TV

13/04/2014 10h01 - Atualizado em 13/04/2014 10h01

Televisores para a Copa: o que levar em conta na hora da compra

Metuzo de Macêdo Alves
por
Para o TechTudo

Será que aquele televisor Full HD ou 4K que você planeja comprar para assistir aos jogos da copa, está mesmo preparado para exibir imagens em movimento com alta qualidade e definição?

O TechTudo listou os principais problemas que boa parte dos modelos de TV vendidos no Brasil apresentam e que você deve evitar antes da compra. Veja também uma lista com os melhores televisores oferecidos pelos principais fabricantes.

Depois de Samsung e LG, Sony lança TVs com função futebol para Copa

Imagem inicialSeleção brasileira de futebol na TV (Foto: Metuzo Alves/TechTudo)

Assistir a uma grande vitória da seleção brasileira de futebol é algo que pode ser bastante prazeroso. Ou não. Imagens borradas ou trêmulas na tela podem ser um verdadeiro incômodo e é algo que nem sempre dá para se evitar com os ajustes de configuração disponíveis no menu da TV. Estes grandes “defeitos” na imagem podem acontecer com bastante frequência, mesmo em televisores avançados de alto custo e valor agregado.

Judder

O termo judder é utilizado para descrever situações onde ocorrem “trepidações” na imagem exibida na tela do televisor. Podemos facilmente identificar a presença do efeito em imagens onde todo o fundo da cena se desloca nos sentidos horizontal ou vertical e até mesmo durante o movimento das pessoas e objetos que percorrem a tela.

Imagem 01 (judder)Efeito judder ocorrido durante a reprodução de um filme (Foto: Reprodução/Metuzo Alves)

Filmes e esportes são conteúdos que podem favorecer o aparecimento de tremores na imagem reproduzida pelo televisor. Ao contrário do que muita gente pensa, em muitos casos não se trata de um problema com o sinal transmitido, e sim uma limitação técnica do seu próprio equipamento.

Imagem 02 (judder)Efeito judder ocorrido durante a exibição de um evento esportivo (Foto: Reprodução/Metuzo Alves)

O efeito judder pode ser encontrado em qualquer tecnologia de televisor e nenhuma delas poderá ser considerada totalmente imune ao problema. Apenas o tamanho ou grau de ocorrência do problema é que poderá variar, sendo maior ou menor dependendo do produto em questão.

Motion Blur

Em uma tradução livre seria algo como “movimento borrado”, o motion blur ocorre quando um objeto que antes mostrava-se estático na tela e com ótima nitidez perde o foco ao movimentar-se, ou seja, aparece “borrado” e não “tremido” como no efeito judder. Ao contrário do que muitos pensam, este efeito não ocorre apenas em televisores de LCD ou LED-LCD, mas em televisores de plasma também. Sua ocorrência é maior durante a reprodução de filmes, esportes ou imagens muito detalhadas. Veja abaixo um exemplo de imagem com motion blur:

Imagem 03 (blur)Imagens com motion blur podem ser um sério incômodo tanto em filmes quanto em eventos esportivos (Foto: Reprodução/Metuzo Alves)

Motion resolution (resolução das imagens em movimento)

Pouca gente sabe, mas um televisor se comporta de forma completamente diferente durante a reprodução de imagens estáticas ou imagens com movimento.

Quando um fabricante divulga resoluções como Full HD (1920×1080 pixels) ou 4K (3840×2160 pixels), geralmente está se referindo à quantidade física de pixels de seu painel. Lembramos que o sinal de enviado para o televisor também possui sua própria resolução e nem sempre o televisor em questão é competente o suficiente para desenhar toda a informação na tela no tempo necessário.

Erros de cálculos por parte do processador, “lerdeza” do painel empregado, volume elevado das informações enviadas para o televisor (alto bit rate), entre outros fatores, podem contribuir para a baixa qualidade das imagens quando estão em movimento, mesmo quando exibidas em televisores de alta definição.

Acredite, alguns televisores Full HD simplesmente não conseguem sequer “desenhar na tela” 500 linhas de resolução durante a reprodução de imagens em movimento. Ou seja, menos da metade da qualidade de imagem proposta pelo fabricante do produto.

Imagem 04Alguns exemplos de televisores Full HD com "pobre resolução dinâmica" confira na área destacada em vermelho (Foto: Reprodução/Metuzo Alves)

Diversos valores sobre a resolução das imagens em movimento (motion resolution) estão disponíveis na Internet. Procure pelos dados referentes ao modelo de televisor que lhe interessar.

