Antivírus

03/10/2012 13h41 - Atualizado em 06/08/2013 11h29

Como usar o Advanced SystemCare e reparar erros do Windows

Edivaldo Brito
por
Para o TechTudo

O Advanced SystemCare permite reparar os diversos erros no Windows e, em alguns casos, fazer com que o sistema operacional fique mais rápido. O grande diferencial desse programa é o conjunto de ferramentas que ele possui, que o tornam bastante completo na tarefa que se propõe.

Mas apesar de ser um excelente programa e ter muitas tarefas automáticas, ele é um programa que exige cuidados em seu uso. Sempre faça um backup antes de executar qualquer otimização e depois verifique se o sistema continua funcionando normalmente. E para quem ainda não sabe como usar o programa, o TechTudo preparou esse tutorial.

Fazendo a reparação completa do computador

Passo 1. Se você ainda não tem, baixe o Advanced SystemCare no TechTudo downloads, instale-o e depois execute-o;

Passo 2. Na janela do programa, passe o mouse sobre a opção “Reparação Profunda”. Nas opções que aparecem, clique em “Examinar agora”;

Acessando a configuração da opção Reparação profunda (Foto: reprodução/Edivaldo Brito)Acessando a configuração da opção Reparação profunda (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)

Passo 3. O programa começará a procurar por problemas no computador. Aguarde até terminar o processo;

Fazendo uma análise no sistema (Foto: reprodução/Edivaldo Brito)Fazendo uma análise no sistema (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)

Passo 4.  Ao terminar a pesquisa, verifique os problemas encontrados clicando no link “Mostrar detalhes” que fica no quadro do lado direito da janela, abaixo da área que foi verificada;

Olhando os problemas encontrados antes de fazer a reparação (Foto: reprodução/Edivaldo Brito)Olhando os problemas encontrados antes de fazer a reparação (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)

Passo 5. Depois de ver todos os problemas encontrados, desmarque aqueles que você não quer que sejam resolvidos. Para fazer isso, clique no quadrinho que fica ao lado do nome da área verificada. Para iniciar a reparação, clique no botão “Reparar Agora”;

Desmarcando alguns erros achados e inicando a reparação (Foto: reprodução/Edivaldo Brito)Desmarcando alguns erros achados e inicando a reparação (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)

Passo 6. A reparação rápida pode ser feita da mesma forma, entretanto ela é um pouco superficial e deve ser usada quando se quer apenas uma melhorada leve no desempenho do sistema.

Conhecendo as ferramentas do programa

O programa traz uma série de ferramentas poderosas, mas é importante lembrar que o ideal é deixar que o programa faça o trabalho automaticamente. Entretanto, se for necessário utilizar uma ferramenta, muito cuidado e tenha certeza de que sabe o que está sendo feito.

Passo 1. Na janela do programa, passe o mouse sobre a opção “Ferramentas”. Nas opções que aparecem, clique em “Detalhes”;

Acessando as ferramentas do programa (Foto: reprodução/Edivaldo Brito)Acessando as ferramentas do programa (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)

Passo 2. Na janela que aparece, as ferramentas do programa são mostradas divididas em cinco categorias, onde cada uma é listada junto com a sua funcionalidade. Nessa mesma  área você pode executar a ferramenta;

Passo 3. Na categoria “Limpeza” ficam as ferramentas responsáveis por retirar qualquer resíduo no registro do Windows, rastros de navegação e traços de programas desinstalados. Nessa opção também é possível fazer a limpeza do disco e excluir definitivamente arquivos apagados;

As ferramentas do programa que fazem uma limpeza no sistema (Foto: reprodução/Edivaldo Brito)As ferramentas do programa que fazem uma limpeza no sistema (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)

Passo 4. Na categoria “Otimizar” estão as ferramentas que podem ser usadas para melhorar o desempenho do computador, seja otimizando a memória, a rede, a inicialização, o registro do Windows, o disco rígido ou até mesmo preparando o computador para rodar jogos de forma mais suave e ágil;

As ferramentas do programa que otimizam o sistema (Foto: reprodução/Edivaldo Brito)As ferramentas do programa que otimizam o sistema (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)

Passo 5. Já na categoria “Reparar” ficam as ferramentas para corrigir falhas, como por exemplo, recuperar arquivos apagados mesmo depois de limpar a lixeira, consertar atalhos quebrados, consertar o sistema de arquivos, consertar problemas no Windows e configurações do Internet Explorer;

As ferramentas do programa que reparam erros no sistema (Foto: reprodução/Edivaldo Brito)As ferramentas do programa que reparam erros no sistema (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)

Passo 6. Em “Segurança”, temos utilitários para fazer diagnóstico do sistema, verificação de falhas de segurança e gerenciamento de processos e drivers;

As ferramentas do programa que cuidam da segurança do sistema (Foto: reprodução/Edivaldo Brito)As ferramentas do programa que cuidam da segurança do sistema (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)

Passo 7. Finalizando, na categoria “Controle” ficam as ferramentas que podem verificar arquivos duplicados, fazer um desligamento programado, mostrar quais arquivos estão ocupando mais espaço no disco rígido, mostrar informações detalhadas do sistema, encontrar pastas vazias e alterar configurações de operação do sistema.

As ferramentas do programa que cuidam da administração do sistema (Foto: reprodução/Edivaldo Brito)As ferramentas do programa que cuidam da administração do sistema (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)

Usando o Turbo Boost

A opção Turbo Boost prepara seu computador para ter o melhor desempenho, veja como é fácil configurar.

Passo 1. Na janela do programa, passe o mouse sobre a opção ” Turbo Boost “. Nas opções que aparecem, clique em “Configurar”;

Acessando o Tubro Boost (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Acessando o Tubro Boost (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)

Passo 2. Na primeira etapa do processo, escolha se deseja otimizar o computador para o uso no “Modo trabalho” ou no “Modo Jogo” e depois clique no botão “Avançar”;

Ecolhendo o tipo de otimização que será usado (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Ecolhendo o tipo de otimização que será usado (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)

Passo 3. Na segunda tela serão mostrados os serviços de sistema que serão desativados para melhorar o desempenho. Se quiser, marque ou desmarque algum que queira ou não usar. Quando terminar, clique no botão “Avançar”;

Serviços de sistema que serão desativados (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Serviços de sistema que serão desativados (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)

Passo 4. Na terceira tela serão exibidos os serviços de terceiros que serão desativados para melhorar o desempenho. Assim como na configuração anterior, você pode marcar ou desmarcar algum que queira ou não usar. Quando terminar, clique no botão “Avançar”;

Serviços de terceiros que serão desativados (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Serviços de terceiros que serão desativados (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)

Passo 5. Na próxima etapa, são mostrados quais programas executados em segundo plano serão desativados. Claro, você pode escolher por desativar ou não os programas. Depois que terminar de escolher, clique no botão “Avançar”;

Programas em segundo plano que serão desativados (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Programas em segundo plano que serão desativados (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)

Passo 6. Na penúltima etapa, você pode escolher entre desativar o atual tema do Windows (recomendado) ou deixar como está. Para continuar, clique no botão “Avançar”;

Desativando o tema do Windows (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Desativando o tema do Windows (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)

Passo 7. Por último, você será questionado se deseja que o Turbo Boost deverá ser carregado na inicialização do Windows. No final, bastar clicar no botão “Concluído” para finalizar e ativar Turbo Boost.

Concluíndo a configuração Turbo Boost (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Concluíndo a configuração Turbo Boost (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)

Mesmo sabendo como o Advanced SystemCare trabalha é preciso tomar cuidado na hora de utilizá-lo, pois ele modifica muitas áreas críticas ao funcionamento do Windows. Feito isso, a ferramenta pode deixar seu sistema do jeito que você sempre quis, rápido e funcional.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Klaus Leal
    2013-04-03T20:12:42

    Olá Edivaldo. Eu utilizei o Advanced System Care e estou enfrentando um problema. Desde q fiz uso do programa, sempre q abro algum jogo ele fica muito lento, parando por qualquer coisa e depois de não muito tempo ele trava completamente e para de responder. Vc tem alguma ideia do q pode estar acontecendo? Será q o programa é o culpado? Desde ja agradeço. Abraços!

  • Arqui Engenharia
    2016-06-23T17:09:57

    NÃO INSTALEM ISSO!!!! Dps de executar o programa meu PC está com problemas em todos os app do windows 10 e o Menu Iniciar não abre mais!!!!!

  • Luciney Souza
    2016-06-01T15:43:03

    Mas jamais use em Windows Server de qualquer versão! É problema na hora!

  • Margaret Ferreira
    2016-01-11T01:21:45

    Texto MUUUUUITOOO mal explicado!!!! Affffffffffff

  • Douglas Silva
    2015-12-05T11:32:30

    O Advanced systemcare 8 apaga os históricos de navegação?

  • Mateus Souza
    2015-01-07T12:43:32

    Eu quero tirar aquele troço de Monitor de desempenho. Como faz?