04/03/2016 17h19 - Atualizado em 04/03/2016 17h19

O que é software de código aberto?

João Kurtz
por
Para o TechTudo

O Código Aberto é um termo que se refere a um software cujo código está disponível para download por qualquer pessoa e a uma filosofia de criação de aplicativos voltada para a colaboração entre desenvolvedores.

O que é VPN? Saiba tudo sobre a rede virtual privada

Isto se opõe ao comportamento padrão das fabricantes de software, que costumam não liberar o código de seus produtos para que não sejam alterados ou copiados sem autorização. O Código Aberto, por outro lado, conta com a ajuda de terceiros para evoluir e resolver problemas.

ONG é responsável por conferir licenças de Código Aberto para softwares (Foto: Reprodução/Open Source Initiative)ONG é responsável por conferir licenças de Código Aberto para softwares (Foto: Reprodução/Open Source Initiative)

Open Source Initiative

O órgão responsável por gerenciar licenças de Código Aberto é a ONG Open Source Initiative. Um dos requisitos básicos para se qualificar é disponibilizar o código fonte do programa, mas isto não é o suficiente.

Alguns dos requisitos mais importantes são a distribuição livre do programa e a permissão para alteração do código, fazendo com que qualquer desenvolvedor possa modificar o software.

Para evitar que alguém se beneficie do trabalho de terceiros, o Código Aberto prevê que todas as obras derivadas de um software com a licença são obrigados a mantê-la. Isto significa que um programador que altere um programa e crie sua versão pessoal não vai poder lucrar desta forma. 

A ideia é permitir que várias pessoas diferentes possam trabalhar no programa e fazer alterações. A filosofia da licença é tratar todos os usuários como co-desenvolvedores. .

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

Código aberto ou software livre?

O conceito de Código Aberto é parecido com o de Software Livre. A diferença principal está em detalhes da licença. O Software Livre, em sua definição, é mais restritivo. O conceito presume que o usuário, ao adquirir o software, tem total liberdade para fazer o que deseja, como alterar o código, repassá-lo ou criar uma versão pessoal. 

Os programas com a licença Software Livre são usados como alternativas gratuitas a softwares proprietários, mas isto não significa que possuam menos recursos. Um exemplo são suítes de edição de documentos como o OpenOffice e o LibreOffice, que podem substituir facilmente o Microsoft Office.

O software de Código Aberto mais conhecido é o sistema operacional Linux. Seu núcleo, o kernel de mesmo nome, é modificado e se pode baixar em vários grupos de programas diferentes, chamadas distribuições. As mais populares são Debian (que inclui o Ubuntu), Fedora e openSUSE.

A Open Source Initiative possui uma lista (opensource.org/licenses) com as licenças conferidas em Código Aberto, que compreendem vários tipos de software, incluindo linguagens de programação como PHP e PythonOutro software famoso em Código Aberto é o navegador Firefox.

Várias empresas fechadas possuem licenças voltadas para produtos específicos, como a Apple, IBM, Microsoft, Motorola e NASA. Diversos aplicativos responsáveis por fazer a Internet funcionar também são de Código Aberto, como o Apache e o PostgreSQL.

Usar VPN é seguro? Dê sua opinião no Fórum do TechTudo.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares