagamento por aproximação, mas nem todos os celulares a disponibilizam. Confira a seguir o passo a passo para saber se o seu smartphone possui a ferramenta.

Vale destacar que, diferentemente do Bluetooth e do Wi-Fi, o NFC é uma tecnologia de rede sem fio que precisa de uma grande proximidade para funcionar. Nos celulares, o chip interno geralmente trabalha com distâncias de no máximo 5 cm. Ele pode com Apple Pay, Samsung Pay e Google Pay, entre outras carteiras virtuais, além de mandar arquivos de forma rápida.

Moto G50 5G tem suporte NFC para fazer pagamentos por aproximação — Foto: Divulgação/Motorola

Como saber se o celular Android tem NFC

O Android permite algumas funções extras com a tecnologia. A principal delas é a transferência de arquivos como fotos e PDFs por aproximação — por meio do Android Beam.

Nos dispositivos com sistema do Google, o processo para verificar a presença de NFC é bem simples.

Passo 1. Abra o aplicativo de configurações.

Passo 2. Toque na barra de pesquisa.

Passo 3. Digite “NFC”.

Se o dispositivo exibir resultados para ativação ou desativação de NFC, conforme capturas de tela abaixo, isso significa que o seu smartphone suporta a tecnologia.

Como checar se o Android tem NFC — Foto: Danilo Paulo de Oliveira/TechTudo

Como saber se o iPhone (iOS) tem NFC

O NFC chegou aos celulares da Apple a partir do iPhone 6, que suporta apenas pagamento com o Apple Pay. Com o passar do tempo, a tecnologia foi aprimorada. A partir do iPhone 7 se tornou possível ler etiquetas e até usar o aparelho para o aluguel de patinetes e pagamentos em parquímetros.

As gerações do iPhone 7, iPhone 7 Plus, iPhone 8, iPhone 8 Plus e iPhone X possuem o NFC de leitura ativa. É necessário que o usuário ative o recurso na central de controles caso queira ler uma etiqueta NFC.

iPhone 7 — Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo

iPhones seguintes dispensam essa necessidade, já que trabalham com a leitura passiva, de modo que o usuário não precisa ativar nada para que o smartphone interaja com a tecnologia. Ela trabalha de forma automática quando estiver próxima de um receptor.

O NFC não pode ser utilizado para transferências de arquivos como fotos e PDFs dentro do ambiente do iPhone. A maneira mais fácil de fazer esse processo nos celulares da maçã é por meio de outra ferramenta, o AirDrop, que não utiliza o NFC.

Mais do TechTudo