Computadores

16/01/2014 07h00 - Atualizado em 16/01/2014 07h00

TVs e Computadores: quem gasta mais energia?

Felipe Velloso
por
Para o TechTudo

Hoje em dia é muito comum termos contas de luz com preços salgados devido à diversidade de aparelhos que invadiram nossos lares. Dos clássicos, como a TV, geladeira, notebooks e PCs, todos demandam um custo de energia para a sua casa.

Gambiarra faz iPad conectar à Internet com cabo de rede, sem Wi-Fi

As novas TVs não consomem tanta energia como os modelos mais antigos (Foto: Rodrigo Bastos/TechTudo)As novas TVs não consomem tanta energia como os modelos mais antigos (Foto: Rodrigo Bastos/TechTudo)


As Televisões

Os televisores, cada vez maiores e com definições mais apuradas, estão entre os itens que mais confundem os consumidores, afinal, quanta energia é consumida por um televisor moderno depois de uma hora de uso?

Televisores de LCD e de LED são compostos por uma tela de cristal líquido. Ambas funcionam quando a luz de fundo é projetada em duas camadas de vidro polarizadas que se valem do cristal líquido para manipular e dar forma a essa luz. A única diferença é que enquanto as TVs LCDs se valem de pequenas luzes fluorescentes, as televisões de LED usam diodos que emitem Luz própria. Em termos de consumo, isso significa que de maneira geral ambos os formatos gastam quase a mesma quantidade de energia, com uma pequena vantagem para o formato LED, que consome uma média de 127 Watts por hora, contra os 156 Watts das TVs LCD (para aparelhos de 42 polegadas).

No caso dos televisores de Plasma o funcionamento é bem diferente. Basicamente, esses aparelhos contêm células gasosas que precisam ser aquecidas para produzir todo tipo de luz. De maneira geral, televisões de Plasma costumam a consumir muito mais energia do que suas concorrentes de LED e LCD, justamente pelo esforço maior requerido no aquecimento das células. No caso da TV de 42 polegadas, o consumo chega a 270 Watts por hora.

Para entender melhor a diferença, observe o gráfico abaixo que ilustra a quantidade de energia utilizada por cada tamanho de televisor de Plasma e LED.

O gráfico ilustra quanto cada tipo de televisor consome de energia em proporção ao seu tamanho (Foto: Reprodução/Felipe Velloso)O gráfico ilustra quanto cada tipo de televisor consome de energia em proporção ao seu tamanho (Foto: Reprodução / Felipe Velloso)



Os computadores

No caso dos computadores, também podemos dividí-los em diversos tipos diferentes. As duas principais classificações são os notebooks e os desktops (computadores de mesa), onde os primeiros costumam a gastar bem menos energia. Normalmente um laptop é projetado para consumir a menor quantidade de eletricidade justamente por depender de uma bateria física. Eles não costumam ultrapassar a faixa de 15 a 60 Watts, bem mais baixa que a dos desktops, que variam entre 65 e 250 Watts por hora.

CES deve ter, entre outros, novos Chromebooks, como o Acer C710, primeiro do tipo no Brasil (Foto: Divulgação/Acer)Os notebooks são modelos de PC econômicos em relação aos desktops (Foto: Divulgação / Acer)


Os computadores de mesa possuem toda esta abrangência de números em sua faixa de consumo por diferentes aspectos. O primeiro fator é a sua montagem. Um desktop simples, usado apenas para trabalhar com texto e navegar na Internet, sem placa de vídeo dedicada e etc, vai consumir pouca energia. Por outro lado, um computador com um processador de ponta, placas de vídeo, som e outros componentes feitos para gamers e editores visuais, exige muito mais "combustível" para continuar funcionando.

Além disso, existe um segundo fator importante que muito influencia no consumo de desktops: a forma de uso. Um computador não passa o tempo inteiro consumindo a mesma quantidade de energia. Desta maneira, um PC mais leve, sem placa de vídeo, poderá consumir muito mais energia do que um computador de ponta na hora de rodar um jogo. Isso ocorre porque a máquina estará funcionando no limite. O processador estará rodando no máximo, os coolers estarão tentando esfriar os componentes de toda maneira e assim por diante. Por isso, a forma de uso também é um elemento fundamental para definir o gasto de energia.

O Desktop é o modelo de computador que mais consome energia (Foto: Divulgação / HP)O desktop é o modelo de computador que mais consome energia (Foto: Divulgação / HP)





Afinal, o que gasta mais energia?

A resposta para essa pergunta certamente vai variar de acordo com o tipo de computador ou de televisão utilizado por você. Com uma média de uso em cerca de 30 Watts, o notebook pode ser considerado o aparelho mais econômico, seguido de perto pelos televisores de LED e LCD de até 45 polegadas que consomem em média 50 watts.

Entre os mais caros em gasto de energia, temos as TVs de Plasma, que com uma tela de 45 polegadas podem gastar até 70 Watts por hora, e os desktops, que em média consomem pelo menos 100 watts por hora.

Utilizando como base o site AES Sul, que afere o gasto de diversos aparelhos eletrônicos, podemos montar uma pequena tabela demonstrativa de valores do consumo de computadores e TVs e observar o quanto esses equipamentos pesam na conta da luz ao final do mês.

A tabela mostra o quanto o consumo de cada aparelho interfere na conta de luz (Foto: Reprodução/Felipe Velloso)A tabela mostra o quanto o consumo de cada aparelho interfere na conta de luz (Foto: Reprodução / Felipe Velloso)


Como fazer a calibragem da TV LED? Descubra no Fórum do TechTudo!

 






Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Monsenhor Razão
    2014-01-20T22:57:20

    Toda TV de Led é (Inevitavelmente) LCD. Mas a TV (antiga) de LCD com retroiluminação tipo Backlight... é outra história.

  • Everson Oliveira
    2014-01-17T12:59:23

    junta tudo isso ai q é o consumo do meu pc.