28/12/2015 10h00 - Atualizado em 28/12/2015 10h00

Como tirar vírus do e-mail; pare de enviar spam

Elson de Souza
por
Para o TechTudo

Usuários de serviços e-mail como Gmail, Outlook.com e Yahoo Mail pode ser vítimas de uma grande variedade de vírus e malwares que usam a sua conta para o envio de spam. É fácil perceber quando seus amigos recebem mensagens do seu endereços de e-mail, mas que você não enviou.

Como saber se o seu e-mail foi lido

Seja para proteger seus dados pessoais e bancários recebidos por mensagens de e-mail, proteger os seus contatos ou seja para evitar contaminação no seu computador, é preciso tomar atitudes rápidas para evitar problemas. O TechTudo reuniu dicas sobre como tirar vírus do e-mail.

Vírus de e-mail podem colocar em risco informações do usuário (Foto: Arte/TechTudo)Vírus de e-mail podem colocar em risco informações do usuário (Foto: Arte/TechTudo)

1) Investigue quando o problema começou

Um importante passo para acabar com o problema, embora ignorado por muitos usuários, é a investigação da origem do problema. Para isso, pergunte a algum amigo que esteja recebendo e-mails de SPAM da sua conta quando o problema começou. Fora isso, investigue o teor das mensagens para verificar se elas mantém um padrão ou não.

Como encaminhar vários e-mails no Gmail? Veja dicas no Fórum do TechTudo.

Com informações sobre a data do primeiro e-mail, reflita sobre o que fez naquele dia. Por exemplo, você se conectou com um e-mail em um computador diferente? Baixou algum arquivo estranho na Internet? Clicou em algum link que prometem mudanças em redes sociais? Com essas perguntas, é possível chegar mais próximo da origem do problema.

2) Confira dispositivos e históricos de conexão à sua conta

Se você desconfia que usou um computador infectado ou há alguém conectado à sua conta, um bom passo é acessar o histórico de logins. No Outlook ou Hotmail, basta acessar “account.live.com” e fazer o login na página. Em seguida, clique na aba “Segurança e privacidade”, seguido por “Ver minhas atividades Recentes”.

Vírus de e-mail podem estar relacionados a conexões não autorizadas pelo usuários (Foto: Reprodução/Elson de Souza)Vírus de e-mail podem estar relacionados a conexões não autorizadas pelo usuários (Foto: Reprodução/Elson de Souza)

No Gmail, toque no botão de engrenagem e, logo após, em “minha conta”. Na coluna “Login e segurança”, toque sobre “Notificações e atividades do dispositivos” e, por em, em “Analisar eventos”. Na lista que aparece, note se há alguma atividade suspeita.

3) Verifique os serviços conectados à conta

Diversos aplicativos da web e de celulares contam com conexões às contas do Google e da Microsoft, o que pode apresentar riscos de uso mal intencionado. Para verificar as conexões ao seu Outlook, volte a “account.live.com”, clique em “Segurança e Privacidade” e, por fim, em “Gerenciar permissões” em “Aplicativos e serviços”. Para excluir algum item da lista, toque em editar e em “Remover essas permissões”.

Vírus do e-mail podem se tratar de aplicativos maliciosos com acesso à conta (Foto: Reprodução/Elson de Souza)Vírus do e-mail podem se tratar de aplicativos maliciosos com acesso à conta (Foto: Reprodução/Elson de Souza)

No Gmail, o caminho para isso é “Minha conta” > “Login e Segurança” > “Aplicativos e sites conectados”> Gerenciar aplicativos”. Feito isso, toque na opção da qual você desconfia e, se necessário, clique em “Remover”.

4) Passe o antivírus no seu computador

Após eliminar qualquer conexão duvidosa, é hora de cuidar do seu computador. Para isso, é importante que o usuário faça um escaneamento contra vírus e malwares. Se não quiser instalar um antivírus, basta rodar uma opção online como o Kaspersky Online Antivirus Scanner.

AVG pode escanear computador dos usuários em busca de vírus (Foto: Reprodução/Felipe Alencar)AVG pode escanear computador dos usuários em busca de vírus (Foto: Reprodução/Felipe Alencar)

Já para proteger o seu computador constantemente, uma boa alternativa é instalar antivirus conhecidos como o Avast!, o AVG e o Microsoft Security Essentials. Usuários do Windows 8 e versões mais recentes contam ainda com um antivirus embutido no sistema, o que poupa a instalação. Por fim, o HijackThis oferece poderosas escaneamento para eliminar malwares do PC.

