Como resolver problema de ter 100% do disco usado no Windows

Confira três soluções rápidas que você pode tentar antes de pensar em trocar o HD devido a uma possível falha de funcionamento.


Para o TechTudo

Embora muitos usuários tenham mais cuidado com o alto consumo de memória e CPU do computador, uma sobrecarga no HD pode ser ainda mais prejudicial para o Windows. O problema ocorre quando o disco alcança o pico de leitura e gravação, levando à famosa “tela azul da morte” quando o uso chega a 100%, e exibindo a mensagem "100% disk usage".

Como configurar um proxy no Windows 10

Os motivos não têm relação ao espaço livre disponível e variam de um PC para outro. Porém, há algumas soluções que você pode tentar sozinho antes de condenar e pensar em trocar o disco rígido. Veja como.

Aprenda a resovler o problema de ter 100% do disco usado (Reprodução/Microsoft)

Realize um reparo automático no HD

A solução mais simples e, por isso, a primeira que você deve tentar é realizar um reparo automático no disco usando a ferramenta nativa do Windows:

Passo 1. Abra o Windows Explorer e clique com o botão direito sobre o disco que você quer reparar – comumente o disco “C”. Selecione “Propriedades”;

Acesse as propriedades do seu disco primário (Foto: Reprodução/Paulo Alves)

Passo 2. Na aba “Ferramentas”, clique em “Verificar”.

Busque por erros no disco (Foto: Reprodução/Paulo Alves)

Aumente a memória virtual do sistema

Caso o reparo não detecte nada ou não solucione o problema, provavelmente a falha está sendo causada por um comportamento inadequado do Windows. Tente primeiro aumentar a memória virtual para resolver:

Passo 1. Acesse o Painel de Controle e busque por “Sistema” no campo de pesquisa. Clique em “Exibir configurações avançadas do sistema”;

Acesse as configurações avançadas do Windows (Foto: Reprodução/Paulo Alves)

Passo 2. Em “Desempenho”, clique em “Configurações”;

Acesse as configurações de desempenho do PC (Foto: Reprodução/Paulo Alves)

Passo 3. Vá até a aba “Avançado” e clique em “Alterar” sob o item “Memória virtual”;

Altere o tamanho da memória virtual (Foto: Reprodução/Paulo Alves)

Passo 4. Desmarque a primeira caixa para liberar a seleção do disco “C” e clique em “Tamanho personalizado”;

Defina a memória virtual manualmente (Foto: Reprodução/Paulo Alves)

Passo 5. No campo “Tamanho inicial”, insira a quantidade total de RAM disponível no seu computador, em megabytes – 2 GB de RAM equivalem a 2048 MB, 4 GB a 4096 MB, 6 GB a 6144, e 8 GB a 8192 MB.

No segundo campo, “Tamanho máximo”, coloque o dobro do valor do primeiro campo. Ao final, conclua a tarefa a dê “Ok” em todas as janelas;

Defina o dobro da sua memória RAM como a memória virtual máxima (Foto: Reprodução/Paulo Alves)

Passo 6. Reinicie seu computador.

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

Interrompa o Superfetch e outros serviços do Windows

Por último, uma possível solução é interromper três serviços do Windows que podem sobrecarregar o disco do computador:

Passo 1. Abra a busca do Windows e acesse o item “services.msc” (sem aspas);

Acesse o painel de serviços do Windows (Foto: Reprodução/Paulo Alves)

Passo 2. Encontre o item “Serviço de transferência inteligente de tela de fundo” e acesse as propriedades;

Acesse as propriedades do serviço (Foto: Reprodução/Paulo Alves)

Passo 3. Em “Tipo de inicialização”, selecione “Desativado”;

Desative o serviço (Foto: Reprodução/Paulo Alves)

Passo 4. Em seguida, clique em “Parar”;

Interrompa o serviço de vez (Foto: Reprodução/Paulo Alves)

Passo 5. Faça o mesmo para os serviços “Windows Search” e “Superfecth”;

Passo 6. Reinicie o computador.

Ao final de cada solução, verifique no Gerenciador de Tarefas se houve redução de consumo de disco. O ideal é que os valores fiquem em 0% na maior parte do tempo, a não ser em momentos de alto uso do HD – como ao transferir arquivos de um HD externo para o PC, entre outras tarefas.

Se nenhuma das providências funcionar, talvez seja hora de procurar assistência técnica para reparar fisicamente ou trocar o disco rígido – se você quiser aproveitar para fazer um upgrade, vale a pena apostar em um SSD bom e barato, de 128 GB ou 240 GB.

Windows 10 vale a pena? Conte seus problemas e compartilhe opiniões e soluções no Fórum do TechTudo.