Armazenamentos

07/03/2017 07h00 - Atualizado em 07/03/2017 07h00

Como formatar um cartão SD no Linux

Paulo Alves
por
Para o TechTudo

Cartões SD de máquinas fotográficas e outros aparelhos podem apresentar diversos problemas, que vão desde a corrupção de arquivos até a falta completa de operação. Em muitos casos, por mais que a falha pareça ser séria, é possível resolver com a formatação, e isso não é diferente ao usar sistemas baseados em Linux.

Entenda a evolução e as principais diferenças entre os cartões de memória

Em qualquer distribuição do software livre, é possível usar a linha de comando para formatar um cartão de memória com certeza de eficácia. Aprenda no tutorial como apagar tudo do cartão SD e recuperar espaço e funcionamento.

SanDisk anuncia protótipo de cartão SD de 1 TB, o maior do mundo (Foto: Divulgação/SanDisk) (Foto: SanDisk anuncia protótipo de cartão SD de 1 TB, o maior do mundo (Foto: Divulgação/SanDisk))Descubra como formatar um cartão SD no Linux (Foto: Divulgação/SanDisk)

Passo 1. Abra o terminal e digite o comando “lsblk” (sem aspas) para descobrir o nome do dispositivo;

Liste os dispositivos de armazenamento (Foto: Reprodução/Paulo Alves)Liste os dispositivos de armazenamento (Foto: Reprodução/Paulo Alves)

Passo 2. Veja a descrição do seu cartão de memória – repare na coluna “Size” e identifique pelo tamanho. Em seguida, localize o nome do bloco e grave para usar no próximo passo;

Identifique o cartão SD (Foto: Reprodução/Paulo Alves)Identifique o cartão SD (Foto: Reprodução/Paulo Alves)

Passo 3. Digite o comando “sudo parted /dev/sdb” (sem aspas), substituindo o termo “sdb” pelo nome exibido no Passo 2. Para prosseguir nesse e em outros passos, você deverá inserir a senha de administrador;

Aplicativo do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no seu celular

Use o nome do seu dispositivo no primeiro comando (Foto: Reprodução/Paulo Alves)Use o nome do seu dispositivo no primeiro comando (Foto: Reprodução/Paulo Alves)

Passo 4. Você entrará automaticamente na ferramenta Parted, a qual você usará para criar uma partição nova no cartão. Primeiro, digite o código:

mklabel msdos

Comece a criar uma partição no cartão (Foto: Reprodução/Paulo Alves)Comece a criar uma partição no cartão (Foto: Reprodução/Paulo Alves)

Passo 5. Em seguida, insira o comando abaixo para criar uma partição FAT32:

mkpart primary fat32 1MiB 100%

Crie primeiro somente uma partição (Foto: Reprodução/Paulo Alves)Crie primeiro somente uma partição (Foto: Reprodução/Paulo Alves)

Passo 6. Finalize com o comando:

set 1 boot on

Finalize a criação de partição (Foto: Reprodução/Paulo Alves)Finalize a criação de partição (Foto: Reprodução/Paulo Alves)

Passo 7. Saia da ferramenta Parted digitando “quit” (sem aspas);

Saia da ferramenta Parted (Foto: Reprodução/Paulo Alves)Saia da ferramenta Parted (Foto: Reprodução/Paulo Alves)

Passo 8. Para tornar o cartão de memória utilizável, é preciso formatar a partição recém-criada para FAT32. Antes, volte a usar o comando “lsblk” para verificar se a partição foi criada com sucesso.

Para isso, basta verificar se há um sub item no nome do dispositivo. Caso positivo, digite o código abaixo usando o nome do subitem – tenha cuidado para digitar a partição, e não o nome do cartão:

sudo mkfs.vfat /dev/sdb1

Formate a partição em FAT32 (Foto: Reprodução/Paulo Alves)Formate a partição em FAT32 (Foto: Reprodução/Paulo Alves)

Agora você já pode fechar o terminal e aproveitar seu cartão de memória devidamente formatado para FAT32. Assim, eventuais problemas terão sido eliminados, junto com os arquivos corrompidos contidos ali, de modo que você já possa usar o cartão SD novamente em uma câmera sem dor de cabeça.

Como recuperar arquivos do cartão de memória? Comente no Fórum do TechTudo.

 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Daniel Dias
    2017-04-04T15:55:02

    deve ser de propósito fazer um tutorial complicado desse, pra desistimular as pessoas de usar o linux

  • Daniel Dias
    2017-04-04T15:54:54

    deve ser de propósito fazer um tutorial complicado desse, pra desistimular as pessoas de usar o linux

  • Sergio Miranda
    2017-03-07T16:13:16

    Que complicação! O GParted faz tudo isso de forma muito mais simples.