Notebook

30/03/2016 07h00 - Atualizado em 30/03/2016 11h06

MacBook usado: veja dicas para evitar problemas após a compra

Paulo Alves
por
Para o TechTudo

O MacBook é conhecido tanto pelo design e desempenho quanto pelo preço alto. Alguns valores dos produtos da loja oficial da Apple afastam possíveis compradores, que acabam procurando por um aparelho usado e mais barato. Se você já avaliou prós e contras e optou por adquirir um laptop de segunda mão da fabricante do iPhone, é preciso ter cautela para não errar na compra e evitar ciladas.

Macbook, Air e Pro: veja as diferenças entre os notebooks da Apple

Confira dicas e saiba o que levar em conta na hora de investir em um Macbook usado para evitar problemas após a compra. 

MacBook traz logo da Apple espalhado como nos iPads (Foto: Divulgação/Apple) (Foto: MacBook traz logo da Apple espalhado como nos iPads (Foto: Divulgação/Apple))Dicas ajudam a ficar longe de ciladas durante compra de Macbook usado (Foto: Divulgação/Apple)

Verifique os ciclos de bateria

A primeira coisa que você deve saber de um Mac usado é quantos ciclos de bateria já foram consumidos. A informação é valiosa para descobrir o quanto o computador foi realmente usado, permitindo avaliar o desgaste do produto desde que saiu da loja. Saiba verificar quantos ciclos tem a bateria de um Macbook.

Saiba quantos ciclos de bateria foram consumidos (Foto: Reprodução/Helito Bijora)Saiba quantos ciclos de bateria foram consumidos (Foto: Reprodução/Helito Bijora)

Dependendo do modelo, a bateria dura entre 300 e 1.000 ciclos. No geral, evite máquinas com mais de 500 ciclos se você ainda quiser usá-la bastante, a menos que esteja pagando um preço condizente pelo tempo de uso. Em termos práticos, se um vendedor lhe diz que um Mac tem pouco uso, independente do ano de fabricação, não espere mais do que 250 ciclos.

Confira o funcionamento do drive óptico e conexões

Verifique a integridade dos cabos (Foto: Divulgação)Verifique a integridade dos cabos (Foto: Divulgação/Apple)

Quando for inspecionar um MacBook Pro ou MacBook Air usado, é importante levar pendrives, fones de ouvido e, se possível, um cabo Thunderbolt, e testar todas as portas para garantir que estão funcionando. Se você estiver avaliando um Macbook Pro, é essencial também levar um CD ou DVD para testar o drive óptico – insira o disco para verificar se o drive está operando normalmente, reconhecendo o conteúdo.

Confirme se há número de série

Confirme se o número de série está visível (Foto: Reprodução/Helito Bijora)Confirme se o número de série está visível (Foto: Reprodução/Helito Bijora)

Abra o menu “Sobre este Mac” e confira o número de série na janela. Essa informação é importante não só para descobrir o histórico de reparo em uma assistência técnica autorizada, como também para saber se os componentes originais foram trocados: se o código não estiver visível no local marcado na imagem, há grandes chances de o Mac ter sofrido alterações por alguém não credenciado pela Apple.

Procure sinais de quedas

Procure com atenção por possíveis estragos na estrutura externa (Foto: Paulo Alves/TechTudo )Procure com atenção por possíveis estragos na estrutura externa (Foto: Paulo Alves/TechTudo)

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

Pode parecer óbvio, mas é essencial procurar por arranhões, amassados e outras marcas que possam indicar que o computador já sofreu uma queda. Lembre-se de que a construção do Mac é muito rígida, e que é preciso um impacto relativamente forte para causar um estrago visível.

Não esqueça de ter a mesma atenção com o cabo de alimentação: busque por possíveis remendos ou fragilidade nas duas pontas, e teste na tomada para saber se a luz ainda acende, indicando recarga normal da bateria.

Saiba o ano correto do Macbook

Saiba o ano correto de fabricação do Mac (Foto: Paulo Alves/TechTudo )Saiba o ano correto de fabricação do Mac (Foto: Paulo Alves/TechTudo)

O ano e o período de fabricação do Macbook podem ser facilmente encontrados na tela “Sobre este Mac”, mas nem sempre essa informação é visível, mesmo em um computador com hardware inalterado. Para confirmar, basta verificar os dizeres com letra pequena na base do Mac: vire o laptop e veja o ano na segunda linha.

Obtenha os CDs de instalação de fábrica

Obtenha os CDs de instalação para formatar o Mac (Foto: Reprodução/Helito Bijora)Obtenha os CDs de instalação para formatar o Mac (Foto: Reprodução/Helito Bijora)

Uma boa compra de um Mac usado também inclui obter os CDs originais fornecidos na caixa. Os discos são necessários para fazer um reset completo do sistema depois de comprá-lo – caso o próprio vendedor não o faça – e serve como backup se você enfrentar um problema com o OS X no futuro.

Além disso, o vendedor possuir os CDs pode ser mais uma garantia de que ele é o dono original do Mac, de que o notebook não passou pelas mãos de uma terceira pessoa.

Duvide de preços baixos demais

Desconfie de Macbooks usados muito baratos (Foto: Divulgação)Desconfie de Macbooks usados muito baratos (Foto: Divulgação/Apple)

Os Macbooks são caros até mesmo usados. Com o dólar valorizado, um Macbook Air de 13 polegadas fabricado em 2013 pode ser encontrado por mais de R$ 4 mil, ou um modelo antigo, de 2010, por quase R$ 2 mil. Um Macbook Pro pode custar cerca de R$ 5 mil com mais de dois anos de uso. Os valores dependem de vários fatores, como configurações e estado de conservação, mas, a regra geral costuma ser: se o Mac está barato demais, desconfie.

Se um Macbook Pro é vendido por R$ 2 mil, ou um Macbook Air por R$ 1 mil, os computadores devem ser muito antigos – condição em que o investimento quase nunca vale a pena – ou estão com problema. Algo fora dessa realidade é suspeito, mas é claro que podem haver exceções.

O que é melhor: notebook, ultrabook, MacBook? Comente no Fórum do TechTudo


Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Pedro Puppim
    2016-04-01T01:03:17  

    Cds de instalaçao não existem faz anos.

    recentes

    populares

    • Pedro Puppim
      2016-04-01T01:03:17  

      hahaha