Por Isabela Giantomaso, para o TechTudo


Há dez anos, os celulares à venda no Brasil ainda não ofereciam câmeras avançadas ou leitor de impressões digitais. Entretanto, os aparelhos como o iPhone 2G, o Motorola V8, Nokia N95 e o BlackBerry Curve 8310 revolucionaram o mercado na época ao introduzir a tela touch, dois displays e até mesmo um app de mensagens.

Nas linhas a seguir, relembre os principais celulares lançados em 2007 e confira as tecnologias de destaque dez anos atrás. Mesmo que ainda estivessem engatinhando, alguns telefones já ofereciam como inovação navegação na Internet, câmera com flash e gravação de vídeo.

iPhone 2G

Primeiro iPhone trazia tela touch, teclado virtual e integração ao iTunes — Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo Primeiro iPhone trazia tela touch, teclado virtual e integração ao iTunes — Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo

Primeiro iPhone trazia tela touch, teclado virtual e integração ao iTunes — Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo

Aplicativo do TechTudo: receba as melhores dicas e últimas notícias no seu celular

O primeiro iPhone da Apple foi anunciado no começo de 2007 e chegou às lojas dos Estados Unidos em junho do mesmo ano. O celular, apresentado por Steve Jobs como “a reinvenção do telefone”, trazia tela touch de 3,5 polegadas, teclado virtual, bateria de 1.400 mAh e memória interna com espaço entre 4 GB e 16 GB.

Na época, o iPhone 2G ficou conhecido por unir as funções de iPod, celular e Internet no mesmo aparelho, já que também oferecia integração o iTunes. A câmera, porém, era de 2 megapixels, sem opção de sensor frontal para selfies.

Nokia N95

N95 oferecia câmera traseira e frontal com teclado retrátil para digitar ou ouvir músicas  — Foto: Divulgação/Nokia N95 oferecia câmera traseira e frontal com teclado retrátil para digitar ou ouvir músicas  — Foto: Divulgação/Nokia

N95 oferecia câmera traseira e frontal com teclado retrátil para digitar ou ouvir músicas — Foto: Divulgação/Nokia

Outro aparelho lançado há dez anos é o Nokia N95. O telefone ficou conhecido principalmente por seu design prata com preto, com teclado retrátil que se movia para cima e para baixo. Era possível utilizar o teclado para digitação ou para controlar as músicas reproduzidas no próprio celular, graças às teclas de atalho.

Apesar de não oferecer tela touch como o iPhone 2G, o Nokia N95 tinha duas câmeras: a principal com 5 MP com sensor de 1/2.5", lentes Carl Zeiss e flash. Já a frontal fazia fotos em 0,08 MP, e por isso era indicada somente para chamadas em vídeo. A bateria de 950 mAh prometia autonomia de até 250 horas em modo de espera e a memória interna era de 256 MB, com espaço para cartão microSD de até 8 GB.

BlackBerry Curve 8310

Curve 8310 trazia teclado Qwerty físico e compatibilidade com o app de mensagens BBM — Foto: Divulgação/BlackBerry Curve 8310 trazia teclado Qwerty físico e compatibilidade com o app de mensagens BBM — Foto: Divulgação/BlackBerry

Curve 8310 trazia teclado Qwerty físico e compatibilidade com o app de mensagens BBM — Foto: Divulgação/BlackBerry

Em 2007, o então lançamento BlackBerry Curve 8310 ficou popular principalmente por permitir usar o aplicativo de mensagens BBM. Na época, apenas usuários de telefones da fabricante tinham permissão para entrar no app, o que deu ao aparelho uma aura de produto premium.

Com teclado Qwerty físico, o celular oferecia tela de 2,5" (320 x 240), câmera de 2 MP com flash e bateria de 1.100 mAh. Era possível navegar na Internet com Wi-Fi, além de transferir arquivos por Bluetooth e receber coordenadas pelo GPS.

Motorola Razr2 V8 e V9

Os celulares Motorola Razr2 V8 e V9 tinham dois displays e câmera traseira de 2 MP — Foto: Divulgação/Motorola Os celulares Motorola Razr2 V8 e V9 tinham dois displays e câmera traseira de 2 MP — Foto: Divulgação/Motorola

Os celulares Motorola Razr2 V8 e V9 tinham dois displays e câmera traseira de 2 MP — Foto: Divulgação/Motorola

O design dos Motorola Razr2 V8 e V9 acompanhava o sucesso do V3, lançado três anos antes, em 2004. O aparelho oferecia dois displays, um para conferir o relógio, mensagens e músicas reproduzidas quando o celular estava fechado, e outro para navegar e fazer ligações com o aparelho aberto.

Ambos tinham uma câmera principal com 2 MP, opção de gravação de vídeo, Bluetooth, navegador de Internet e bateria de 950 mAh. A diferença entre os modelos estava na memória. Enquanto o V8 suportava 512 MB de armazenamento, o V9 permitia expandir a configuração com ajuda de um cartão microSD.

Nokia N81

N81 tinha teclado slide e destaque para jogos e músicas  — Foto: Divulgação/Nokia N81 tinha teclado slide e destaque para jogos e músicas  — Foto: Divulgação/Nokia

N81 tinha teclado slide e destaque para jogos e músicas — Foto: Divulgação/Nokia

Com teclado slide, o N81 oferecia design preto e tela de 2,5 polegadas. O aparelho se destacava em relação às funções multimídia de games e música, já que era compatível com o portal da Nokia para download dos apps e permitia jogar no modo paisagem.

Também com duas câmeras, sendo a principal com 2 MP e flash, o telefone oferecia gravação de vídeos, memória RAM de 96 MB e armazenamento interno de até 8 GB. A bateria de 1.050 mAh prometia autonomia de até 410 horas em standby e ainda havia conectividades Bluetooth, Wi-Fi e porta miniUSB para transferir arquivos.

Qual aparelho dos anos 90 deixou saudade? Comente no Fórum do TechTudo.

MAIS DO TechTudo