Frame rate vs refresh rate e a “história dos hertz”

Hertz é uma unidade que serve para aferir valores de frequência, ou seja, quantas amostras (pulsos elétricos) são executados ou repetidos no intervalo de um segundo. Em um computador, por exemplo, o processador possui uma frequência de funcionamento em Hz específica, já os pentes de memória e a placa mãe presentes no mesmo produto, possuem frequências de funcionamento completamente distintas daquela apresentada pelo processador. E com os televisores não é diferente.

Sem exceções, os fabricantes têm utilizado altos valores de frequência para promover seus produtos e, ainda assim, o consumidor não vem sendo corretamente orientado sobre como são aferidos os números divulgados e acaba “caindo em suas estratégias de marketing”.

Nos televisores de plasma existe um circuito eletrônico chamado sub-drive, que envia pulsos elétricos para o painel principal poder funcionar e pode operar em frequências de pelo menos 600Hz. Alguns sistemas mais atuais chamados de FFD (Focused Field Drivre), chegam a frequências de até 3000Hz.

Imagem 07Frequências em Hertz (Hz), podem aferir valores de medições para componentes completamente diferentes (Foto: Divulgação/Panasonic)

O problema é que a frequência do sub-drive não determina a quantidade de quadros por segundo que o painel do televisor é capaz de desenhar na tela e sim a frequência de funcionamento de um componente que não existem em televisores de outras tecnologias como LED-LCD ou OLED e por isso, é completamente errado realizarmos comparações diretas entre ambas as tecnologias neste quesito, já que não avaliamos um mesmo componente.

Por outro lado, os televisores LED-LCD apresentam recursos como o Clear Motion Rate da Samsung, o Motionflow XR da Sony e o MCI (Motion Clarity Index) da LG. Os valores aferidos e divulgados para estas funcionalidades, são resultados de uma verdadeira operação aritmética e considera as frequências de operação do processador, do painel de LCD e a com que os LEDs podem piscar apagando e acendendo rapidamente. Se o televisor em questão for 3D, os valores divulgados serão ainda maiores e provavelmente serão duplicados.

Estes recursos correspodem ao chamado “refresh rate” ou simplesmente com qual frequência um conjunto de determinados componentes envia ou responde a pulsos elétricos. As versões Motionflow, Automotion e TrueMotion “convencionais” contabilizam apenas a taxa de quadros exibidos por segundo, o frame rate.

Alguns fabricantes utilizam, ainda, algumas técnicas de inserção de “falsos quadros de imagem” completamente escuros entre os originais provenientes do sinal de entrada, para aumentar ainda mais o contraste e taxa de quadros por segundo que serão exibidos e isto, graças ao curtíssimo tempo que o LEDs demoram para apagar e acender. Por isto verifique como funciona a tecnologia de cada televisor pretendido antes de fechar negócio.

Imagem 05Uma forma utilizada para aumentar a frequência (Hz) das imagens é através da criação de "falsos frames negros" no intervalo entre os frames verdadeiros da imagem (Foto: Divulgação/Sony)

O mais importante é levarmos em conta os valores do “frame rate”, que se refere a taxa de quadros de imagem mostrados pelo painel do televisor, ela sim determina algumas melhorias no movimento das imagens e poderá, juntamente com recursos como anti-judder e anti-blur (presentes em poucos televisores), produzir ótimas imagens em movimento.

Atualmente, as maiores taxas de quadros por segundo (frame rate) nos televisores LED LCD ficam em torno de 240Hz em modelos 2D e 480Hz em modelos 3D (por mostrarem ciclos de 2 frames por vez). Quanto aos televisores de plasma, o frame rate nativo é 60Hz, alguns modelos de plasma da Panasonic possuem o recurso IFC (Intelligent Frame Creation) que, quando ativado, é capaz de desenhar até 120 quadros de imagem por segundo (120Hz) na tela do televisor.

Imagem 06Apenas os televisores de plasma Panasonic possuem o recurso IFC e por isto são capazes de exibir até 120 quadros de imagem por segundo (Foto: Reprodução/Metuzo Alves)


Como devo escolher um bom televisor para assistir aos jogos do Brasil na copa?

Primeiramente confira logo abaixo, uma lista dos melhores televisores com este foco comercializados atualmente no Brasil:

1. O televisor de Plasma Panasonic Full HD de 65 polegadas VIERA TC-P65VT60B é considerado por muitos especialistas o melhor produto disponível no Brasil. Já o modelo de 55 polegadas TC-P55VT50B, também merece destaque como uma das melhores opções do mercado brasileiro;

2. A Sony participa com dois modelos em nossa lista de destaques, o modelo 4K de 55 polegadas XBR-55X855A e o modelo Full HD de 55 polegadas KDL-55W955B;

3. O melhor da Samsung é oferecido em três televisores, o plasma Full HD de 64 polegadas F8500, o OLED Full HD de 55 polegadas KN55S9CAG e o LED-LCD 4K de 55 polegadas UN55F9000AG;

4. A LG não fica para trás e oferece um excelente televisor OLED de 55 polegadas, Full HD com tela curvada 55EA9800 e a LED-LCD 4K de 55 polegadas 55LA9700.

Agora, vamos às dicas

Primeiramente, peça para o vendedor lhe mostrar o produto reproduzindo imagens com bastante movimento; filmes de ação e esportes são as melhores opções. Perceba se haverá trepidação, desfoque ou serrilhamentos nos contornos dos objetos, pessoas, detalhes de árvores ou grama, letreiros publicitários, uniformes dos atletas e etc. Leve alguns minutos avaliando se for necessário, afinal de contas, o investimento pode ser alto e a decepção com uma escolha equivocada também. Caso alguns destes problemas ocorra em excesso, você deverá procurar um outro televisor.

Qual a melhor Smart TV do mercado? Opine no Fórum do TechTudo.

Agora que já sabemos um pouco mais a respeito, busque as melhores opções oferecidas no mercado e torça conosco pelo Brasil na Copa.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Alessandro Lourenço
    2014-04-16T07:34:40  

    O que eu fiz e nao voltaria a fazer é pagar mais caro por uma TV 3D. Na primeira semana vi uns dois filmes e algumas coisas do youtube, depois ja acabou a graça. A função 2D para 3D tampouco é boa, nao é 3D de verdade.

    recentes

    populares

    • Alessandro Lourenço
      2014-04-16T07:34:40  

      Eu considero bobagem comprar televisor muito incrementado para assistir futebol, mas casa um pensa de um jeito.

    recentes

    populares

    • Alessandro Lourenço
      2014-04-16T07:34:40  

      Acredite , 4 anos depois do seu comentário eu ainda uso 3D a todo final de semana como a 4 anis atras kkkkk todo fds um filme novo

  • Enio Barreto
    2014-04-13T15:53:18  

    Sony e LG são as melhores...

    recentes

    populares

    • Enio Barreto
      2014-04-13T15:53:18  

      A Sony tem muito nome, mas posso assegurar que já foi melhor do que é hoje.

    recentes

    populares

    • Enio Barreto
      2014-04-13T15:53:18  

      A Sony é uma tapa no escuro. LG Tem aúdio péssimo. Samsung na Cabeça !!

  • Gerson Pereira
    2014-04-13T22:06:38  

    Minha Samsung Smart eu não a troco por nenhuma outra,só quando estiver disponível a 4k no brasil

    recentes

    populares

    • Gerson Pereira
      2014-04-13T22:06:38  

      Então você vai ficar mais de 20 anos com o seu televisor porque se considerarmos que demoraremos até 2023 para implementar o sinal digital em todo o país, dificilmente teremos 4K no Brasil antes de 2043, sendo otimista.

    recentes

    populares

    • Gerson Pereira
      2014-04-13T22:06:38  

      Isso mesmo,vou esperar,assim eu termino de pagar a que tenho atualmente.

  • Marcelo Reis
    2016-09-24T09:35:45

    Bom, para assistir TV, o correto é comprar um aparelho que suporte no mínimo resolução de 1920 por 1080 e renderize imagens em 33 milésimos de segundo (varredura entrelaçada) porque as imagens enviadas pelas emissoras têm essa especificação..

  • Gerson Pereira
    2014-04-13T22:07:35

    Samsung ou Philips,pois as duas tem a melhor imagem.a Philips tem o melhor som de todas as tvs no mercado

  • Tiago Bastos
    2014-04-13T19:34:48

    vejo assim... se o maior foco for jogar escolha uma Plasma e da Panasonic. Se for mais filme dq jogo pegue uma LED Samsung ou LG. TV 4k ainda é desnecessário e só se for 60' pra cima. Se for pra ver novela, futebol, cabo, pc tv, vá de LED LG ou Samsung e com resolução HD já ta bom. Escolha tvs com no mínimo 2hdmis, base giratória, smart e barata, até pq todo ano uma nova tecnologia surge e possa ser q vc já queira trocar a tv.