E-reader

15/12/2013 13h36 - Atualizado em 15/12/2013 13h48

Comprou um Kindle? Veja as dicas para aproveitar melhor seu e-reader

Paulo Alves
por
Para o TechTudo

O Kindle é um e-reader, ou seja, um dispositivos feito especialmente para leitura. Sua tela que imita o papel não prejudica a visão e nem reflete a luz do sol em ambientes externos. Alguns modelos já estão disponíveis no Brasil, como o Kindle Paperwhite, da Amazon. O gadget tem diversas funcionalidades interessantes para o leitor.

iPad mini com tela Retina ou Nexus 7 (2013): qual é o melhor tablet?

Passo 1. Converta todos os seus arquivos de texto

Calibre é uma das opções de software de conversão para Kindle (Foto: Reprodução/Gizmodo) (Foto: Calibre é uma das opções de software de conversão para Kindle (Foto: Reprodução/Gizmodo))Calibre é uma das opções de software de conversão para o Kindle (Foto: Reprodução/Gizmodo)


Embora o Kindle tenha acesso a uma biblioteca imensa de títulos, especialmente em inglês, a Amazon ainda não é completa quando se trata de conteúdo em português. Por isso, é aconselhável que você converta todos seus textos em .PDF para o formato .MOBI, formato acessado pelo Kindle.

Há algumas alternativas online, como o Cloud Convert e o Online Convert, além de softwares como o Calibre e o aplicativo próprio da Amazon. Se você gosta de ter seus livros e artigos em vários dispositivos, é recomendado usar a solução oficial. Mas se você quiser converter tudo localmente, vantagem para quem tem muitos arquivos, é melhor utilizar softwares como o Calibre.

Passo 2. Salve artigos da web direto no Kindle

Pelo Readability é possível salvar artigos direto no Kindle (Foto: Reprodução/Thiago Barros)Pelo Readability é possível salvar artigos direto no Kindle (Foto: Reprodução/Thiago Barros)


Seja nas redes sociais ou em agregadores como o Feedly, estamos em contato com conteúdo escrito o tempo todo. Por isso, é mais indicado que você consuma esses textos na tela especial do Kindle, poupando a visão da luz excessiva do monitor do computador.

Para transferir conteúdo do navegador para o e-reader basta usar o Instapaper ou instalar plugins do Readability, da Amazon "Send to Kindle" ou o "Push to Kindle". Para encontra-los procure diretamente no marketplace do Chrome ou nos menus correspondentes do Firefox, IE ou Safari.

Outra maneira de ler conteúdo da web no Kindle é por meio de feeds feitos para o e-reader, como o Kindle4rss. Ele permite a assinatura de até 12 feeds com 25 artigos por edição e transfere os arquivos automaticamente quando o dispositivo é conectado ao PC.

Passo 3. Acesse seus documentos em todo lugar


Kindle tem app para várias plataformas, o que permite ler livros não só no Kindle (Foto: Reprodução/Gizmodo) (Foto: Kindle tem app para várias plataformas, o que permite ler livros não só no Kindle (Foto: Reprodução/Gizmodo))Kindle tem app para várias plataformas, o que permite ler livros não só no e-reader (Foto: Reprodução/Gizmodo)



Se você usa vários dispositivos, há como movimentar documentos para ler no Kindle enviando-os por e-mail. Para isso acesse a sua conta na Amazon e vá até "Configurações de documentos pessoais". Então, basta anexar o que quiser e enviar para o aparelho.

Outra maneira é fazer o inverso: ler conteúdo comprado pelo Kindle em outros dispositivos, como os apps para iOS e Android e Windows Phone 8.

Fique atento, porém, ao conteúdo que fica armazenado localmente no Kindle, pois eles não são guardados na nuvem da Amazon. Diferente dos livros comprados na loja, os arquivos PDF que você transferiu manualmente se perdem completamente ao apagá-los do aparelho.

Passo 4. Escreva e compartilhe anotações


Anotações devem ser guardadas na nuvem (Foto: Divulgação/Amazon) (Foto: Anotações devem ser guardadas na nuvem (Foto: Divulgação/Amazon))Anotações devem ser guardadas na nuvem do Kindle (Foto: Divulgação/Amazon)



Um dos recursos secundários muito úteis do Kindle é sua capacidade de armazenar anotações e marcações de livros. Você pode escrever pensamos sobre o que está lendo e compartilhar tudo com outros leitores.

Para isso, vá até as configurações e ative as "Notas Públicas". Aproveite para ligar a opção "Destaques Populares": assim você também tem acesso ao que as pessoas que você segue estão falando sobre os livros que estão lendo.

Qual comprar: tablet ou e-reader? <b>Comente no Fórum do TechTudo</b>

Lembre-se, porém, de fazer o backup periódico das suas notas, deixando-as também disponíveis em outros dispositivos com o app do Kindle. Para isso vá nas opções, ative a opção "Backup de anotações" e tudo será feito automaticamente.

Passo 5. Proteja seus dados com senha

Configure senha para manter seus dados seguros (Foto: Reprodução/Kindletime)Configure senha para manter seus dados seguros no Kindle (Foto: Reprodução/Kindletime)

Talvez o Kindle não seja algo tão necessário de andar junto com você quanto um smartphone, por exemplo. Portanto, mesmo que não haja informações sensíveis guardadas lá, você pode querer protege-lo do acesso de terceiros, enquanto não está por perto, configurando uma senha. É possível cadastrar um código em qualquer modelo do Kindle, e para isso basta acessar as configurações.

Passo 6. Use seu Kindle de maneira avançada


Duokan expande as funcionalidades do Kindle, mas põe a integridade do aparelho em risco na instalação (Foto: Reprodução/The Digital Reader) (Foto: Duokan expande as funcionalidades do Kindle, mas põe a integridade do aparelho em risco na instalação (Foto: Reprodução/The Digital Reader))Duokan expande as funcionalidades do Kindle, mas põe a integridade do aparelho em risco na instalação (Foto: Reprodução/The Digital Reader)




Se engana quem acha que o Kindle só lê e-books. Apesar de estar em beta, ele possui um navegador próprio que você pode usar via conexão Wi-Fi. Assim é possível expandir bastante as funcionalidades do aparelho.

Além disso, já existe até um sistema operacional customizado para o gadget. Feito por uma empresa chinesa, o Duokan pode ser instalado por usuários experientes – já que pode danificar permanentemente o aparelho – e liberar acesso a arquivos no formato ePub. O Duokan tem inclusive uma loja própria, mas, a não ser que você saiba mandarim, não há muita utilidade por enquanto.

Via Gizmodo

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Maria Ribeiro
    2018-07-29T13:11:24

    Comprei um novo Kindle e queria transferir os ebooks do antigo para o novo. Podem me ajudar?

  • Antonino Vescio
    2013-12-15T19:35:59

    Uma correção: kindle aceita PDF. Basta baixar o arquivo e copiar+colar ele na pasta "documentos" do Kindle.