24/03/2016 07h00 - Atualizado em 24/03/2016 07h00

Ainda vale a pena comprar um scanner? Veja modelos portáteis e de mesa

Barbara Mannara
por
Para o TechTudo

Um scanner pode ser prático no dia a dia, principalmente para quem gosta de digitalizar fotos e documentos, salvando cópias no computador. Atualmente, os usuários podem escolher entre aparelhos de mesa, portáteis ou de mão, mas também é possível investir em uma impressora multifuncional com mais recursos em um só equipamento. 

Scanner 3D usa Arduino e pode ser montado com peças impressas

Está em dúvida se ainda vale a pena comprar um scanner? Confira os diferentes modelos disponíveis no mercado brasileiro e veja também todas as diferenças entre os recursos das impressoras multifuncionais, que além de digitalizar também imprimem em alta resolução. 

Scanner de mesa

Scanner de mesa mais econômico tem design fino (Foto: Divulgação/HP)Scanner de mesa mais econômico tem design fino (Foto: Divulgação/HP)

O modelo tradicional de scanner colorido possui tanto opções mais econômicas quanto aparelhos com o preço mais salgado. Tudo depende se o equipamento será de uso pessoal ou profissional.

Normalmente o design da categoria é fino, contendo botões de comando e tela de vidro com tampa superior para a digitalização. A resolução ótica fica em 4.800 x 2.400 dpi com velocidade de digitalização de 21 segundos por página de imagem, nos modelos mais básicos.

Caso você queria apenas digitalizar suas fotos, de tamanho até A4, é possível comprar um scanner de mesa com preço a partir de R$ 400 de marcas como HP e Epson.

Modelo de scanner mais avançado oferece wireless e maior resolução (Foto: Divulgação/Brother)Modelo de scanner mais avançado oferece wireless e maior resolução (Foto: Divulgação/Brother)

Já os aparelhos mais caros, a partir de R$ 1.000, podem ser usados para digitalizações profissionais. Há scanners com conexão wireless sem fio, equipamentos específicos para fotografias, com rolagem interna ou tela de digitalização.

Nesses modelos, a resolução é maior, a partir de 9.600 x 4.800 dpi e a velocidade é aprimorada, a partir de 8 segundos por página. Também há algumas vantagens extras, como permitir registrar slides, negativos e películas. 

Os scanners avançados, usados principalmente para grandes formatos de digitalização, como folhas em A3, podem custar entre R$ 6.000 até R$ 18.500 em lojas online nacionais. O uso é principalmente profissional, fabricado por marcas como Brother, Epson, Fujitsu, Canon e HP. A velocidade pode ser de 7 segundos por página, com funcionamento preparado para processar milhares de folhas por dia.

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

Scanner profissional para grandes formatos de documentos e fotos (Foto: Divulgação/Epson)Scanner profissional para grandes formatos de documentos e fotos (Foto: Divulgação/Epson)

Scanner portátil

Os modelos portáteis são práticos para documentos, já que o design é mais fino e não há uma tela de vidro com tampa para digitalização. Basta colocar a página para processar, que a folha será escaneada de uma ponta até outra, com um rolamento interno. Outra vantagem desse equipamento é que o valor é mais econômico, a partir de R$ 170 em lojas online.

As digitalizações têm resolução com cerca de 900 até 1200 dpi e alguns modelos têm suporte para dispositivos móveis, como celulares e tablets. Entre as marcas disponíveis na faixa de preço online estão a IRIS Scan, Sunfire Travelscan e Nipponic NIP. Há opções mais avançadas com wireless e maior resolução que podem custar até R$ 1.599 em fabricantes como Epson e HP.

Scanner portátil tem design compacto e pode vir equipado com wireless (Foto: Divulgação/Epson)Scanner portátil tem design compacto e pode vir equipado com wireless (Foto: Divulgação/Epson)

Scanner de mão

O scanner de mão é ainda mais compacto e sem fio, com suporte para cartão micro SD, para guardar as digitalizações de documentos e livro. Se quiser transferir para o computador, há suporte para saída USB.

O aparelho possui um sensor que basta passar o equipamento na página para digitalizar, sem precisar inserir em um rolamento nem colocar na tela de vidro.

Para que serve uma impressora 3D? Comente no Fórum do TechTudo

Scanner de mão é prático para o dia a dia (Foto: Divulgação/IrisScan)Scanner de mão é prático para o dia a dia (Foto: Divulgação/IrisScan)

A resolução costuma ser um pouco menos exigente, até 900 dpi. Por ser um equipamento de digitalização rápida, é possível obter um resultado a partir de 3 segundos por A4. As opções são alimentadas por pilha e geram documentos em JPEG e PDF. O preço vai desde R$ 200 até R$ 700, nos mais avançados, com conexão direta em serviços de nuvem via Wi-Fi.

Impressoras multifuncionais

Os principais modelos de multifuncionais vêm com scanner embutido, com opção de tela de vidro ou rolamento interno nas digitalizações. Com preço a partir de R$ 149, as funções se acumulam em impressora, scanner e copiadora no mesmo dispositivo. A resolução fica em cerca de 4.800 x 600 dpi nos equipamentos mais básicos. As opções avançadas, a partir de R$ 500 até R$ 1.000, têm qualidade com cerca de 5760 x 1440 dpi e suporte para documentos A4.

Veja a lista com as multifuncionais baratinhas de até R$ 500.

Multifuncional acumula funções de impressora, copiadora e scanner (Foto: Divulgação/HP)Multifuncional acumula funções de impressora, copiadora e scanner (Foto: Divulgação/HP)


Qual é a melhor opção?

O primeiro passo para ver se um scanner vale a pena para você é pensar no tipo de uso que deseja fazer. O aparelho é específico para digitalizações e atualmente pode ser encontrado com facilidade no mercado nacional, em modelos de mesa, portátil e de mão. Para quem precisa apenas digitalizar documentos de forma rápida e sem ocupar muito espaço, investir em um modelo pequeno pode ser uma solução prática e econômica.

Já para quem está buscando maior resolução nas digitalizações de imagens ou tamanhos maiores de documentos, vale a pena investir em um scanner de mesa, próprio para essa função. As impressoras multifuncionais são práticas por acumularem diversas funções, sendo o scanner apenas mais uma delas.

A grande desvantagem é que o tamanho da impressora é bem maior, já que acumula diversas ferramentas em uma só. Se por um lado pode ser um investimento mais econômico, considerando a possibilidade de imprimir e copiar documentos, além de digitalizar, pode ser um problema para quem tem pouco espaço.

No caso dos scanners mais avançados, vale pensar também no espaço que esse aparelho vai ocupar na sua mesa de trabalho. No entanto, caso precise copiar e imprimir documentos e fotos com frequência, é uma boa saída.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Marcelo Lima
    2016-10-19T11:47:02

    ola pessoal: passando pra dizer que vendo todos esses Scanners.pra pronta entrega em todo brasil,só ligar (83)3337-7800 falar com Marcelo lima Dep.de vendas datashop