Navegadores

13/05/2014 09h48 - Atualizado em 27/01/2016 13h17

Dicas e truques para aproveitar melhor o Safari do iPhone e iPad

Edivaldo Brito
por
Para o TechTudo

O Safari, famoso navegador para computadores e celulares, possui alguns recursos que não ficam tão à vista para o usuário de iPhone ou iPad – o celular e o tablet da Apple. Pensando nisso, o TechTudo separou algumas dicas e truques que podem ajudá-lo a explorar melhor esse aplicativo e navegar melhor. 

Veja também; Galaxy S5 deve ganhar versão super-resistente em breve, mostra teste

Safari (Foto: Luciana Maline/TechTudo)Conheça algumas dicas e truques úteis para usar melhor o Safari (Foto: Luciana Maline/ TechTudo)


Vale alertar que, os mecanismos utilizados no iPad e iPhone não são os mesmos para a versão do Safari para Mac, que é um navegador de desktop completo e funciona de maneira diferente, apesar de em todas as suas versões, os Safaris sincronizarem entre si. Acompanhe:

Salve páginas da web para leitura offline

O recurso lista de leitura presente no Safari permite que o usuário salve uma lista de páginas da web para ler mais tarde. Ele funciona basicamente como o Pocket, Instapaper e outras aplicações similares. Para adicionar uma página web à sua Lista de Leitura, toque no botão "Compartilhar" na barra de ferramentas e, em seguida, clique na opção “Adicionar à lista de leitura”.

Adicionando uma página web a lista de leitura (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Adicionando uma página web a lista de leitura (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)

Depois, para ver a sua lista de leitura, toque no ícone do livro na barra de ferramentas e no menu que aparece, clique no ícone dos óculos.

Acessando a lista de leitura (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Acessando a lista de leitura (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)

Para remover um artigo da lista, passe-o para a esquerda e pressione o botão “Apagar” que aparece.

Apagando um item da lista de leitura (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Apagando um item da lista de leitura (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)

Use Bookmarklets como extensões do navegador

O Safari para iOS não suporta extensões de navegador, mas suporta bookmarklets, que são pequenos pedaços de códigos em JavaScript que podem ser salvos como um marcador. Quando o usuário abre o bookmarklet de seus marcadores, o JavaScript será executado na página atual. Além de ser muito prático, isso pode substituir muitas extensões de navegador.

Por exemplo, se o usuário usar o Pocket normalmente não poderá compartilhar páginas do Safari diretamente. Para contornar isso, instale o bookmarklet Pocket (as instruções ficam no próprio app) e, com isso, poderá abrir seus favoritos e tocar em “Save to Pocket”, para adicionar a página atual à sua fila do Pocket para leitura posterior. Bookmarklets podem ser usado em muitas outras maneiras e isso pode ajudá-lo a ser mais produtivo na hora de utilizar o Safari.

Bookmarlet atuando como uma extensão para integrar o Safari com o app Pocket (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Bookmarklet atuando como uma extensão para integrar o Safari com o app Pocket (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)

Limpeza de dados pessoais e altere as configurações do Safari

As configurações do Safari não ficam no próprio programa. Os usuários que gostariam de limpar seus dados de navegação privada, mudar o seu mecanismo de busca padrão, ou ajustar outras configurações, precisam fazê-lo a partir do aplicativo “Ajustes” do sistema.  Para acessar as configurações do Safari, volte para a tela inicial, toque no ícone “Ajustes” e selecione a categoria “Safari” na barra lateral.

Alterando as configurações do Safari em Ajustes (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Alterando as configurações do Safari em "Ajustes" (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)

Sincronização de informações do navegador com o iCloud

A integração do Safari com o iCloud permite sincronizar suas senhas salvas, abas abertas, favoritos e outros dados do navegador com a sua conta iCloud. Estes dados serão sincronizados entre o navegador Safari no iOS e sua versão no Mac OS X e, por isso, funciona bem para quem tiver hardware Apple. Basta tocar no ícone da nuvem na barra de ferramentas do Safari para visualizar abas abertas a partir de outros dispositivos.

Entretanto, a Apple não suporta mais o Safari para Windows, mas eles fornecem uma outra solução para usuários desse sistema. No Windows, basta instalar o Painel de Controle do iCloud, da Apple, e você vai ser capaz de sincronizar seus favoritos do iCloud com o Mozilla Firefox, Google Chrome ou Internet Explorer. Para ver como fazer isso, passo a passo, dê uma olhada nesse tutorial.

Selecionando os navegadores para sincronizar os “Favoritos” (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Selecionando os navegadores para sincronizar os “Favoritos” (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)



Ativando o modo de navegação privada

O Safari oferece um modo de navegação privada. Toda navegação feita nesse modo de navegação privada não vai deixar qualquer “rastro”, como entradas de histórico, cookies e outros dados de uso similares. Isso porque ele não apenas deixa de salvar os cookies, mas também garante que o usuário seja desconectado de qualquer site que tenha feito login, assim que sair do modo de navegação privada.

Para ativar o modo de navegação privada, basta abrir uma nova aba com o botão + na barra de ferramentas e em seguida, clicar no botão “Privado” na parte inferior da página da tela “preferidos”. Com isso, as barras de ferramentas e a interface do Safari vão mudar do branco ao quase preto, indicando que você está navegando em no modo “privado”. Para sair do modo de navegação privada, abrir novamente uma nova guia e toque na opção “Privado”, assim como fez para entrar no modo.

Ativando o modo Privado (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Ativando o modo "Privado" (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)

Usando os links compartilhados

Safari no iOS 7 tem uma nova visualização chamada “links compartilhados” que mostra os tuítes feito por pessoas que o usuário siga no Twitter. Ao tocar em qualquer um dos links, será aberta a página em uma nova aba, com o tweet exibido na parte superior. Claro, para que funcionalidade esteja disponível, é preciso que app do Twitter esteja instalado e sua conta na rede social esteja conectada.

Vendo os tweetes das pessoas que você segue, diretamente no Safari (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Vendo os tweetes das pessoas que você segue, diretamente no Safari (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)


Qual é o melhor navegador disponível? Opine no Fórum do TechTudo.

Voltar ao topo

Essa é um dica simples, mas bastante útil: toque apenas no topo da tela do Safari (acima do campo de busca inteligente), para ir para o topo da página. Com isso, caso a página seja muito longa, o usuário não precisa gastar tempo arrastando a tela para voltar ao início dela.

Fechando e reordenando abas

Para fechar gerencias as páginas que você está navegando, toque no botão de abas no canto inferior direito da tela. Para fechar uma das páginas abertas, basta deslizar a aba para fora da tela para a esquerda ou toque no botão “x” (que é bem pequeno e difícil de acertar). Infelizmente, você só pode fechar apenas uma aba de cada vez. A única maneira de fechar todas as abas ao mesmo tempo será mudando para o modo “Privado”, quando ele é iniciado, automaticamente será exibida uma tela de confirmação para fechas as abas abertas. O usuário também pode reordenar as abas tocando e segurando em uma, e em seguida, movendo ela para o lugar que você quer deixá-la.

Fechando todas as abas ao entra no modo Privado (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Fechando todas as abas ao entra no modo "Privado" (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)

Como é possível ver, o Safari tem recursos suficientes para tornar a sua navegação mais completa e produtiva. Só é preciso ficar de olho em suas funcionalidades e aproveitá-las ao máximo. Com essas dicas e um pouco de prática, em pouco tempo é possível aproveitar todo o potencial desse navegador.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares