Notebooks
Publicidade

Por TechTudo


O seu notebook não conecta ao Wi-Fi? Problemas de conexão entre PC e Internet sem fio são comuns. As causas podem ser várias e, se você não é um técnico com certa experiência, provavelmente não descobrirá o que está impedindo a conexão. Para ajudar nesta tarefa, o TechTudo listou os cinco falhas mais comuns que impedem o seu notebook de se conectar às redes Wi-Fi. Alguns procedimentos são bem simples e podem ser solucionados apenas apertando uma tecla, enquanto outros são um pouco mais complexos.

Assista ao vídeo abaixo e descubra o que fazer para resolver Wi-Fi com problemas

Problemas no Wi-Fi e possíveis soluções

Problemas no Wi-Fi e possíveis soluções

Como corrigir problemas no Wi-Fi? Confira dicas no Fórum do TechTudo!

1. O Wi-Fi está desativado

Praticamente todos os notebooks contam com as chamadas teclas de função. São aquelas teclas com a inscrição F1, F2, F3 e assim por diante. Geralmente, elas estão localizadas na parte superior do teclado. Além das teclas de função, todos os notebooks contam com a tecla “Fn”, que, na maioria dos modelos, fica ao lado da tecla com a bandeirinha do Windows.

Ao apertar a tecla “Fn” junto com a tecla de função responsável pelo controle do Wi-Fi, pode acontecer de desativar a recepção do sinal wireless sem querer. Resolver isso é bem simples, basta apertar a tecla “Fn” junto com a tecla de função responsável para ativar o Wi-Fi novamente.

Tecla Fn aciona comando alternativo — Foto: Juliana Pixinine/TechTudo

2. O notebook está fora do alcance da rede

Alguns roteadores possuem antenas internas cujo alcance é bem baixo. Até mesmo roteadores com antenas externas podem ter uma curta área de alcance por utilizarem antenas de baixa potência. Se o roteador fica muito distante do local onde você costuma usar o notebook, ou se ele fica instalado em uma área com muitos obstáculos, tais como livros e móveis, considere usar um repetidor de sinal ou mudar a localização de seu roteador. Quer saber como melhorar a velocidade da Internet? Veja 5 aparelhos que fortalecem o sinal.

Considere comprar um repetidor para ampliar o sinal do Wi-Fi; na imagem, o Wi-Fi MaxLink 300B — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo

Quanto mais próximo o seu roteador estiver do local onde você usa o notebook, maior será a intensidade do sinal. Veja se é possível instalá-lo próximo ao teto. Assim, o sinal será distribuído de forma mais uniforme, visto que não há muitos obstáculos. Confira a lista com locais para posicionar o roteador e melhorar o sinal Wi-Fi.

Porém, se não for possível mudar o roteador de lugar, você pode comprar um repetidor de sinal. Ele pega o sinal do roteador e o repete, ampliando assim a área de alcance do sinal da sua internet. Veja como configurar um repetidor para ampliar o sinal do roteador Wi-Fi.

3. Driver desatualizado ou inexistente

Todo computador, seja ele desktop ou notebook, precisa de um driver de rede para conseguir acessar a Internet. Drivers são pequenos programas que fazem a comunicação do software com o hardware e são extremamente necessários.

Para verificar a condição dos seus drivers, especialmente os de rede, você deve ir até o Painel de Controle do Windows, acessar a opção “Sistema e Segurança”, depois em “Sistema” e, por fim, em “Gerenciador de Dispositivos”, na coluna da esquerda. A janela que abrir vai indicar a condição dos drivers. Se houver algum ícone amarelo com um ponto de exclamação em alguma das opções, é porque o driver daquele componente está desatualizado ou faltando.

O programa Driver Easy pode te ajudar a solucionar o problema dos drivers — Foto: Reprodução/Helito Bijora)

Para resolver isso, você precisa acessar o site da fabricante daquele componente, seja da própria placa de rede ou da placa-mãe de seu notebook, e baixar o driver compatível com o seu modelo e versão do sistema. Porém, se você não tem experiência e nem conhecimento para isso, pode usar o programa Driver Easy. Saiba como instalar, ativar e usar o DriverEasy para manter todos os seus drivers atualizados e funcionando perfeitamente.

4. Problemas com o servidor DNS

O servidor DNS é um item essencial para o bom funcionamento da sua Internet. Se no seu notebook estiver configurado um servidor DNS errado ou se o DNS da sua operadora de Internet estiver passando por problemas, basta trocá-lo para resolver o problema.

Para isso, você deve novamente ir até o Painel de Controle do sistema, ir até “Rede e Internet”, depois em “Central de Rede e Compartilhamento” e, por fim, em “Alterar as configurações do adaptador”. Chegando lá, clique com o botão direito na sua conexão de rede ativa e vá para “Propriedades”. Depois busque por “Protocolo TCP/IP Versão 4 (TCP/IPv4)” e clique em “Propriedades”.

Mudar o DNS pode resolver o problema da internet — Foto: Felipe Alencar/TechTudo

Na janela que abrir, você vai ver os campos para se inserir o DNS preferencial e o alternativo. Coloque o DNS da sua preferência. O do Google costuma ser bem eficiente e preciso. Para usá-lo, basta colocar no campo de DNS preferencial os seguintes números: 8.8.8.8. Já no campo de DNS alternativo use o 8.8.4.4. Pronto, isso resolverá o seu problema com os servidores DNS.

5. Interferência de outros eletrônicos

Dispositivos que usam sinal wireless trabalham em determinadas faixas de frequência, chamadas de “canais”. Se, por exemplo, o seu roteador estiver no mesmo canal do seu telefone sem fio, uma rede vai causar interferência na outra, causando assim queda e lentidão na Internet.

Portanto, se o Wi-Fi do seu notebook está apresentando esses problemas, provavelmente esteja ocorrendo algum conflito de sinal. Resolver isso também é simples. Basta trocar o canal de atuação do seu roteador. Inimigos do Wi-Fi: veja 5 eletrodomésticos que prejudicam o sinal do roteador.

Roteadores dual band são os mais indicados para operarem com canal de 40 MHz — Foto: Elson de Souza/TechTudo

É importante ficar atento aos pontos, não há por que “quebrar a cabeça” quando seu notebook não estiver conectando às redes Wi-Fi. Verifique cada uma dessas possibilidades e resolva você mesmo. Se mesmo após seguir o passo a passo a falha não for resolvida, procure uma assistência técnica especializada.

Mais do TechTudo