Sistemas Operacionais

14/04/2011 11h13 - Atualizado em 14/07/2011 06h54

Configure a lixeira do Windows de acordo com suas necessidades

Ramon Cardoso
por
Da redação

Você sabia que é possível alterar algumas configurações da lixeira do Windows para adaptar seu funcionamento às suas necessidades? É possível, por exemplo, determinar o percentual do seu disco rígido que será destinado a armazenar os arquivos movidos para a lixeira ou impedir que seja exibido o aviso de confirmação ao excluir um arquivo. Acompanhe esta dica e veja como configurar a lixeira do Windows.

Passo 1. Localize o ícone da lixeira em seu desktop e clique com o botão direito do mouse sobre ele.

Passo 2. Na lista de opções, selecione o item "Propriedades".

Configurando a lixeira do Windows 7 (Foto: Reprodução/TechTudo)Configurando a lixeira do Windows 7 (Foto: Reprodução/TechTudo)

Passo 3. Uma janela de configurações será aberta. Marque a opção "Não mover arquivos para a Lixeira" se quiser que os arquivos deletados sejam excluídos definitivamente do disco, sem passar pela lixeira.

Passo 4. Ao lado do item "Tamanho personalizado", defina um valor, em MB, para o espaço destinado ao armazenamento de arquivos excluídos. Esse item pode ser útil para pessoas que não tem o costume de limpar a lixeira constantemente e/ou recuperar os arquivos deletados.

Configurando a lixeira do Windows 7 (Foto: Reprodução/TechTudo)Configurando a lixeira do Windows 7 (Foto: Reprodução/TechTudo)

Passo 5. Para desativar o aviso de confirmação ao excluir um arquivo, desmarque a caixa "Exibir caixa de diálogo de confirmação de exclusão".

Passo 6. Ao finalizar a configuração, clique em "OK" para salvar as alterações.

Ao realizar essas mudanças, deve-se tomar cuidado para não definir opções que possam fazer com que seus arquivos sejam apagados acidentalmente. Ao optar por não receber confirmação de exclusão, você corre o risco de apertar a tecla "Delete" por engano e acabar mandando um arquivo direto para a lixeira.Caso a opção do Passo 3 esteja marcada, o estrago pode ser ainda maior, resultando na perda definitiva de uma informação.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares