Antispywares

27/04/2013 08h00 - Atualizado em 27/04/2013 08h00

Aprenda a verificar arquivos no menu de contexto com o Windows Defender

Helito Beggiora
por
Para o TechTudo

O Windows Defender, por padrão, não conta com uma opção para verificar arquivos individuais ou pastas no menu de contexto. Para alterar essa limitação, basta aplicar este arquivo .reg ou seguir os passos mostrados neste tutorial. Neles, você aprende como adicionar a opção editando o registro do Windows.

Opção de verificar arquivo no menu de contexto (Foto: Reprodução/Helito Bijora)Opção de verificar arquivo no menu de contexto (Foto: Reprodução/Helito Bijora)

Passo 1. Pressione “WinKey  (tecla com o símbolo do Windows) + R”, entre com o comando “regedit.exe” (sem aspas) e pressione “OK”;

Executando Editor de registro (Foto: Reprodução/Helito Bijora)Executando Editor de registro (Foto: Reprodução/Helito Bijora)

Passo 2. No “Editor de Registro do Windows”, vá até “HKEY_CLASSES_ROOT \ Folder \ shell”. Na lateral esquerda da janela, clique com o botão direito do mouse sobre “shell”, aponte para “Novo” e clique em “Chave”. Digite “WindowsDefender” (sem aspas) para o nome da nova chave;

Criando nova chave (Foto: Reprodução/Helito Bijora)Criando nova chave (Foto: Reprodução/Helito Bijora)

Passo 3. Dentro da chave que criamos, adicione um novo item do tipo “Valor da Cadeia de Caracteres” chamado “Icon”. Para isso, clique com o botão direito do mouse sobre “WindowsDefender” e vá em “Novo”;

Criando novo valor (Foto: Reprodução/Helito Bijora)Criando novo valor (Foto: Reprodução/Helito Bijora)

Passo 4. Dê um duplo clique sobre o item recém-criado e digite “%ProgramFiles%\\Windows Defender\\EppManifest.dll” (sem as aspas) ao campo “Dados do valor”;

Editando dados do valor (Foto: Reprodução/Helito Bijora)Editando dados do valor (Foto: Reprodução/Helito Bijora)

Passo 5. Repita o procedimento dos passos acima e crie um item do mesmo tipo, chamado “MUIVerb”. Como valor, escreva “Verificar com o Windows Defender”;

Editando dados do valor (Foto: Reprodução/Helito Bijora)Editando dados do valor (Foto: Reprodução/Helito Bijora)

Passo 6. Clique com o botão direito do mouse sobre “WindowsDefender”, aponte para “Novo” e clique em “Chave”. Dessa vez, digite “Command” (sem aspas) para o nome da chave;

Criando nova chave (Foto: Reprodução/Helito Bijora)Criando nova chave (Foto: Reprodução/Helito Bijora)

Passo 7. Dentro da chave “Command”, dê um duplo clique sobre o valor “(Padrão)” para editá-lo. No campo “Dados do valor”, entre com o seguinte comando (dessa vez, mantenha as aspas): “C:\Program Files\Windows Defender\MpCmdRun.exe” -scan -scantype 3 -SignatureUpdate -file “%1”

Adicionando comando (Foto: Reprodução/Helito Bijora)Adicionando comando (Foto: Reprodução/Helito Bijora)

Pronto! Experimente clicar com o botão direito do mouse sobre qualquer arquivo. A opção de verificá-lo com o Windows Defender deve estar disponível. Ao clicar sobre ela, uma janela do Prompt de comando deve aparecer e fechar rapidamente. É um sinal de que o arquivo foi verificado e nenhum código malicioso foi encontrado. O programa só irá alertá-lo em casos de ameaça.

Ainda tem dúvidas sobre o Windows? Pergunte no Fórum do TechTudo!

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Marco Pereira
    2014-11-29T02:56:59

    Obrigado, Helito. Usei o arquivo que você disponibilizou logo no inicio do artigo e deu tudo certo!

  • Marco Pereira
    2014-11-29T02:52:52

    Boa noite. Fiz conforme indicado, porém ao mandar uma pasta ser analizada pelo Windows Defender usando o menu de contexto, recebi o seguinte aviso: "O Windows não pode acessar o dispositivo, caminho ou arquivo especificado. Talvez você não tenha as permissões adequadas para acessar o ítem." O que pode ter ocorrido?