5) Passe o antivírus no seu smartphone Android

Avast e outros antivírus para Android pode acabar com infecção no email do usuário (Foto: Divulgação/Play Store)Avast e outros antivírus para Android pode acabar com infecção no email do usuário (Foto: Divulgação/Play Store)

Se você tem um smartphone Android, não deixe dar atenção a ao dispositivo. Infelizmente, é possível que um vírus esteja infectando-o e usando conectadas a ele. Para fazer uma verificação, baixe o Avast, o Dr. Web Antivirus ou o CM Security e fala um escaneamento para eliminar possíveis ameaças de segurança.

6) Exclua os cookies e dados de navegação do seu browser

Excluir cookies e dados no navegador pode eliminar ameaças a e-mail (Foto: Reprodução/Elson de Souza)Excluir cookies e dados no navegador pode eliminar ameaças a e-mail (Foto: Reprodução/Elson de Souza)

O seu navegador também pode ter culpa em possíveis ataques, já que muitas ferramentas maliciosas fazem uso disso. Portanto, seja usuário do Microsoft Edge, Firefox, Google Chrome, Opera ou Safari, é preciso ter atenção a elementos de navegação como os cookies instalados por sites. Para limpá-los, basta pressionar o atalho “Ctrl+Shift+Del”, ter certeza que os cookies estão marcados e excluir os dados.

7) Confira as extensões do seu navegador

Extensões de navegadores podem estar relacionados com vírus no e-mail (Foto: Reprodução/Elson de Souza)Extensões de navegadores podem estar relacionados com vírus no e-mail (Foto: Reprodução/Elson de Souza)

As extensões tem um papel central nos navegadores e é importante verificar a segurança dos add-ons instalados no browser. Portanto, acesse à lista de complementos e verifique se você instalou e conhece todos. Caso não, exclua-o imediatamente e reinicie o navegador. Cheque novamente se o complemento foi excluído.

8) Mude a senha do seu e-mail

Após certificar-se que seu computador, celular e navegador estão seguros, é hora de alterar a senha do e-mail. No Outlook, isso pode ser feito em “account.live.com” e no caminho “Segurança e privacidade” > Alterar senha. Antes de mudar a chave, é preciso digitar a senha atual. A Microsoft também oferece a opção de solicitar alteração a cada 72 dias, o que deve aumentar a segurança da sua conta.

Mudar a senha do e-mail pode ajudar a evitar envio de SPAM (Foto: Reprodução/Elson de Souza)Mudar a senha do e-mail pode ajudar a evitar envio de SPAM (Foto: Reprodução/Elson de Souza)

No Gmail, isso pode ser feito no botão de engrenagens e Minha conta. Feito isso, siga o caminho “Login e segurança” > Como fazer login no Google > Senha. Será necessário digitar a sua senha antes de alterar a chave de entrada.

9) Ative a verificação em duas etapas

Para prevenir qualquer nova infecção ou até fechar de vez as falhas na sua conta, uma boa saída é adotar a verificação em duas etapas. Com ela, ao fazer login em um novo computador ou navegador, será necessário confirmar a sua identidade a partir de aplicativos em smartphones ou SMS enviado para o seu número cadastrado.

Verificação em duas etapas é passo importante para evitar novas conexões maliciosas (Foto: Reprodução/Elson de Souza)Verificação em duas etapas é passo importante para evitar novas conexões maliciosas (Foto: Reprodução/Elson de Souza)

No Outlook, o recurso é acessível em “account.live.com” > Segurança e Privacidade > Mais opção de privacidade. Por fim, é configure a opção “Verificação em duas etapas” para configurar um telefone ou e-mail de segurança e “Aplicativos de verificação de Identidade” para configurar o login através de apps em celulares e tablets.

No Google, acesse as configurações da sua conta > Login e segurança > omo fazer login no Google > Verificação em duas etapas. Assim como a Microsoft, o Google também oferece o cadastro de número para SMS de segurança e autorização via aplicativos com chaves de acesso.

10) Nunca clique em links estranhos

Exemplo claro de SPAM que pode tentar roubar dados bancários do usuário e senhas de e-mail (Foto: Reprodução/Elson de Souza)Exemplo claro de SPAM que pode tentar roubar dados bancários do usuário e senhas de e-mail (Foto: Reprodução/Elson de Souza)

Após esse processo, é importante rever também os seus atos. Ao receber uma oferta muito tentadora, uma promessa muito milagrosa ou ver um amigo divulgando uma forma de mudar a cor da sua rede social preferida, não clique em links estranhos, desconhecidos e não verificados. Afinal, os cibercriminosos estão sempre inovando e apresentando novas formas para infectar o seu computador e também os dos seus contatos.

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone


Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Armando Tadeu
    2018-08-31T21:48:56

    como saber qual o melhor antivirus do mercado pois a maioria tem funcoes básicas reakmente protege?